A Ásia que sonhamos

a ásia que sonhamos

Francine  Agnoletto é gaúcha, da cidade de Estrela, é arquiteta e urbanista de formação e profissão e blogueira nos momentos de descanso (www.viagensquesonhamos.com.br). Mãe do Dodô e esposa do Ariel, adoram viajar pelo mundo sempre para destinos incríveis.

Pois a Fran voltou a pouco de uma viagem incrível pela Ásia, e nos dá de presente essa entrevista exclusiva, contando tintim por tintim como foi essa experiência de viajar para países tão distantes na companhia do filho pequeno, que fez 6 anos durante a viagem. Apertem os cintos e vamos juntos com a Fran embarcar nessa viagem deliciosa!

a Ásia que sonhamos

Seminyak – Bali Foto: Francine Agnoletto


A Ásia que sonhamos, por Francine Agnoletto

[As Passeadeiras] Você voltou a pouco de uma viagem para a Ásia. Quais países visitaram e quanto tempo ficaram em cada um?

Francine: Nós visitamos Tailândia, Cingapura e Indonésia. No total foram 30 dias de viagem: 13 dias na Tailândia, 4 em Cingapura e 12 dias na Indonésia, mais os dias de viagem.
 
[As Passeadeiras] Como foram os destinos em relação à crianças  nas questões de alimentação, hospedagem, relacionamentos?
 
Francine: Dodô é mega chato para comer e confesso que embora eu não me estresse (ele teria que se adaptar de qualquer maneira ou passaria fome), estava bem preocupada com isso. Como eu já previa ele não gostou da culinária tailandesa, mas sempre encontramos algo que o agradasse nos restaurantes. E se não tivesse, eu solicitava que fizessem uma massa na manteiga e estava tudo resolvido. Já em Bali, como a base da culinária é frango e arroz, foi bem mais tranquilo. E em Cingapura, praticamente comemos só em fast food.
 
Pesquisei bastante as opções de hospedagem, e os destinos apresentam uma rede hoteleira bem ampla. Não foi difícil encontrar boas opções. Todos os hoteis que ficamos hospedados estão nesse post : http://www.viagensquesonhamos.com.br/2015/12/roteiro-de-viagem-pela-asia.html
 
Já as pessoas são muito receptivas e amáveis, especialmente com as crianças. Várias vezes ele tirou foto a pedido.
 
A Ásia que sonhamos

Nusa Lembongan – Foto: Francine Agnoletto

 
[As Passeadeiras] As distâncias são longas, como foram os voos, horas de aeroportos, comportamento do Dodô em relação a isso?
 
Realmente é longe, e eu embora seja despreocupada, sou bem chata com voos longos. Como diz o meu marido, eu incomodo, mais que o pequeno, pelo simples fato que praticamente não consigo dormir durante o voo. Nós voamos Qatar, com conexão em Doha (http://www.viagensquesonhamos.com.br/2016/01/como-e-voar-qatar-airways.html). Foram 1,5h de voo até Guarulhos + 14h de voo até Doha + 7 h de voo até Bangkok, na ida, sem contar o tempo nos aeroportos. Já a volta foi Cingapura – Doha, Doha – GRU e GRU-POA. O Dodô não incomoda nada nos voos, ele curte muito. O único quesito que ele dá um pouco mais de trabalho é na alimentação, pois ele é chatinho para comer. Solicitei refeição infantil e mesmo assim levei vários lanches, caso ele não comesse a comida do avião. Ele assistiu filmes (vários), dormiu, jogou no Ipad, brincou com o kit distribuído pela Qatar e com as cartinhas que levamos de casa.
 
[As Passeadeiras] Você recomenda o destino para famílias com crianças? Porquê?
 
[Francine] Eu me apaixonei pelo sudeste asiático e quero mais. Já estou sonhando com o Vietnã e Filipinas. Como eu sempre comento lá no blog, todo destino pode ser perfeito para viajar com crianças, depende da gente apresentar o destino para as crianças, de forma que eles curtam também. O Álvaro adorou andar de tuk tuk, visitar templos, andar de barco, de elefante. Aliás ele estava muito orgulhoso, por ter andado com tantos tipos diferentes de meio de locomoção em uma mesma viagem. Os tailandeses e os balineses são muito receptivos e amáveis com as crianças. Foram várias as vezes que pediram para tirar fotos com o nosso “galeguinho”, sempre dispostos a brincar, agradar.
 
[As Passeadeiras] Quais os pontos positivos e os pontos negativos dessa viagem?
 
Francine: Positivos: belezas naturais, preço (de hospedagem, alimentação, passeios, etc) cultura, facilidade de deslocamentos, receptividade
Negativos: distância.
 
[As Passeadeiras] O que você teria feito diferente?
Francine: Não faria nada diferente. Foi tudo maravilhoso, conforme o previsto. 
 
a Ásia que sonhamos

Tailândia – Foto: Francine Agnoletto

[As Passeadeiras] Quais dicas de planejamento e preparação você tem para dar às famílias que queiram viajar com crianças para esses países? Alguma documentação, vacina ou recomendação?

Francine: Para viajar com crianças para lá é preciso a documentação de costume, como passaporte, carteira de identidade e carteira internacional de vacinação contra a febre amarela. É preciso levar a carteira de vacinaçao da criança, em um posto da Anvisa ( em Porto Alegre existe no aeroporto) para a emissão da caretira internacional. A Indonésia exige visto para os brasileiros, que é comprado no próprio desembarque, ao custo de $30 por pessoa. Os outros países que visitamos não exigem visto. Como de costume em viagens longas, nós sempre consultamos a pediatra que nos orienta com a farmacinha de viagem. Vale lembrar que em Koh Phi Phi tinha muito mosquito e o repelente foi imprescindível.
 
Independente de viajar com criança ou não é importante pesquisar bastante sobre os lugares que vocês pretendem visitar para poder escolher os passeios, programas e locais de hospedagem que tenham mais a ver com o perfil da sua família. Antes de ir, eu li em vários lugares que as praias de Bali não eram legais e que o bacana de Bali não eram as praias. Como nós adoramos praia e o marido sonhava em surfar por lá, nós nos apronfudamos no assunto e agora posso dizer com convicção que Bali tem praias maravilhosas sim. Só é preciso paciência para aguentar o trânsito de Bali ou escolher hospedagem próximo as melhores praias, que foi o que fizemos. Com certeza se tivéssemos ficados hospedados longe das melhores praias, a experiência seria outra.
 
[As Passeadeiras] Como são os custos em geral, comparados com outros destinos? (o que é mais caro, mais barato, etc)
 
O sudeste asiático tem os custos de viagem muito baixos, comparado com outros destinos que estamos acostumados a viajar, como EUA e Europa. Dos países que visitamos Cingapura, que tem os custos mais elevados. Diria que são os custos de uma viagem aos EUA, considerando transporte, ingressos para atrações e hospedagem. Tailândia e Bali foram uma grata surpresa: gastamos bem menos do que estávamos planejando. Para vocês terem uma idéia o custo médio de hospedagem, com café da manhã, para nós três, ficou na faixa de $50. A alimentação também é barata. Comíamos muito bem em restaurantes legais, gastando na faixa de R$ 30,00 para nós três. Se comer nas várias bancas de rua, você gasta no máximo R$ 5,00 por prato, mas faltou coragem. O ticket aérea entre os países também tem ótimo custo. A passagem mais cara pagamos $60, mas teve trechos que pagamos $20. O aluguel de uma moto com gasolina, custava R$ 15,00 por dia em Bali. Poderia listar vários preços aqui, tudo muito barato. Pretendo escrever um post do tipo “Quanto custa viajar para lá “, e depois mando o link para vocês.
 
a ásia que sonhamos

Tailândia com crianças – Foto: Francine Agnoletto

 
___________________________________________
 
Que viagem incrível Francine, fiquei aqui babando de vontade de ir também! Concordo com tudo o que você falou aí sobre a importância de um bom planejamento e que todas as viagens com crianças dependem de como apresentamos o destino a elas. É exatamente como pensamos por aqui!
 
Parabéns pela viagem e pelo blog lindo, que eu recomendo a todos que visitem e sigam também pois é muito inspirador! Obrigada de coração pela entrevista e esperamos que volte muitas vezes!
 
Curtiram? Marquem as amigas e amigos que também sonham em viajar para lugares exóticos e distantes. 

__________________________________

Assine nossa Newsletter para receber novidades uma vez por semana, além da nossa Agendinha POA com a programação infantil para o final de semana. E participe do grupo Passeando em Porto Alegre, no Facebook para dicas de passeios, oficinas, restaurantes todos os dias.

               * campo obrigatório

Veja um exemplo aqui

__________________________________

 
Beijo das Passeadeiras! 

Compartilhe este Post!

Sobre o Autor : Claudia Bins

11 comentários

  1. Poliana 23 de fevereiro de 2016, 14:40 comentar

    Gente! As fotos são lindas!

  2. Nini Ferrari 23 de fevereiro de 2016, 18:07 comentar

    Essa primeira foto da praia de Bali já me consquistou de primeira!! Estou louca para conhecer o sudoeste asiático, adorei saber que realmente é bem barato como dizem!! Talvez seja um ótimo destino nesses tempos de dólar nas alturas!!

  3. Melissa Lima 23 de fevereiro de 2016, 18:50 comentar

    E essas fotos? Da vontade de sair correndo e comprar um boleto para Ásia, assim, na louca! Quero muito conhecer, quem sabe um dia.

  4. Lilian Azevedo de Moraes 24 de fevereiro de 2016, 01:00 comentar

    Conheci a Francine e o Ariel no TchÊncontro em POA e eles são muito simpáticos o que a entrevista tb revela. Essa viagem deve ser muito interessante e pelo visto tem que ser muito bem planejada. Por enquanto tenho muitos destinos que ainda não conheço e que daria prioridade antes dessa parte asiática.

  5. Gisele Prosdocimi 24 de fevereiro de 2016, 01:40 comentar

    Adorei saber que os custos são bem menores do que outras viagens internacionais, valeu pelas dicas incríveis.

  6. Guaciara 11 de março de 2016, 16:57 comentar

    Super entrevista! Adorei e quem sabe um dia não vou com minha família conhecer um paraíso como esse? Fica nos planos! E eu também odeio avião, não consigo dormir, só para constar, rs. Bjs!

  7. Fra Agnoletto 11 de março de 2016, 23:40 comentar

    Clau,
    Muito obrigada pela oportunidade de mostrar um pouco dessa viagem maravilhosa que fizemos aos seus leitores!!!
    Beijo grande,

    Fran @ViagensqueSonhamos

    • Claudia Bins 11 de março de 2016, 23:59 comentar

      Nós que agradecemos Fran!!! 😉

  8. Simone Hara 12 de março de 2016, 00:32 comentar

    Família linda e contagiante ver a alegria que eles tem em viajar juntos!
    Adorei a entrevista e como Asia está nos meus planos com minhas filhas, me foi muito útil tb!

  9. Poliana 13 de março de 2016, 17:14 comentar

    é muito suspiro! aff que lindeza

  10. Gosto e Pronto - As Passeadeiras 19 de setembro de 2016, 06:41 comentar

    […] ano sabático e uma volta ao mundo com a família   Dicas da Rege – Motorhome pela Europa   Viagens que Sonhamos – Ásia com crianças    _____________________________________   E se você procura dicas bem práticas que te ajudem […]

Deixe um comentário

Seu e-mail não será exibido.

error: Content is protected !!