Ben-Hur 2016

ben-hur 2016

Assisti ontem a nova versão do clássico Ben-Hur, à convite do EspaçoZ Marketing. Lembro de ter assistido ao filme original, com Charlton Heston no papel principal, e lembro mais ainda dos suspiros da minha mãe, que até hoje lembra do ator como o maior galã de todos os tempos.

Confesso que não lembro dos detalhes do primeiro filme, mas lembro da trama vigorosa de vingança entre irmãos, do longa-metragem ganhador de 11 estatuetas na maior premiação do cinema, o Oscar.

ben-hur 2016

Uma enorme responsabilidade, refilmar o clássico, que traz nosso Rodrigo Santoro no papel de Jesus Cristo. Sem puxar brasa para nosso assado, foi a melhor atuação do filme, na minha opinião. Santoro é muito expressivo e, se no filme original Jesus mal aparece em uma cena somente, na refilmagem seu papel tem maior importância e é nítido o grande enfoque nas mensagens cristãs, no filme atual.

Em tempos de intolerância religiosa causando tragédias pelo mundo, mensagens de perdão e fraternidade tipicamente cristãs são bem-vindas, ainda que muitos possam achá-las piegas. No filme o caráter intrusivo dos Romanos, que invadem a Jerusalém de Jesus, Ben-Hur e Messala, com violência e sem respeito algum aos costumes locais nos faz lembrar que, afinal de contas, o mundo não mudou muito de lá para cá. Basta ver os conflitos na Síria, em Israel, … Avançamos tanto em tecnologia e quase nada em comportamento.

Os atores principais, que fazem os papéis dos irmãos adotivos Ben-Hur e Messala, carregavam um imenso peso. Não é para qualquer um o fardo de substituir Charlton Heston no imaginário do público e o belo Jack Huston, neto do diretor John Huston não tem o mesmo vigor rústico de Heston. Fica bem como príncipe judeu, mas quando seu personagem cai em desgraça e vira escravo as imagens não condizem.

Morgan Freeman, como sempre, rouba as cenas, e é insubstituível como narrador com sua voz característica. Ainda assim, temos a sensação de já ter visto o personagem em outros filmes.

Longe de ser outro clássico, ainda assim é um filme que recomendei aos meus pais e meus sogros, que irão assistí-lo no próximo final de semana. Depois conto pra vocês o que eles acharam ;-).

Ben-Hur Sinopse:

É a história épica de Judah Ben-Hur, um príncipe falsamente acusado de traição por seu irmão adotivo Messala, um oficial do exército romano. Destituído de seu título, afastado de sua família e da mulher amada, Judah é forçado à escravidão. Depois de muitos anos no mar, Judah retorna à sua pátria em busca de vingança, mas encontra a redenção.

Veja o trailer aqui:

Compartilhe este Post!

Sobre o Autor : Claudia Bins

0 Comentário

Deixe um comentário

Seu e-mail não será exibido.

error: Content is protected !!