Mães Empreendedoras – Ninho

Loja Ninho
Verena é uma batalhadora, mãe de 3 filhos e dona da Ninho, loja de brinquedos, roupas de criança e decoração em Campinas, São Paulo. Enquanto ainda amamentava decidiu montar seu próprio negócio, em busca de mais autonomia e flexibilidade. Fez o tema de casa, montou um plano de negócios e foi em frente. Cada vez que leio sobre um caso assim, fico feliz e orgulhosa de fazer parte desse time de mulheres guerreiras que vão à luta em busca de uma vida melhor ao mesmo tempo que cuidam de suas famílias. Com vocês Verena Hauschild, da loja Ninho:

Loja Ninho

Loja Ninho


1. Conte um pouco sobre sua família, quantos filhos tem e qual a idade deles
.

Eu sou mãe de três. Flora, 13 anos, Pedro 5 e Catarina 2; definitivamente através da maternidade amadureci e cresci demais.
Venho criando meus filhos numa condição de autonomia, oferecendo segurança e muito amor. Acredito demais que temos em nós as ferramentas para o desenvolvimento e que uma criança tem nela toda sabedoria do mundo, ao adulto cabe cuidar e preservar essa potência.

Loja Ninho

Sling para bonecas

2. Qual sua formação ou experiência de trabalho? Você já trabalhou como funcionária antes de abrir seu negócio?

Sou formada em Propaganda e Marketing e Pós Graduada em Gestão Estratégica de Pessoas; trabalhei em agências de comunicação, hotel, parque de diversão… dei aulas no Senac de Criação e Planejamento. 

Loja Ninho
 
3. Você decidiu abrir seu próprio negócio. Pode contar qual é o negócio, a quanto tempo ele existe e porque tomou essa decisão?

Abri a Ninho porque amamentava e gostava muito de trabalhar dinâmica e desafiadoramente, porém como funcionária a tendência seria demissão, conciliar essa vida estava complicado. Então com base em minha experiência fiz um breve estudo de mercado, criei meu planejamento e marca e fui buscar a condição para abrir. Acreditava e acredito demais no conceito e prática da sustentabilidade e impregnei na cultura da Ninho essa crença. Esse ano a loja comemora 5 anos, crescemos muito, tanto eu quanto ela, rs.

Loja Ninho


4. Como foi a reação da sua família quando decidiu abrir seu negócio? Em algum momento você se sentiu pressionada ou desestimulada?

Foi muito tranquila, porque todos conheciam minha competência na gestão dos negócios que havia prestado consultoria, já estava trabalhando com planejamento há pelo menos 14 anos. Havia respaldo.

Loja Ninho
 
5. Quais foram os maiores desafios que encontrou até hoje?

Os desafios internos. Os meus medos, as angústias..a gente para manter um comércio aberto seguindo um conceito precisa ter coragem, muita resiliência e isso desenvolve-se na medida em que as circunstâncias vão se desenhando.
Os desafios da empresa são aqueles que todos imaginam e conhecem: Gestão do Financeiro que é um grande desafio pois você realmente precisa ter uma dinâmica de compras e vendas muito competente, infelizmente muitas vezes erramos nas escolhas, ou o próprio fornecedor não está tão pronto quanto parecia. Mas esses são de ordem pratica, demandam estudo e prática, dedicação e disciplina.

6. Pode compartilhar algum erro ou situação que gostaria que não tivesse acontecido?

Sociedades. São em geral a melhor e mais rápida maneira de um negócio crescer mas de fato exigem uma relação empática profunda. Sou grata as parcerias que tive pois sim, graças aos investimentos conjuntos a Ninho pode crescer fisicamente, porém foram desgastantes emocionalmente. 
 __________________________________

Quer receber as dicas por email? Assine nossa Newsletter. Uma vez por semana, você recebe além da nossa Agendinha POA com a programação infantil para o final de semana, os artigos mais lidos aqui do blog. E participe do grupo Passeando em Porto Alegre, no Facebook para dicas de passeios, oficinas, restaurantes todos os dias.

               * campo obrigatório

Veja um exemplo aqui

__________________________________

7. Você trabalha de casa ou tem um espaço seu ou compartilhado, fora de casa, para trabalhar?

Eu trabalho pelo celular em casa e na loja fico meio período em que faço tudo que precisar ser feito via computador. Quando minha funcionária chega vou para rua fazer atividades de rua; 
Busco fazer em casa coisas irrelevantes, pois quando estou lá quero estar com minha família e se saímos juntos, ou vamos num parque coisas do gênero, não olho celular, demorou um tanto para chegar nesse ponto, mas hoje me considero uma vencedora nessa luta das prioridades, eu e meus filhos somos as prioridades. Um e-mail sempre pode esperar para ser retornado, sempre.  

 
8. Quais conselhos você daria a pessoas que pensam em empreender também? 

Autoconhecimento, precisa se olhar com cuidado e se questionar o que está buscando de fato. Primeira coisa seria escolher algo que você realmente goste de fazer e estudar essa atividade para verificar quanto de outras áreas de conhecimento vão precisar ser realizadas. Por exemplo a loja…eu adoro a pesquisa, o contato com a criação, com o empoderamento da mulher, do brasileiro..a sustentabilidade, mas tenho muita atividade do financeiro, pagamento de contas, banco, administrativo em geral.

1. Qual o seu nome? Conte um pouco sobre sua família, quantos filhos tem e qual a idade deles.  2. Qual sua formação ou experiência de trabalho? Você já trabalhou como funcionária antes de abrir seu negócio?  3. Você decidiu abrir seu próprio negócio. Pode contar qual é o negócio, a quanto tempo ele existe e porque tomou essa decisão?  4. Como foi a reação da sua família quando decidiu abrir seu negócio? Em algum momento você se sentiu pressionada ou desistimulada?  5. Quais foram os maiores desafios que encontrou até hoje?  6. Pode compartilhar algum erro ou situação que gostaria que não tivesse acontecido?  7. Você trabalha de casa ou tem um espaço seu ou compartilhado, fora de casa, para trabalhar?  8. Quais conselhos você daria a pessoas que pensam em empreender também?   9. Tem algum outro ponto que você gostaria de compartilhar conosco?  10. Deixe seus dados para contato, webpage e conte sobre seus produtos/serviços para que possamos conhecer melhor o seu trabalho

 

Obrigada Verena por dividir conosco sua experiência e parabéns pelo trabalho inspirador. Conheça mais sobre os produtos da Loja Ninho clicando aqui:

Loja Ninho:

Avenida Antônio Carlos Couto de Barros, 1206 Campinas, SP
 

Compartilhe este Post!

Sobre o Autor : Claudia Bins

13 comentários

  1. Adriano Bisker 20 de maio de 2016, 13:57 comentar

    Que bacana a história da Verena ( e que filhas mais linda que ela tem!) Adorei ler a matéria, você mandou muito bem!!!!

  2. Luciana Emely 20 de maio de 2016, 18:02 comentar

    Que lindo o exemplo de empreendedorismo. Adorei ler a entrevista e fiquei curiosa para conhecer os produtos. Bjs

  3. Fanny 20 de maio de 2016, 18:46 comentar

    Verena que coragem! 13,5 e 2 aninhos! Tem pra todas as fases aí!! Belíssimo Trabalho! Já entrei no site da loja e adorei. Beijos

  4. Pauleni Gomes 20 de maio de 2016, 23:05 comentar

    Ser empreendedora e mãe não é fácil, mas com muito amor tudo se caminha, e nos passa muito carinho no que faz, e isso vale muito a pena !!!
    @nossasaogemeos.

  5. Juliana Carreras 21 de maio de 2016, 00:27 comentar

    Tiro chapéu pra ela! Muito difícil conciliar um comércio com a criação de filhos pequenos! Passei por isso e sei o trabalho que dá! Parabéns pela entrevista! Gostei muito!!!
    Bj
    Juliana Carreras
    http://www.mamaerobo.com

  6. Deia Tomaz 21 de maio de 2016, 23:24 comentar

    Que linda historia!!
    Ja fui conhecer a loja virtual!! Tudo muito lindo!
    Deia Tomaz
    @lancheiradojoao

  7. Mariana Ferreira 23 de maio de 2016, 18:01 comentar

    Adirei a entrevista, não é fácil conciliar tudo.. Bju

  8. Mariana 23 de maio de 2016, 18:12 comentar

    Parabéns Verena linda história.
    Bjs Mari
    Vamos Mamães

  9. Mãe de Guri & Guria 23 de maio de 2016, 18:45 comentar

    Um exemplo né? Adorei conhecer a história da Verena!

  10. Jacky lima 23 de maio de 2016, 23:54 comentar

    Adoro histórias de empreendedorismo materno!

  11. @caroleassinhazinhas 24 de maio de 2016, 01:20 comentar

    Fiquei curiosa para conhecer.

  12. Mila 24 de maio de 2016, 01:33 comentar

    Linda entrevista, e liiiindos os produtos!!! Amo esse estilo mais caseiro e cativante. Com materiais que aquecem e nos remetem a casa de vó. Acho lindo! !

    Beijos Mila (@mundodamae )

  13. Michele Gobbato 27 de maio de 2016, 18:57 comentar

    Parabéns pelo post .. e parabéns Verena …

    Beijos Mi Gobbato
    http://espacodasmamaes.blogspot.com.br/

Deixe um comentário

Seu e-mail não será exibido.