Mães Empreendedoras – Olívia bolos caseiros

Olivia bolos caseiros

Hoje eu tenho o prazer de apresentar a vocês mais um post da série Mães Empreendedoras, que está fazendo muito sucesso aqui no blog. São mães que resolveram abrir seus próprios negócios por diferentes razões mas que compartilham do desejo de estarem mais perto de sua família. A Jussara é uma dessas mães, uma querida amiga, doce como as caldas que prepara, guerreira como a profissional que faz sempre o melhor e leoa como todas as mães reais são. Com vocês, Jussara Almeida, mãe, esposa e idealizadora da Olívia bolos caseiros:

Olivia bolos caseiros

Jussara Almeida

Qual o seu nome? Conte um pouco sobre sua família, quantos filhos tem e qual a idade deles.

Sou a Jussara Almeida, mulher, nutricionista, gestora, mãe e idealizadora da Olívia Bolos Caseiros.

Sou casada a 11 anos com o Jaisson Leal, o melhor marido do mundo, meu companheiro, meu amigo, o melhor pai que meus 2 filhos lindos poderiam ter:

Eduardo 9 anos, adora ler e ver filmes, super intelectual, mas como todo menino adora futebol e agora está na fase do vídeo game (que confesso, demorei um tempo para concordar com o marido a comprar)e tablete;

Fernando 4 anos, é expansivo, adora música, cantar e dançar é com ele, ganhou um cavaquinho com 2 anos que adora tocar e agora está numa fase de pintar com lápis de cor, canetinhas, tintas…

Olivia bolos caseiros

Ju e seus meninos :-)

Qual sua formação ou experiência de trabalho? Você já trabalhou como funcionária antes de abrir seu negócio?

Sou formada em nutrição, com especialização em administração com ênfase em marketing. Trabalhei 15 anos no mundo corporativo.

Meu primeiro trabalho foi na empresa Puras do Brasil em 2000, fiz vários estágios na filial da Coca-cola em Santa Maria, ainda na faculdade e quando surgiu uma vaga, a nutricionista de lá Milliane Freire (minha primeira mentora), me indicou para participar do processo seletivo, passei e mudei para Santa Maria, para assumir a unidade da Puras na empresa Planalto Transportes.

Fiquei na Puras por quase 6 anos, passando por vários projetos, cargos, funções e muitos desafios, além de morar em 3 cidades, e o que mais me orgulho hoje, é das pessoas que eu consegui encantar e motivar, minha primeira cozinheira lá da Planalto até hoje me liga, somos amigas no face e ela tem um caderno com muitos dos bilhetinhos que eu dava a ela durante os quase 3 anos que passamos juntas.

Dois projetos da Puras me dão muito orgulho:

1º) PQP = Programa de Qualidade e Produtividade, onde consegui fazer com que um chefe de cozinha, aprendesse a escrever, após um trauma de infância.

2º) Sistema de Gestão N&L Restaurante = sistema de gestão que desenvolvi junto com a N&L e que hoje é operado em todo o Brasil, inclusive pela Sodexo que ao comprar a Puras, decidiu implantar o sistema em todos os restaurantes Sodexo do Brasil.

E já nesse tempo eu empreendia, visto que na Puras éramos donas do negócio, ou seja, a gestão do negócio era nossa, contratar, demitir, comprar, negociar com fornecedores, emitir notas fiscais, apurar o resultado na quinzena e no final de mês, fazer eventos ara encantar os clientes e colaboradores, fazer cardápios, a Puras foi minha escola.

Depois fui para Sodexo, onde trabalhei com clientes TOP, como Petrobras, Dell, Carrefour, Polo Filmes, Philip Morris, Melita, onde aprendi a ter excelência com produto, atendimento, apresentação de equipe e serviços.

Olivia bolos caseiros

Você decidiu abrir seu próprio negócio. Pode contar qual é o negócio, a quanto tempo ele existe e porque tomou essa decisão?

Em 2013 comecei a idealizar um negócio próprio, pois já era mãe de dois filhos e queria mais tempo para ficar com eles, curtir a infância deles, participar mais da vida escolar e brincar mais com eles, de corpo e alma e não apenas de presença física.

Meu primeiro filho teve uma doença rara ao nascer e quase perdi ele, com 3 paradas cardio-respiratória, ficou por 33 dias na CTI entre a vida e a morte, o que me fez definir por 5 anos que não queria mais ter filhos, pois o simples fato de imaginar que poderia perdê-lo, me paralisava e me fazia ficar forte na decisão, mas ao passar do tempo e nada melhor do que o tempo para curar muitas coisas, começamos a repensar essa decisão e a perceber que ter filho único, também não seria a melhor saída e que sim, uma nova gestação poderia ser diferente e de fato foi.

Minha maior alegria, foi sair da sala de recuperação com o Fernando nos braços e mamando no meu peito.

E mesmo depois de tudo isso ainda continuei por mais alguns anos no mundo corporativo e em setembro de 2014, tomei a decisão de largar tudo, um salário mega, uma vida de gerência para poder estar mais com eles e administrar minha própria agenda.

Já com 1 ano de pesquisas e busca interior, descobri que o Bolo sempre fez parte da minha vida e que sim, eu poderia dividir isso com mais pessoas e um mundo de oportunidades poderia se abrir.

E desde então eu faço Bolos Caseiros na minha Olívia, nome escolhido para homenagear minha mãe, que sempre me ensinou a fazer tudo com as mãos, uma artesã de mão cheia, que durante muitos anos, sustentou a família com seus artesanatos, pinturas, cucas, biscoitos.

Neste mês completei 1 ano e 8 meses de Olívia.

Como foi a reação da sua família quando decidiu abrir seu negócio? Em algum momento você se sentiu pressionada ou desestimulada?

Meu marido disse: vida eu não concordo com você, mas se você tomar essa decisão eu vou te apoiar, então eu já tinha 50% de apoio e os outros 50% eram meus.

Na verdade quando decidi empreender, eu queria pegar o dinheiro que tinha e abrir uma loja de bolos, como as que eu tinha conhecido em São Paulo quando eu estava estudando abrir o negócio e mais uma vez meu marido disse: quem sabe você começa a fazer em casa e vÊ se vai dar certo e não faz um investimento  maior, até ter certeza de que é isso mesmo e tbm, avalia se o produto vai ser aceito.

E foi o que eu fiz a partir daí, um passo de cada vez, avaliando cada investimento.

Olivia bolos caseiros

Quais foram os maiores desafios que encontrou até hoje?

O maior desafio pra mim, foi aprender a bater na porta e vender e ainda é, mas hoje com muito mais alegria, isso acontece naturalmente.

Além de ter que tomar todas as decisões sozinhas, pq no mundo corporativo sempre tive minha equipe de trabalho, onde tudo era debatido, mesmo a última palavra sendo minha, na última empresa que trabalhei, eu tinha mais de 100 pessoas na minha equipe.

Então no início eu achava que precisava de uma sócia e muitas pessoas me diziam que não, pessoas importantes na minha vida, como meu pai, com o passar do tempo percebi não precisava mesmo. E na verdade hoje eu tenho sócias, que são as minhas parcerias com outras empresas e outras mulheres que também empreendem, mas tenho duas pessoas que são super importantes neste papel, chamadas Desideratinhas, Amanda e Camille, responsáveis pela comunicação da Olívia, costumo dizer que eu sonho no imaginário e elas colocam no papel, meus devaneios e ideias.

Pode compartilhar algum erro ou situação que gostaria que não tivesse acontecido?

Na verdade não foi um erro, porque acredito que tudo na vida tem um porquê, mas hoje se eu pudesse voltar no tempo, algo que faria diferente:

Teria iniciado meu negócio ainda empregada, ou seja, teria mais capital e tempo para tomar decisões, além de mais tranquilidade.

Você trabalha de casa ou tem um espaço seu ou compartilhado, fora de casa, para trabalhar?

Ainda trabalho em casa, mas no meu planejamento logo terei o espaço que eu e minha Olívia merecemos, está tudo planejado no papel e estamos trabalhando para que se torne realidade logo, logo.

Olivia bolos caseiros

Quais conselhos você daria a pessoas que pensam em empreender também?

Primeiro: esteja conectado com sua essência;

Segundo: faça algo que lhe dê prazer e que seja algo positivo para o outro;

Terceiro: planeje o suficiente para dar uma certa segurança, porque o feito é melhor do que o perfeito;

Quarto: AMOR, coloque amor em tudo, sabe aquela coisa de contos de fada, faça tudo pensando e agindo desta forma, mesmo naquele pior dia, sorria internamente e pense sempre: COM AMOR

Quinto: use seu cérebro como uma ferramenta, não deixe seus pensamentos dominar suas ações.

Tem algum outro ponto que você gostaria de compartilhar conosco?

Tenho duas cosias para compartilhar:

1º) Autoconhecimento pra mim foi fundamental nesse processo de empreender, reconhecer meus pontos fortes e meus pontos a serem trabalhados e melhorados/evoluídos foi de fundamental importância;

2º) Conexões, fazer conexões com outras empresas, com outras pessoas, participar ativamente de grupos, apresentar seu produto em eventos, isso tbm foi fundamental, por praticamente todo o meu primeiro ano de Olívia!

Os dois pontos acima, COM AMOR!

Deixe seus dados para contato, webpage e conte sobre seus produtos/serviços para que possamos conhecer melhor o seu trabalho

Site: WWW.OLIVIABOLOSCASEIROS.COM.BR

Facebook: https://www.facebook.com/oliviaboloscaseiros/

Instagram: @oliviaboloscaseiros 

Olivia bolos caseirosOlivia bolos caseiros

______________________________________

Gente, eu sou fã dos bolos da Olívia Bolos Caseiros. Ano passado no aniversário da Juju nós encomendamos um e foi o maior sucesso. Além de lindo, delicado e cheiroso era super gostoso. Fizemos um aniversário bem caseiro e o bolo foi o grande destaque da mesa. Além de tudo isso, veio entregue em uma caixa linda, delicada como a Ju, entregue com um abraço carinhoso que completa a experiência. Recomendo que conheçam, não porque a Ju é minha amiga. Mas porque eu aprecio de verdade seu trabalho e sei que, amando o que faz, ela coloca esse amor em cada um de seus bolos e caldas. 

Vocês já conheciam? Conte aí nos comentários e se quiser participar da série de entrevistas Mamães Empreendedoras, escreva um email para claudia.bins@aspasseadeiras.com.br ou deixe nos comentários.

____________________________________

 Leia outras entrevistas com mães empreendedoras

__________________________________

Quer receber as dicas por email? Assine nossa Newsletter. Uma vez por semana, você recebe além da nossa Agendinha POA com a programação infantil para o final de semana, os artigos mais lidos aqui do blog. E participe do grupo Passeando em Porto Alegre, no Facebook para dicas de passeios, oficinas, restaurantes todos os dias.

               * campo obrigatório

Veja um exemplo aqui

__________________________________

 

Compartilhe este Post!

Sobre o Autor : Claudia Bins

2 comentários

  1. […] – Soluções Geniais, com Graciela Dietze   Tapetes Happy Day, com Camila Fialho   Aqui a entrevista Olívia Bolos Caseiros   Entrevista Viver e Melhor   Entrevista Loja Ninho   Entrevista Atelier […]

  2. […]   _________________________________   Leia aqui a entrevista Tapetes Happy Day   Aqui a entrevista Olívia Bolos Caseiros   Entrevista Viver e Melhor   Entrevista Loja Ninho   Entrevista Atelier […]

Deixe um comentário

Seu e-mail não será exibido.