Como é morar em Braga com bebê

morar em braga com bebe

Isabela mora em Braga, há 10 meses, com sua família e nos conhecemos virtualmente, por conta dos nossos IGs. queria muito ter encontrado Isabela quando estivemos visitando Braga, em fevereiro de 2017, mas acabou não dando certo nossos horários e deixamos para desvirtualizar em uma próxima ocasião.

Ainda assim, convidei Isabela para contar aqui pra gente como é Morar em Braga com um bebê e quais são suas impressões de recém chegada a cidade, o que está curtindo, como tem sido a adaptação à nova vida.

Obrigada Isabela, seja muito bem-vinda e volte sempre que quiser! A gente adora te seguir no @viajapedia e quer ver você sempre por aqui também.

morar em braga com bebê

O bebê da Isabela, passeando em Braga, no inverno. Foto: @viajapedia


Como é morar em Braga com bebê

Por Isabela Bastos

 

Olá :) Meu nome é Isabela, escrevo sobre viagens e a vida em Portugal no blog VIAJAPEDIA (http://www.viajapedia.com), e vivo em Braga há 10 meses, com meu filho e marido. Atualmente me dedico ao blog e ao Dani, que tem 2 anos e ainda não frequenta o infantário.

Braga foi nossa segunda opção de moradia, confesso, não foi exatamente o que havíamos planejado, mas foi a melhor decisão que podíamos ter tomado.

A escolha de morar em Braga se deu por termos a nossa família toda no Norte e já conhecermos bem a cidade.

Morar em Braga é muito diferente de morar em uma cidade como o Rio de Janeiro. Apesar de ser a terceira maior cidade de Portugal, Braga ainda carrega ares de cidade pequena. O que é até curioso, pois andar no shopping ou nas ruas do centro parece ser sempre um passeio familiar, com rostos já “conhecidos”, mesmo que sejam de pessoas desconhecidas. 

O que noto com muita frequência é que Braga é uma cidade jovem. O fato de ter uma das maiores e melhores universidades do país explica isso. Tenho notado cada vez mais famílias jovens com filhos pequenos circulando por aqui, o que para nós, que nos encaixamos nesse perfil, é ótimo. Temos sempre eventos dedicados as crianças e até mesmos aos bebés, além de programação cultural variada para nós, adultos.

O custo de vida em Braga é outro fator positivo e o que pesou muito na nossa decisão. Mesmo com o valor do aluguel acima do que é de costume, ainda é possível encontrar apartamentos novos, com lavanderia e acabamento impecável por menos de 500€. E isso se reflete também no valor que pagamos nos restaurantes e cafés.

Como nem tudo é um mar de rosas, há também algumas coisas que me deixam descontentes com a cidade. A principal delas é o meio de transporte público.

Aqui toda gente anda de carro. É comum encontrar pessoas que nunca tenham andado de ônibus. Então, a oferta de linhas de ônibus é baixa, já que ele basicamente serve para o transporte de idosos e estudantes. Eu, que não sei dirigir, já me vi à pé literalmente às 21h, quando muitas linhas de ônibus deixam de circular.

Outro fator ainda negativo é a oferta de emprego. Braga tem se tornado um polo tecnológico em constante crescimento, mas à princípio esse crescimento é voltado para as vagas nas áreas de TI. Então, a maior oferta de empregos no Norte do país continua sendo o Porto.

** Perguntei à Isabela sobre infantários e creches em Braga e ela contou que as inscrições abrem em maio e que são bastante disputadas. É possível fazer uma pré-inscrição e quando chegar maio correr atrás. Normalmente as pessoas escolhem as mais perto de casa, de preferência. Ela conta que existem as creches particulares e as IPSS.

Fui buscar informações sobre as IPSS e encontrei o seguinte:

IPSS são “entidades sem finalidade lucrativa, constituídas exclusivamente por iniciativa de particulares, com o propósito de dar expressão organizada ao dever moral de justiça e de solidariedade, contribuindo para a efetivação dos direitos sociais dos cidadãos, desde que não sejam administradas pelo Estado ou por outro organismo público”, segundo o Estatuto das IPSS.

Para frequentar uma instituição IPSS, é preciso ter o registro: 

Cabe à Direção-Geral da Segurança Social assegurar o registo das IPSS. O registo é gratuito e pode ser pedido pelas instituições interessadas, através da entrega do modelo Mod. GIP8-DGSS, disponível na página oficial da Segurança Social na Internet. O requerimento deverá ser apresentado nos serviços do Instituto de Segurança Social da área da sede da instituição, no prazo de 60 dias a contar da data da sua constituição.

Pelo o que entendi, neste caso há uma coparticipação do usuário, sendo que o valor a ser pago depende de sua declaração no imposto de renda.

 

morar em braga com bebe

Braga. Foto: @viajapedia


 

Bairros recomendados para viver em Braga

Desde antes de decidir viver em Braga que a região que mais me agradava na cidade era a de Lamações, Fraião e Nogueiró. São bairros mais novos, com boa oferta de apartamentos e com vasta opção de serviços próximos.

Vivo em Fraião e não trocaria meu bairro por nenhum outro. Tenho três mercados próximo, um centro comercial, academias, cafés e alguns restaurantes. Posso fazer tudo isso à pé e fico a menos de 5 minutos de carro do centro ou 15 minutos de ônibus.

 

morar em braga com bebe

Rua do Souto, no centro histórico de Braga. Foto: @viajapedia

 

Locais para visitar em Braga

Nos dias de Sol adoramos passear pelas ruas do centro. A Avenida da Liberdade é uma das principais artérias da região e está florida todos os dias do ano.

 

morar em Braga com bebê

Jardim de Santa Bárbara

 

Ainda no centro, também gostamos de caminhar no Jardim de Santa Bárbara e sentar na esplanada ao lado para beber um café enquanto observamos as crianças brincando.

Mas o que eu considero imperdível é a visita ao Bom Jesus do Monte, um conjunto arquitetônico que integra o santuário, junto ao Parque do Bom Jesus, alguns hotéis e um elevador (funicular) que é o mais antigo da Península Ibérica e o único no mundo que ainda é movido pela água.

 

morar em braga com bebes

Isabela em Guimarães. Foto: Viajapedia


Restaurantes e Cafés

Apesar de pouco tempo na cidade, já temos alguns restaurantes cativos. Para comer saudável e fazer um detox, gostamos muito do Anjo Verde. Para juntar os amigos em uma sexta à noite vamos ao Lado B comer um francesinha e beber um fino.

Quando queremos nos sentir na Itália vamos ao La Piola comer uma piadina e beber um Lambrusco.

Nossa mais recente descoberta foi um japonês excelente, o Michizaki. Nos lembra muito o que íamos no Rio.

Beber um copo e ouvir música ao vivo é no Setra. E para fechar em grande um gelado, um café ou um cupcake na Spirito.

 

__________________________________________________

 

Gostou do post? Tem alguma pergunta para a Isabela? Deixe aí nos comentários! Compartilhe! Talvez possa ajudar quem pensa em morar aqui ou recém chegou. Sempre é bom saber a opinião de quem está no país a algum tempo!

Já segue nossas redes sociais, onde contamos mais sobre nosso dia a dia morando em Portugal e damos dicas de passeios em família por todos os lugares. Passa lá no IG @as_passeadeiras e segue a hashtag #portugalnareal para ler alguns depoimentos de outras pessoas que moram aqui e dão a real!

_______________________________________________

 

Quer receber as dicas por email?

Assine nossa Newsletter

Uma vez por semana, você recebe os artigos mais lidos aqui do blog, onde sempre tem dicas para quem quer viajar em família ou morar em Portugal.

Assine nossa Newsletter aqui:

* Campos obrigatórios
 
Escolha qual o formato do email:

 

Veja um exemplo aqui

 

_______________________________________________

 

Se você precisa transferir dinheiro para Portugal e não tem certeza de qual serviço utilizar, nós recomendamos o TransferWise. Isto não é uma propaganda ou um post patrocinado, é o serviço que usamos mensalmente para fazer transferências do Brasil para Portugal, já que nossos rendimentos vem do Brasil. O TransferWise cobra o IOF e uma taxa de serviço, que tem sido menor que qualquer outro banco que temos consultado. Também garante a taxa do câmbio por 72 horas. Para transferir, você precisa criar uma conta no TransferWise, confirmar seus dados (da primeira vez, não precisa, somente depois da segunda – eles podem pedir a cópia de um documento de identificação e comprovante de endereço). Para quem quer transferir mais que um determinado montante por ano também  precisa confirmar comprovante de rendimentos (extratos bancários ou Declaração de IR). Até a data deste post era algo em torno de 25 mil reais/ano. Também vai precisar ter os dados de sua conta no exterior (IBAN e Bank Code). O processo é rápido e fácil. As primeiras remessas demoram até uma semana e as seguintes são mais rápidas.

_____________________________________ 

 

Procurando hotéis ou apartamentos em Portugal? Faça suas reservas clicando no link abaixo, escolha opções com cancelamento grátis e leia os reviews e comentários sobre cada oferta. Assim você garante o melhor preço e a melhor opção de hospedagem para sua viagem através do nosso parceiro Booking.

Booking.com

 

Ainda não é cadastrado no Booking? Clique aqui e receba R$50,00 de crédito na primeira viagem.

Se vai viajar não esqueça de fazer seu seguro viagem. Faça sua cotação aqui e escolha o tipo de cobertura que mais lhe convém na World Nomads, parceiro aqui do blog.

_____________________________________ 

 

 

Pensando em morar em Portugal? Veja aqui nossas dicas quentinhas

 

Checklist depois da mudança

4 Dicas práticas para quem pensa em vir morar em Portugal

Leia aqui o checklist que fizemos antes de nossa mudança

Checklist depois da mudança – o que você vai ter que fazer assim que chegar lá

Adaptação da família em Portugal

Dicas para alugar apartamento em Cascais

Como abrir conta bancária em Portugal – Nossa experiência com o Activo Bank

Como transferir dinheiro do Brasil para Portugal – Nossa experiência com o TransferWise

SEF – Autorização de Residência e a novela do visto

 Leia aqui como obtivemos o visto D7 para residir em Portugal

Como obter o visto de imigrante empreendedor

Vai dirigir em Portugal? Saiba como trocar sua CNH pela Carta de Condução Portuguesa

Dicas para mobiliar sua casa em Portugal

Supermercados em Portugal

PB4 – O que é e como pedir o seu

Como é o atendimento médico de urgência em Portugal (ou como foi nossa experiência)

Apartamento para alugar na ribeira do Douro no Porto

Como alugar um apartamento pelo Airbnb – Dicas testadas e aprovadas por nós

Como é o atendimento médico de urgência em Portugal (ou como foi nossa experiência)

10 coisas estranhas em Portugal!

 

Procurando sugestões de passeios por Portugal?

 

Roteiro de passeio pelo bairro de Saldanha, em Lisboa

Albergue em Portugal, com família

Tease Cais do Sodré

Degustação de Vinho do Porto – Portugal Experiences 

Voo TAP com crianças

Um dia em Cascais visitando o centro histórico

Butchers – Carne de primeira em Lisboa

Estufa fria de Lisboa

L’Éclair Patisserie – Um pouco de Paris em Lisboa

Pastelaria Versailles, um dos cafés mais bonitos de Lisboa

Roteiros, hotéis e passeios no Algarve 

Roteiros, hotéis e passeios no Alentejo

Veja o relato completo do roteiro de Évora ao Porto aqui.

15 razões para visitar Aveiro, a Veneza de Portugal

Colhendo cerejas em Portugal

Procurando onde se hospedar com crianças em Lisboa? Veja aqui nossa dica!

Zoológico de Lisboa – Passeio imperdível com crianças!

Sesimbra – Um bate-volta de Lisboa no melhor estilo BBB – e lindo demais!

Museu do Oriente – Um dos melhores museus de Lisboa

Roteiro pelo Bairro Príncipe Real em Lisboa

Fábrica da Nata – Um dos Cafés mais lindos de Lisboa

Dica de passeio bate-volta desde Lisboa: Visitando Óbidos, a cidade das rainhas

Vá de Lisboa ao Algarve visitando castelos – Um roteiro inesquecível!

Hospede-se em um palácio no Algarve, sem ficar pobre!

Algarve com crianças: Passeando em Faro

Algarve com crianças: um dia em Tavira, a cidade das lendas e do rio de dois nomes

Hotel Vila Galé Évora – Simplesmente inesquecível

Férias em Portugal: 45 dias, 4 alegrias e 1 tristeza

Algarve com crianças: Júpiter Algarve Hotel, a pérola de Portimão

Viajando com crianças? Veja aqui nossas dicas para arrumar as malas

15 dicas para viajar de avião com crianças

 

Compartilhe este Post!

Sobre o Autor : Claudia Bins

0 Comentário

Deixe um comentário

Seu e-mail não será exibido.

error: Content is protected !!