Um ano morando em Portugal

1 ano

22 de março de 2017. Malas prontas, casa fechada, uma vida inteira em caixas espalhadas na sala. Cada móvel que fica guarda um pouquinho da nossa história. Cada quadro na parede, cada porta-retrato, cada álbum de fotografia que não vai em uma mala, fica como salva-guarda de memórias que não vão junto para Portugal. Fecha a porta e engole o choro. Entra no Uber e respira. É quando a filha menor me abraça e, chorando, diz: eu não queria ir.

 

1 ano morando em Portugal

 

E a gente faz o que nessa hora?

Por alguma razão que só o universo pode responder, o rádio do Uber anuncia mais um escândalo de corrupção. Depois mais um assalto com morte na cidade. Juju e Manô me olham e eu nem preciso dizer nada. Manô faz que sim com a cabeça e Juju me abraça, fungando. Silêncio. Tem dias que o ar pesa mais.

No caminho para o aeroporto vou memorizando as paisagens, já tão familiares. A cabeça roda e sinto certa vertigem. Quando vou ver isso de novo? A estátua do laçador parece acenar em uma despedida. Na minha cabeça ela diz: vai com Deus e seja feliz! Sempre fui do tipo otimista.

 

Despedidas

Despedidas

 

Agora feche os olhos e avance nove meses no tempo. A gestação da nossa vida em Portugal nos meses seguintes já estão bem documentadas aqui no blog, nos posts sobre Morar em Portugal. Em dezembro, regressamos ao Brasil para conhecer meu sobrinho que nasceu em agosto e para passar o natal com nossas famílias. Além de matar as saudades, aproveitamos para resolver algumas questões burocráticas que ficaram pendentes. A viagem não foi planejada, mas o nascimento do João Pedro foi o incentivo que faltava.

 

1 ano (3)

 

Aqui um parênteses. Por mais que a gente planeje, pesquise e programe, a vida vem e te joga na cara que é ela quem manda. A gente só joga o jogo cujas regras mudam a cada golfada de ar. Então, amiga(o), respira fundo e vai. Só não esqueça que de definitivo, só a morte. Se a vida pode mudar as regras do jogo, você também pode mudar seus planos. A vida é sua, afinal! Quando fechar os olhos pela última vez, só vai se arrepender das decisões que não tomou, dos sonhos que não realizou, por medo.

Voltar ao Brasil foi tenso, não vou negar. A distância faz a gente esquecer pequenas idiossincrasias familiares, pequenos inconvenientes do dia a dia que trocamos por outros, enquanto estamos distraídos organizando a vida no novo país. Mas voltar à terra natal traz tudo de volta, de uma só vez. Isso sem contar o medo da violência. Depois de 9 meses vivendo sem a menor sombra de medo, ele parece ainda pior, mais opressor, mais desumano.

Junta tudo isso e soma com um comportamento extremamente crítico de alguns parentes que impiedosamente martelavam o “quão egoísta eu sou” por ter deixado meus pais, meu país. Que tipo de brasileira abandona o barco. Que tipo de filha deixa seus pais idosos,… e por aí vai.

Sentimentos são complicados de lidar. Relações familiares são ainda mais. Entre abraços e saudade, cobranças e críticas. Entre amor e carinho, uma pitada de inveja aqui, um tanto de culpa lá. O caldo emocional do primeiro retorno foi difícil de superar. Demorou exatos 30 dias, para ser bem precisa. Voltar a Portugal foi um alívio, de uma certa maneira. Aqui o ar é mais leve. E sim, eu sei o que você está pensando…

Agora, 3 meses depois, já mais serena e isenta dos sentimentos negativos, eu olho para lá e penso que existem muitas maneiras de lidar com a saudade e o amor. Sempre vai ter dois lados. “São só dois lados da mesma viagem. É só chegar e partir.” Tem gente que vai e tem gente que fica. A gente escolheu ir.

Por quanto tempo? Quando voltam? Por que foram? Se o Brasil estivesse maravilhoso, ainda assim teriam ido? 

Sinceramente, não sei. Nossa escolha foi baseada em um misto de sonho de vida, oportunidade e curiosidade. Não estamos fugindo de nada, nem nos isentando de responsabilidade alguma. Não é falta de amor, nem medo de encarar dificuldades. Ainda temos nossa família no Brasil, nossa casa, nossos investimentos. Ainda pagamos impostos por lá e fazemos declaração de renda. 

É só viver uma vida que a gente quer, do jeito que escolhemos. Se nossa alma é cigana e o mundo é grande, a gente quer viver isso, ver como é. Eu já disse milhões de vezes, meu sonho de vida é morar um ano em cada país… sei que vou ter que renascer 100 vezes para que isso aconteça, não é? E já passaram mais de 40 anos…

No próximo post vou falar sobre como está minha família, o marido e as filhas agora, um ano depois… aguardem!

 

1 ano (4)

Foto: Pixabay

 

Por enquanto, a vida segue. Digo sempre que apego é uma coisa engraçada… e talvez eu o tenha de menos. Mas para mim, as relações são descritas à perfeição por Maria Beatriz dos Anjos, neste poema:

 

O Laço e o Abraço

Maria Beatriz Marinho dos Anjos

“Meu Deus!… Como é engraçado… Eu nunca tinha reparado como é curioso um laço…
Uma fita dando voltas, se enrosca, mas não se embola;
vira, revira, circula e pronto: está dado o abraço.
É assim que é o abraço: coração com coração, tudo isso cercado de braço.
É assim que é o laço: um abraço no presente, no cabelo, no vestido, em qualquer coisa onde o faço.
E quando puxo uma ponta, o que é que acontece? Vai escorregando devagarinho, desmancha, desfaz o abraço.
Solta o presente, o cabelo, fica solto no vestido. E na fita, que curioso, não faltou nem um pedaço…
Ah! Então é assim o amor, a amizade, tudo que é sentimento? Como um pedaço de fita?
Enrosca, segura um pouquinho, mas pode se desfazer a qualquer hora, deixando livres as duas bandas do laço?
Por isso é que se diz: laço afetivo, laço de amizade
E quando alguém briga, então se diz: – Romperam-se os laços!
E saem as duas partes, que nem meu pedaço de fita-sem perder nem um pedaço.
Então o Amor é isso…
Não prende, não escraviza, não aperta, não sufoca.
Porque quando vira nó, já deixou de ser um laço.

 

Um ano se passou. Que venham os próximos. Onde? Sei lá! Só sei que ainda estamos cá.

 

Já segue nossas redes sociais, onde contamos mais sobre nosso dia a dia morando em Portugal e damos dicas de passeios em família por todos os lugares. Passa lá no IG @as_passeadeiras

_______________________________________________

 

Quer receber as dicas por email?

Assine nossa Newsletter

Uma vez por semana, você recebe os artigos mais lidos aqui do blog, onde sempre tem dicas para quem quer viajar em família ou morar em Portugal.

Assine nossa Newsletter aqui:

* Campos obrigatórios
 
Escolha qual o formato do email:

 

Veja um exemplo aqui

 

_______________________________________________

 

Se você precisa transferir dinheiro para Portugal e não tem certeza de qual serviço utilizar, nós recomendamos o TransferWise. Isto não é uma propaganda ou um post patrocinado, é o serviço que usamos mensalmente para fazer transferências do Brasil para Portugal, já que nossos rendimentos vem do Brasil. O TransferWise cobra o IOF e uma taxa de serviço, que tem sido menor que qualquer outro banco que temos consultado. Também garante a taxa do câmbio por 72 horas. Para transferir, você precisa criar uma conta no TransferWise, confirmar seus dados (da primeira vez, não precisa, somente depois da segunda – eles podem pedir a cópia de um documento de identificação e comprovante de endereço). Para quem quer transferir mais que um determinado montante por ano também  precisa confirmar comprovante de rendimentos (extratos bancários ou Declaração de IR). Até a data deste post era algo em torno de 25 mil reais/ano. Também vai precisar ter os dados de sua conta no exterior (IBAN e Bank Code). O processo é rápido e fácil. As primeiras remessas demoram até uma semana e as seguintes são mais rápidas.

_____________________________________ 

 

Procurando hotéis ou apartamentos em Portugal? Faça suas reservas clicando no link abaixo, escolha opções com cancelamento grátis e leia os reviews e comentários sobre cada oferta. Assim você garante o melhor preço e a melhor opção de hospedagem para sua viagem através do nosso parceiro Booking.

Booking.com

 

Ainda não é cadastrado no Booking? Clique aqui e receba R$50,00 de crédito na primeira viagem.

Se vai viajar não esqueça de fazer seu seguro viagem. Faça sua cotação aqui e escolha o tipo de cobertura que mais lhe convém na World Nomads, parceiro aqui do blog.

 

_____________________________________ 

 

Procurando sugestões de passeios por Portugal?

 

Tease Cais do Sodré

15 Cafés que amamos em Lisboa

Degustação de Vinho do Porto – Portugal Experiences 

Voo TAP com crianças

Um dia em Cascais visitando o centro histórico

Butchers – Carne de primeira em Lisboa

Estufa fria de Lisboa

L’Éclair Patisserie – Um pouco de Paris em Lisboa

Pastelaria Versailles, um dos cafés mais bonitos de Lisboa

Roteiros, hotéis e passeios no Algarve 

Roteiros, hotéis e passeios no Alentejo

Veja o relato completo do roteiro de Évora ao Porto aqui.

15 razões para visitar Aveiro, a Veneza de Portugal

Colhendo cerejas em Portugal

Procurando onde se hospedar com crianças em Lisboa? Veja aqui nossa dica!

Zoológico de Lisboa – Passeio imperdível com crianças!

Sesimbra – Um bate-volta de Lisboa no melhor estilo BBB – e lindo demais!

Museu do Oriente – Um dos melhores museus de Lisboa

Roteiro pelo Bairro Príncipe Real em Lisboa

Fábrica da Nata – Um dos Cafés mais lindos de Lisboa

Dica de passeio bate-volta desde Lisboa: Visitando Óbidos, a cidade das rainhas

Vá de Lisboa ao Algarve visitando castelos – Um roteiro inesquecível!

Hospede-se em um palácio no Algarve, sem ficar pobre!

Algarve com crianças: Passeando em Faro

Algarve com crianças: um dia em Tavira, a cidade das lendas e do rio de dois nomes

Hotel Vila Galé Évora – Simplesmente inesquecível

Férias em Portugal: 45 dias, 4 alegrias e 1 tristeza

Algarve com crianças: Júpiter Algarve Hotel, a pérola de Portimão

Viajando com crianças? Veja aqui nossas dicas para arrumar as malas

15 dicas para viajar de avião com crianças

 

Pensando em morar em Portugal? Veja aqui nossas dicas quentinhas

 

Checklist depois da mudança

4 Dicas práticas para quem pensa em vir morar em Portugal

Leia aqui o checklist que fizemos antes de nossa mudança

Checklist depois da mudança – o que você vai ter que fazer assim que chegar lá

Adaptação da família em Portugal

Dicas para alugar apartamento em Cascais

Como abrir conta bancária em Portugal – Nossa experiência com o Activo Bank

Como transferir dinheiro do Brasil para Portugal – Nossa experiência com o TransferWise

SEF – Autorização de Residência e a novela do visto

 Leia aqui como obtivemos o visto D7 para residir em Portugal

Como obter o visto de imigrante empreendedor

Vai dirigir em Portugal? Saiba como trocar sua CNH pela Carta de Condução Portuguesa

Dicas para mobiliar sua casa em Portugal

Supermercados em Portugal

PB4 – O que é e como pedir o seu

Como é o atendimento médico de urgência em Portugal (ou como foi nossa experiência)

Apartamento para alugar na ribeira do Douro no Porto

Como alugar um apartamento pelo Airbnb – Dicas testadas e aprovadas por nós

Como é o atendimento médico de urgência em Portugal (ou como foi nossa experiência)

10 coisas estranhas em Portugal!

 

 

 

Compartilhe este Post!

Sobre o Autor : Claudia Bins

0 Comentário

error: Content is protected !!