Como utilizar óleos essenciais

óleos essenciais como utilizar

Como utilizar óleos essenciais da melhor forma possível é o tema do post de hoje, onde vou explicar as 3 formas mais comuns e os cuidados a ter em cada uma delas:

No Curso de Certificação de Óleos Essenciais doTerra, aprendemos que existem muitas maneiras de utilizarmos os óleos essenciais, com objetivos diversos tais como: relaxar, limpar, apoiar nossos sistemas internos, cozinhar, e muito mais. 

Além disso, aprendemos também que para cada um dos óleos, existe pelo menos uma das seguintes formas de uso:

uso aromático
Utilizar um difusor para obter os benefícios terapêuticos

Como utilizar óleos essenciais

 

Difusão ou Aromático

O óleo essencial pode ser difundido ou inalado diretamente. Pode ser também utilizados como perfume ou em ventilações, como as de um automóvel, para uma experiência aromática estimulante.

A aromaterapia é uma prática terapêutica muito utilizada para a prevenção e/ou tratamento auxiliar de problemas físicos, psicológicos e energéticos, visando alcançar bem-estar geral.”

Esta prática traz benefícios para o corpo e mente pois o nosso olfato está ligado intimamente à parte do cérebro que controla as emoções e a memória de longo prazo. Inalar o aroma ou a névoa difusa de um óleo essencial puro, sem qualquer composto sintético, pode afetar fortemente essa áreas do corpo, assim como nosso sistema respiratório.

Cuidados:

Ao utilizar um óleo aromático em um difusor, certifique-se que o mesmo não aqueça o óleo, para que não perca suas propriedades terapêuticas. Utilize um difusor adequado, ultrassônico, que tenha uma área de abrangência de acordo com o lugar que será utilizado.

Clique aqui para baixar um ebook gratuito sobre uso aromático de óleos essenciais.

Uso Tópico
Uso tópico de óleos essenciais

Uso Tópico

A aplicação tópica dos óleos essenciais trata da colocação dos óleos em alguma região do corpo, tal como pele, unhas, cabelos ou dentes. O efeito terapêutico do uso tópico dos óleos podem ocorrer tanto no próprio local da aplicação quanto em todo o fluxo sanguíneo e nervoso do corpo, por onde as moléculas dos óleos são levadas até atingirem os órgãos do corpo.

A Reflexoterapia, por exemplo, é um uso típico e muito conhecido de método de aplicação tópica, utilizando a planta dos pés e das mãos como base para tratar pontos correspondentes no corpo todo.

Cuidados

– Diluir em um óleo carreador, conforme a tabela de diluição por idade.

– Sempre faça teste de sensibilidade tópica, aplicando um pouco do óleo diluído na parte interna do pulso. É importante reconhecer que cada organismo tem sua identidade química, inclusive você. As reações podem variar de acordo com cada indivíduo.

– Alguns óleos são chamados Óleos Quentes, por serem muito potentes e precisam de maior diluição antes de serem aplicados na pele. São eles: Cássia, Canela, Cravo, Gerânio, Capim-limão, Orégano e Tomilho.

– Nunca aplique óleos essenciais sob ou dentro dos olhos, dentro dos ouvidos, dentro do nariz, feridas abertas ou outras áreas sensíveis.

Baixe seu ebook gratuito, em português, sobre uso aromático de óleos essenciais, clicando aqui.

Como utilizar os óleos essenciais
Uso interno dos óleos essenciais

Uso Flavorizante ou Interno

O consumo de óleos essenciais permite uma série de benefícios para a saúde, contanto que sejam observadas as regras de segurança e qualidade dos óleos. Somente os óleos certificados quanto à sua pureza e qualidade, são destinados ao uso interno. Tenha cuidado, portanto. Sempre leia os rótulos e as indicações de uso para certificar-se que está agindo corretamente.

Os óleos essenciais que são indicados para consumo interno, podem ser utilizados de quatro formas:

1. Sublingual: 1 ou 2 gotas embaixo da língua. Essa região tem alto poder de absorção, levando o óleo até a corrente sanguínea de maneira muito rápida. Observe as indicações, pois alguns óleos são muito potentes e podem causar desconforto. Neste caso, utilize outro método ou dilua o óleo antes de consumir.

2. Cápsula: Os óleos essenciais que são muito potentes também podem ser colocados em uma cápsula vegetal e diluídos com algumas gotas de azeite, para o consumo interno.

3. Bebidas: Maneira rápida e fácil de tomar óleos essenciais. Uma ou duas gotas de óleo em meio copo de água, para uso terapêutico ou flavorizante.

4. Culinária: Usados como aromatizantes para substituir ervas e temperos, em pequeníssimas quantidades. Basta mergulhar a pontinha de um palito de dentes de madeira em um óleo essencial e depois colocá-lo no molho ou mistura levemente, misturando um pouquinho e, em seguida, retirando o palito. 

Baixe o ebook gratuito Cozinhando com óleos essenciais, aqui.

Três formas de utilizar óleos essenciais

Pronto, agora você já sabe como utilizar seus óleos da melhor maneira. Agora o próximo passo é seguir o aprendizado.

Entre em contato comigo, deixe um comentário aqui no final do post ou envie uma mensagem através do WhatsApp: +351 9916484558 que eu te ajudo a economizar 25% na compra de seus óleos doTerra e te ofereço um workshop gratuito sobre os óleos essenciais principais que compõe a “farmacinha do lar”.

Ficou com dúvidas ou está interessado em ser consultora da dōTerra? Tentou fazer o cadastro e não conseguiu? Vamos conversar! Entre em contato aqui nos comentários, pelo e-mail claudia.binscoelho@gmail.com ou fale comigo através do Direct do Instagram @as_passeadeiras. Vai ser um prazer te ajudar!

Aproveite para ler outros posts no blog, sobre viagens, passeios, morar em Portugal, etc. É só navegar pelo menu aí em cima na tela.

 

Leia aqui receitinhas para shots antioxidantes matinais

Clique aqui para ver todos os posts com receitinhas aqui no blog.

Leia aqui sobre a kombucha

Leia aqui sobre Kefir

Por que usamos óleos essenciais

Como economizar 25% ao comprar seus óleos

Compartilhe este Post!

Sobre o Autor : Claudia Bins

0 Comentário

Deixe um comentário

Seu e-mail não será exibido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!