Escapadinha no Baixo Alentejo

 

Comemoramos 3 datas festivas com uma escapadinha no Baixo Alentejo deliciosa na companhia de amigos queridos e no post de hoje eu vou contar tudinho.

As datas foram o Dia da Mãe (1º domingo de Maio, em Portugal), Nossos 21 anos de casamento (Bodas de Zircão) e nossos 5 anos de Protugal (18 de Março). Tanta celebração merecia algo especial e o destino partiu do hotel delicioso que encontrei no Booking: Pousada Castelo de Alvito.

Fiquei encantada com a possibilidade de passarmos a noite em um Castelo datado de 1494, transformado em hotel em 1993. É claro que vou fazer um post exclusivo para o hotel, mas já adianto que foi uma experiência memorável. As Passeadeiras amaram dormir e passear em um castelo, e a cidade de Alvito foi uma grata surpresa. Mas vamos ao roteiro da nossa escapadinha no Baixo Alentejo!

 

escapadinha no baixo alentejo

Pousada Castelo de Alvito

 

Roteiro da nossa escapadinha no Baixo Alentejo

Nossa escapadinha no Baixo Alentejo partiu de Cascais onde moramos, de lá fomos direto à Vila de Frades, onde começou nosso passeio. Para constar então, nosso roteiro durante o final de semana foi:

Cascais – Vila de Frades – Vidigueira – Alvito – Viana do Alentejo – Portel – Évora – Cascais

 

Roteirode carro Baixo Alentejo

Google Maps: Alternativas de trajeto até Vila de Frades

 

Seguimos pela autoestrada A6, via Évora, mas nossos amigos optaram cada um por uma das outras alternativas. Chegamos todos com poucos minutos de diferença à Vila de Frades, que fica no município de Vidigueira, Beja.

 

Vila de Frades – Vidigueira

 

Vila de Frades

Aqui visitamos o delicioso Centro Interpretativo do Vinho da Talha, uma pérola descoberta por nossa amiga Lu Bianchi, que que valeu cada minuto do nosso passeio. O Centro é um pequeno museu, muito novo e bonito, que conta a história do vinho da talha, a forma como os romanos faziam o vinho. Talha é o nome das grandes ânforas de barro utilizadas para armazenar a uva colhida e trabalhada para virar vinho. As uvas esmagadas são colocadas dentro das talhas de barro e ficam ali a fermentar, durante vários meses, em cima das massas formadas pelas películas do fruto, saindo depois o líquido para o exterior, através de uma torneira, límpido e puro. O contacto das massas com o líquido e a porosidade da talha de barro conferem ao vinho características únicas, que pudemos provar no local.

A entrada custou 4€ para nós 4. Post com detalhes, à caminho! Saímos do Centro Interpretativo e caminhamos até o restaurante País das Uvas, uma pequena Tasca indicada pelo rapaz do Centro. A comida foi honesta, ficamos na esplanada e depois descemos umas escadinhas para conhecer um mini museu de vinho, resultado de um achado durante uma obra feita no restaurante. Valeu a visita!

No caminho até Alvito, visitamos as Ruínas Romanas de São Cucufate, uma pequena Vila Romana datada do Séc. I d.C e mais tarde transformada em mosteiro. Aqui a visita foi bem rápida, sem guia, pois perdemos o horário da visita guiada. Sempre que visitamos sítios arqueológicos eu gosto de fazer visitas guiadas, pois a história enriquece muito o passeio. Entrada foi 9€ para nós 4 (2 adultos, 2 estudantes).

 

Herdade do Rocim

 

Herdade do Rocim

Cerca de 8km separam Vila de Frades da Herdade do Rocim, onde agendamos prova de vinho e uma visita guiada. Localizada em uma bonita propriedade, a sede moderna da Herdade do Rocim guarda um salão de provas, uma loja, um salão de estar e eventos, talhas e a adega com o processo produtivo. Com vinhos variados, desde os biológicos às castas velhas, existem opções de provas a partir de 14€. Passamos uma bela tarde lá e seguimos para Alvito. Post à caminho, contando os detalhes.

 

Alvito

 

Alvito

Ponto alto da nossa escapadinha no Baixo Alentejo, Alvito é uma pequena vila no distrito de Beja, com cerca de 1100 habitantes. Com características típicas da região, ou seja, casas brancas com alguns detalhes coloridos nas portas e janelas, uma praça central, as maiores atrações na vila são mesmo o Castelo e a Igreja Matriz, além de outras igrejas e capelas menores. Para além disso, uma caminhada pela vila  e um café na praceta da Câmara garante belas fotos. Post com mais detalhes, já no forno. Nosso jantar foi no restaurante do Castelo (é preciso fazer reserva) e estava delicioso. O ambiente, a comida, a companhia dos amigos, um belo vinho … uma experiência incrível!

 

Viana do Alentejo

 

Viana do Alentejo

A 11 km de Alvito, no sentido Évora, fica a Vila de Viana do Alentejo.  Com algumas atrações tais como  o Castelo de Viana do Alentejo, a Igreja Matriz de Viana do Alentejo e o Santuário de Nossa Senhora de Aires, paramos para conhecer a vila que antigamente servia de ponto de encontro de antigos caminhos romanos (Alcácer do Sal, Évora e Beja).  Estava acontecendo uma missa na Igreja Matriz então passeamos por dentro das muralhas e ao redor da cidade, antes de seguirmos para Portel.

 

Portel

 

Portel

Ainda no caminho para Évora, paramos em Portel (cerca de 30km) depois de avistarmos o imponente castelo, da estrada. É uma cena bonita de ver! A vila branca, típica alentejana, com o castelo no topo do monte a guardar sua gente. Fomos direto ao sítio onde se encontra o castelo, estacionamos o carro na Praça em frente à Câmara e passeamos ao redor. Lindas fotos, o Castelo estava encerrado por conta do 1º de Maio, mas nos divertimos muito com uma simpática senhorinha que estava na Praça e nos ofereceu os limões de um pé carregadinho ali ao lado!! Nem preciso dizer que aceitamos na hora e foi uma festa! A Senhorinha se divertiu conosco e, com certeza, terá muitas histórias para contar sobre aquele bando de brasileiros meio doidos a colher limões fazer filmes e milhões de fotos… 

 

Évora

Évora

Paramos em Évora para almoçar e passear um pouquinho. Essa cidade encantadora nunca nos cansa e é sempre bom demais visitar. Ainda que por poucas horas, comemos muito bem e o dia estava lindo, com céu muito azul e uma brisa fresca que não vai durar muito mais tempo até o calor escaldante do verão Alentejano chegar.

Almoçamos no restaurante Piparoza Boutique Bar, na rua ao lado da Praça do Giraldo. Como não tínhamos reserva (super aconselho, principalmente aos finais de semana), foi preciso esperar um bocado, mas o clima estava tão agradável que deu tudo certo. A comida estava ótima, optamos pelas carnes e saladas, fomos muito bem atendidos e ainda completamos com um sorvete da sorveteria ao lado. De lá passamos pela Praça do Giraldo e seguimos rumo ao Templo Romano e Catedral. No final da tarde, já passava das 18:30h voltamos à Lisboa, com os olhos transbordando de belezas e com a alma lavada.

O Alentejo é lindo em qualquer época, mas na primavera é mais que encantador. Os campos floridos, aquela paisagem bucólica e o céu muito azul tornam qualquer escapadinha um evento memorável, que já estamos loucos ara repetir!

Prometo posts mais detalhados, sobre cada lugar que passamos, mas já fica a dica de roteiro para quem quiser passar bons momentos em lugares tão pertinhos de Lisboa.

Até a próxima e deixem aqui comentários dizendo o que acharam da sugestão da escapadinha no Baixo Alentejo, combinado?

 

 

Veja aqui outras sugestões de Roteiros em Portugal, testados e aprovados pelas Passeadeiras:

 

Roteiro visitando o Porto e o Vale do Douro

 Aldeias históricas da Beira – 7 Aldeias para visitar em 2 ou 3 dias

Alentejo: Monsaraz e Herdade do Esporão, para vinhos e azeites

Roteiro Centro: Mosteiros de Alcobaça, Batalha, Nazaré e Fátima

Roteiro Vila Nova de Gaia, Amarante, Santa Maria da Feira, Bussaco, e Coimbra

Norte: Roteiro visitando Porto, Barcelos, Ponte de Lima, Braga, Guimaraes e Viana do Castelo

Roteiro de Évora ao Porto, visitando Arraiolos e Tomar

Roteiro do Algarve à Évora, visitando Silves e Beja

Roteiro Lisboa ao Algarve conhecendo Castelos

Clique aqui para ver os roteiros, restaurantes e passeios em Lisboa

Veja aqui sugestões de passeios bate-e-volta desde Lisboa

Portugal Experiences – Experiências inesquecíveis em Portugal

 

Portugal por estação:

Lugares para visitar no outono

Lugares para visitar na primavera

Lugares para visitar no verão

 

Clássicos de Portugal:

Óbidos em um dia

Mercado Medieval de Óbidos

Um dia em Cascais

Um dia em Sintra

 

Vinícolas e Lagares para visitar em Portugal

José Maria da Fonseca – do vinho Periquita

Malo Tojo – Vinhos e Hotel

Oliveira da Serra – O maior olival de Portugal

Alentejo: Monsaraz e Herdade do Esporão, para vinhos e azeites

Fernão Pó Adega e Winery

 

Passeios em Lisboa

10 passeios com crianças em Lisboa

Roteiro pelo Cais do Sodré

Roteiro por Saldanha e S. Sebastião

 

Restaurantes em Portugal

Clique aqui para ver nossas sugestões de Cafés e Restaurantes em Portugal

 

Hotéis em Portugal

Clique aqui para ver todos os hotéis que recomendamos em Portugal

 

Todos os Posts sobre Morar em Portugal, aqui

 

Compartilhe este Post!

Sobre o Autor : Claudia Bins

1 Comentário

  1. Sidney Tupiniquim 4 de maio de 2022, 12:09 comentar

    Olá Claudia, conheci agora o teu blog e achei muito fixe, Parabéns

Deixe um comentário

Seu e-mail não será exibido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!