Mães empreendedoras – Ateliê Materno

empreendedorismo materno

A grande maioria da população feminina que também é mãe enfrenta diariamente os desafios de conciliar a maternidade com a carreira. Algumas de nós tomam a decisão de empreender um negócio, na esperança de ter mais tempo ou, ao menos, horários mais flexíveis para cuidar da família.  

Com o intuito de inspirar você, nós começamos hoje a série de entrevistas “Mães Empreendedoras” aqui no site, com as meninas do Ateliê Materno, que contarão pra gente como foi que surgiu a ideia do empreendimento, quais os benefícios, os desafios e também como é o apoio que recebem de suas famílias.

Mães Empreendedoras – Ateliê Materno

O que é? O Ateliê Materno produz brinquedos de madeira inspirados na pedagogia Waldorf e no método Montessori. Olhando as fotos no Instagram e navegando pela página do Ateliê no Facebook  podemos perceber o carinho e o cuidado com o trabalho que a Carol e a Bruna tem. As peças integram a decoração de maneira lúdica criando um ambiente personalizado e encantador. 

Obrigada meninas por compartilharem suas experiências como mães empreendedoras aqui no site As Passeadeiras! Parabéns pelo lindo trabalho e muito sucesso!

empreendedorismo materno

Foto @Ateliê Materno – Carol, Bruna e seus filhos

1. Qual o seu nome? Conte um pouco sobre sua família, quantos filhos tem e qual a idade deles?

Somos duas! 

Carol Moreira é mineira, mãe da Sofia de 2 anos e 8 meses e grávida de 19 semanas de um menino ou menina que ainda não tem nome. 

Bruna Chervezan é paulista acariocada, mãe da Elis de também 2 anos e 8 meses. Vivemos em Florianópolis a cerca de 3 anos, e nos conhecemos no jardim waldorf em que nossas filhas estudam. 

2. Qual sua formação ou experiência de trabalho? Você já trabalhou como funcionária antes de abrir seu negócio?

Carol trabalhava como designer e Produtora audiovisual, hoje fundadora e uma das sócias do Ateliê Materno. 

Bruna trabalhou é formada em ciência sociais, e trabalhava anteriormente como produtora de Teatro, atualmente também sócia do Ateliê Materno. 

3. Você decidiu abrir seu próprio negócio. Pode contar qual é o negócio, há quanto tempo ele existe e porque tomou essa decisão?

O Ateliê é um empreendimento materno, ou seja, um novo negócio e caminho profissional descoberto no processo de ressignificação de nós mulheres após a maternidade, de modo que seja possível conciliar um trabalho prazeroso, com cargas horárias flexíveis e o cuidado dos filhos.

Portanto, o Ateliê Materno nasceu em julho de 2015 de uma forma despretensiosa, foi quando a mãe e designer Carol Moreira decidiu fazer alguns brinquedos educativos para a sua filha Sofia.

Pensava em brinquedos simples e lúdicos, pois se inspirou na pedagogia Waldorf e no método Montessori que incentivam a autonomia, desenvolvimento psicomotor e a criatividade da criança. 

empreendedorismo materno

Foto @ateliematerno

Assim que sua filha começou a se interessar pela brincadeira de fazer comidinha, foi que Carol teve o desejo de fazer uma mini cozinha. Ela que antes só tinha feito alguns brinquedos menores, quis se aventurar em fazer esse grande projeto.

Como todos os outros brinquedos eram de madeira, quis seguir o mesmo padrão de durabilidade, textura e acabamento atóxico, mesmo vendo que as mini cozinhas que ela tinha pesquisado em sua maioria eram feitos em MDF ou em compensado, material de pouca resistência e nada sustentável.

Desenvolveu o projeto, comprou as madeiras, tintas, parafusos, reciclou uma panela em desuso  e com a ajuda da Sofia que fez do processo de montagem uma grande brincadeira, a mini cozinha ficou pronta e muito linda.  Em uma pequena divulgação nas redes sociais, a procura foi tão grande que o que era inicialmente uma brincadeira entre mãe e filha se transformou sem querer em um negócio.

Com tanta demanda, a também mãe e produtora Bruna Chervezan entrou no negócio para colocar a mão na massa e juntas fundaram o Ateliê Materno.

empreendedorismo materno

Foto @ateliematerno

4. Como foi a reação da sua família quando decidiu abrir seu negócio? Em algum momento você se sentiu pressionada ou desestimulada?

Aqui temos dois depoimentos bem distintos, portanto vamos separá-los para melhor compreensão: 

Depoimento da Bruna:  Minha família, no primeiro momento gostou da ideia, mas me achou meio louca por começar uma empresa assim do nada. Eles achavam que era arriscado demais, até porque eu já vinha vindo para Florianópolis no escuro, na busca de qualidade de vida e sem emprego em vista.

Quando comecei o empreendimento com a Carol, eu era casada e a minha ressignificação pessoal e profissional fez com que as estruturas do relacionamento que já não estavam muito boas, se abalassem. Eu estava me dedicando integralmente à maternidade por 2 anos e quando voltei para o mercado de trabalho, já voltei com uma empresa que me tomava bastante tempo e energia. E não houve muito apoio por parte dele nesse momento que eu mais precisava, portanto acabamos nos separando.

Isso me fez repensar muito se estava tomando a decisão certa, mas não tive dúvidas que o Ateliê Materno era o empreendimento que tanto sonhei, pois estava trabalhando com o que eu realmente acreditava. 

Depoimento da Carol:  Minha família muito empolgada sempre incentivando, apoiando e dando estrutura para que acontecesse da melhor forma. Tanto meus pais, quanto meu marido sempre por trás me apoiando e dando estrutura para o meu sonho se realizar. Isso fortalecendo nossos laços, reafirmando nosso amor e amizade, que está muito além do papel de marido e mulher. 

5. Quais foram os maiores desafios que encontrou até hoje?

Como a empresa começou de uma publicação do facebook, não possuíamos muito conhecimento sobre o todo o universo que envolve trabalhar com madeira e marcenaria. Sofremos muito com o machismo de marceneiros e madeireiras que inclusive nos enganaram, o que gerou muito prejuízo para nós no início. Portanto, a dificuldade de encontrar mão de obra qualificada e de confiança é sem dúvida um dos nossos maiores desafios em Florianópolis. 

6. Pode compartilhar algum erro ou situação que gostaria que não tivesse acontecido?

Atender a grande demanda sem ter estruturação prévia, nos gerou muito desgaste físico, emocional e financeiro tanto para nós como para nossas famílias.

7. Você trabalha de casa ou tem um espaço seu ou compartilhado, fora de casa, para trabalhar?

Trabalhamos parte em casa e maior parte na marcenaria do Ateliê.

8. Quais conselhos você daria a pessoas que pensam em empreender também? 

Façam um plano de negócios, conheça o mercado e seus fornecedores e se estruture bem antes de começar começar um empreendimento.

9. Tem algum outro ponto que você gostaria de compartilhar conosco?

Apesar de toda a loucura que passamos, valeu muito a pena, pois hoje o Ateliê Materno tem uma marca muito forte no mercado, com produtos de alta qualidade e parcerias incríveis. Além de estarmos fazendo o que realmente nos move, como mulher, mãe e empreendedora.

10. Deixe seus dados para contato, webpage e conte sobre seus produtos/serviços para que possamos conhecer melhor o seu trabalho.

Ateliê Materno:

Bruna – 48 9150 4142

Carol – 48 9922 6729

contato@ateliematerno.com.br

http://www.ateliematerno.com.br

www.facebook.com/ateliematerno

instagram.com/ateliematerno

 

empreendedorismo materno

A marcenaria do Ateliê Materno

Compartilhe este Post!

Sobre o Autor : Claudia Bins

36 comentários

  1. Gabi Miranda 4 de maio de 2016, 22:37 comentar

    Que demais, incrível esse trabalho. Chegava-me emocionar. Um trabalho desses tinha que vir pra SP Tb. 😉

    • Ateliê Materno 6 de maio de 2016, 00:36 comentar

      Olá Gabí, boa noite!

      Ficamos muito contentes em ver que nosso trabalho feito com tanto carinho e dedicação desperta sentimentos tão bonitos nas pessoas, é isso que nos move e faz querer sempre continuar! Estamos em Floripa, mas enviamos nossas cozinhas para todo o Brasil via transportadora. Fique a vontade para nos procurar quando quiser! Beijos grande, Carol e Bruna

  2. Marcelle Tabosa 5 de maio de 2016, 02:34 comentar

    Que peças lindas!! Achei que devia ter aqui em
    SP também!

    • Ateliê Materno 6 de maio de 2016, 00:38 comentar

      Olá Marcelle, boa noite!

      Ficamos muito Felizes que tenha gostado tanto dos nosso brinquedos, fazemos tudo com muito carinho e dedicação. Estamos em Floripa, mas enviamos nossas cozinhas para todo o Brasil via transportadora. Fique a vontade para nos procurar quando quiser! Beijos grande, Carol e Bruna

  3. Deia Tomaz 5 de maio de 2016, 11:54 comentar

    Que trabalho incrível! Quantos detalhes! Sou fã de carteirinhas dessas 2 pedagogias, entao nem precisa dizer q ja me apaixonei de cara pela proposta!
    Deia Tomaz – @lancheiradojoao

    • Ateliê Materno 6 de maio de 2016, 00:39 comentar

      Oi Deia, boa noite!

      Que bom que gostou dos nosso brinquedos, ficamos muito felizes em ver que nosso trabalho traz sentimentos tão bons nas pessoas! Beijos grande, Carol e Bruna

  4. Adriano Bisker 5 de maio de 2016, 16:09 comentar

    Muito legal esta sua nova ação a ser tomada, de entrevistas! Adorei conhecer o Atelie materno e curioso para conhecer as próximas empreendedoras!

  5. fanny 5 de maio de 2016, 17:12 comentar

    Parabéns Carol e Bruna pelo Lindo o trabalho e adorei a entrevista!

  6. Luciana Emely 5 de maio de 2016, 18:11 comentar

    Amei o trabalho… nao conhecia! Quando era criança meu sonho era ter um fogãozinho assim. Hoje tenho um menino… kkkk e ele não se interesse por fogão!! Elas fazem brinquedos para meninos tb? Bjos

    • Ateliê Materno 6 de maio de 2016, 00:42 comentar

      Oi Luciana, boa noite!

      Fazemos a oficina mecânica, mas neste momento o projeto está sendo reformulado e o brinquedos está fora de linha. Em breve voltará novinho em folha!

      Beijos

  7. Mariana Ferreira 5 de maio de 2016, 19:05 comentar

    Adorei, amei.o trabalho muito bom gosto bj

  8. Michele Gobbato 5 de maio de 2016, 19:36 comentar

    Adorei conhecer o trabalho delas, parabéns !!!
    Me apaixonei pelas cozinhas

    Bjs Mi Gobbato
    http://espacodasmamaes.blogspot.com.br/

  9. Tatiane Lopes 5 de maio de 2016, 19:43 comentar

    Que trabalho incrível! cada peça maravilhosa! estão de parabéns!

  10. Fabiana 5 de maio de 2016, 20:16 comentar

    Amei a entrevista! Sonho em empreender e saber os erros e acertos ajudam muito. O projeto delas é lindo! Parabéns!!

    • Claudia Bins 6 de maio de 2016, 00:17 comentar

      Verdade Fabiana, sempre aprendemos com as experiências das amigas!

      Beijos

    • Ateliê Materno 6 de maio de 2016, 00:47 comentar

      Oi Fabiana, boa noite!

      Sem dúvidas se tivesse alguém no momento em que tudo começou, as coisas seriam bem mais fáceis para nós. Sempre bom pesquisar muito, e trocar bastante ideia com quem já esta um passo a frente de nós. Empreender é um desafio muito bom, principalmente quando se faz o que te motiva diariamente a continuar. Fique a vontade para nos procurar para falar do que seja!

      Beijos
      Carol e Bruna

  11. gabriella siqueira barreto 5 de maio de 2016, 23:36 comentar

    Que trabalho digno de aplausos! Sou apaixonada pela teoria Montessoriana, quero conhecer mais esse ateliÊ!

    • Claudia Bins 6 de maio de 2016, 00:17 comentar

      É muito lindo mesmo Gabriella! Passa lá na página das meninas, no facebook, para conhecer mais!

      beijos

    • Ateliê Materno 6 de maio de 2016, 00:48 comentar

      Oi Gabriela, ficamos super felizes que tenha gostado do nosso trabalho, comentários como este que nos faz querer cada vez mais fazer o melhor que podemos. Temos nossa página no facebook e intagram, fique a vontade para nos procurar quando quiser!

      Beijos
      Carol e Bruna

  12. tatiana 6 de maio de 2016, 00:54 comentar

    Que legal mesmo. Meu filho estuda em escola Waldorf e percebo que menos é sempre mais. Muito legal!!!

  13. melissa 6 de maio de 2016, 12:28 comentar

    Muito legal ver mães/mulheres empreendendo e buscando novos caminhos!!
    Adoro histórias assim!Vou lá conhecer o trabalho delas!
    Bjs e obrigada pela dica!

  14. Lele 6 de maio de 2016, 12:30 comentar

    Nossa, que delicadeza e inspiração!
    Amei mesmo!
    Adoro ler sobre essas maes maravilhosas que empreendem por um mundo melhor
    beijos
    Lele

  15. Juliana Carreras 7 de maio de 2016, 01:06 comentar

    Sensacional! Muito legal a iniciativa delas! Adorei a entrevista!
    Bj
    Juliana Carreras
    http://www.mamaerobo.com

  16. Nicácio Belfort 8 de maio de 2016, 10:17 comentar

    Ótima entrevista, aproveito para lhe desejar um feliz dia das mães, parabéns !

    • Claudia Bins 8 de maio de 2016, 12:05 comentar

      Obrigada Nicácio! :-)

  17. @caroleassinhazinhas 9 de maio de 2016, 00:36 comentar

    Trabalho incrível!!!!!

  18. Laís Sass 10 de maio de 2016, 00:50 comentar

    Que máximo esse trabalho!!! Amo ajudar maes e ainda mais com ideias tao inteligentes!!! Amei saber sobre elas!

  19. Mariana 10 de maio de 2016, 22:41 comentar

    Que trabalho lindo parabéns meninas .
    Mari
    Vamosmamaes.blogspot. com.br

  20. Louise Furtado de Aguiar 10 de maio de 2016, 23:05 comentar

    Que lugar incrível Clau! Vontade de não sair daí! Que paz!

  21. Marta Gomis 12 de maio de 2016, 00:04 comentar

    que trabalho lindo, cheio de cuidado e carinho. Parabens para as empresárias que fazem disso uma alegria tb.

  22. […] Graciela Heemann Dietze Sócia e mamãe-coruja http://www.minidini.com.br   _________________________________   Leia aqui a entrevista Tapetes Happy Day   Aqui a entrevista Olívia Bolos Caseiros   Entrevista Viver e Melhor   Entrevista Loja Ninho   Entrevista Atelier Materno […]

  23. […] Aqui a entrevista Olívia Bolos Caseiros   Entrevista Viver e Melhor   Entrevista Loja Ninho   Entrevista Atelier Materno   Entrevista Doce Cupcake   Entrevista Alessandra […]

Deixe um comentário

Seu e-mail não será exibido.

error: Content is protected !!