Dicas para planejar uma roadtrip

Dicas para planejar uma roadtrip é o que trazemos hoje já que desde sempre nós gostamos daquela viagem de carro onde você vai parando e curtindo tudo sem os atropelos de horas marcadas em vôos e aquela rigidez de tours previamente combinados.

Uma roadtrip tem tudo para ser a sua cara, no ritmo que você e sua família desejam, com custos reduzidos e flexibilidade para alterar os planos como quiser.

Nós amamos roadtrips! Já no Brasil fizemos algumas maravilhosas, na serra catarinense, na serra gaúcha, no interior do RS, nos aventuramos a ir até o Uruguai também.

Nos Estados Unidos fizemos Roadtrips incríveis! Fomos de carro de Fort Lauderdale até Key West e também conhecemos a Costa Oeste da Flórida.

Museu Dalí em Saint Petersburg Florida
Arquitetura impressionante do Museu Dalí na Costa Oeste da Flórida

Viajamos de Carro pelo Uruguai e, é claro, desde chegamos à Portugal foram inúmeras viagens de carro, tanto pelo país quanto nos países vizinhos.  Em julho de 2017 ficamos 60 dias na estrada. Visitamos a Espanha 4 vezes em 2 anos, e nas últimas férias de Páscoa (sim, aqui temos 2 semanas de férias na Páscoa) nos aventuramos até Mônaco, de carro, passando por cidades na Espanha e na França, pelo caminho.

Clique aqui para ver nossos roteiros pela Espanha

e aqui para ver nossos roteiros em Portugal

Recentemente fizemos a maior Roadtrip da nossa vida (em termos de distância) e fomos até a Polônia (!!!), visitamos 14 países em 35 dias.

Com tanta bagagem, nos sentimos habilitados a partilhar com vocês nossas dicas para planejar uma roadtrip, com rapidez, eficiência e economia.

Vamos a isso?

Dicas para Planejar uma roadtrip
O Google Maps como ferramenta de Planejamento

Dicas para planejar uma roadtrip

1. Destinos

O primeiro passo para montar um bom roteiro é saber onde se quer ir!  🙂 kkkk eu sei, mas é assim mesmo. É preciso decidir algumas coisas básicas, para poder planejar um roteiro. É claro que você pode “go with the flow”, tipo, sair pelo mundo afora onde o vento levar, mas daí nem precisa deste post, pode passar para o próximo!

Mas agora falando sério, uma das perguntas que mais me fazem lá no Instagram @as_passeadeiras é como eu escolho o destino e roteiro.

Para ajudar, fiz um post com 4 dicas para você buscar inspiração de destinos e lugares para visitar e montar seu próprio roteiro:

Ensino o passo a passo neste post aqui.

2. Orçamento

É claro que além do destino é preciso saber mais ou menos o nosso budget, ou orçamento que dispomos para a viagem, junto com o número de dias e quantas pessoas.

No geral, depois de tantas viagens eu já tenho um valor médio de gastos diário, que vem se confirmando a cada viagem que fazemos.

Para fins de planejamento então, resumindo, você precisa determinar primeiro:

  • Quantas pessoas
  • Quantos dias
  • Qual o seu orçamento

Não tem muito mistério aqui. Você vai mexer nas variáveis de forma a ajustar seu plano: Mais $$, mais tempo ou melhores hotéis ou melhores restaurantes. Menos $$, menos tempo, hotéis mais simples, refeições mais simples também. Qual a sua prioridade? Essa é a pergunta a ser respondida.

Dicas para planejar uma roadtrip
Em Paris, buffet por 15,90€ o kg! Sim, é possível!

Para terem uma idéia, nós consideramos um valor médio/dia para nós 4, conforme abaixo, mas quero lembrar que fazemos o máximo de economia nos passeios e nas refeições. Sempre que possível compramos nossa comida no mercado, evitamos restaurantes e, quando vamos em restaurantes eu sempre divido meu prato com a Juju, que come quase nada. Não somos viajantes gourmet, então, se você prioriza bons restaurantes, aumente o valor médio conforme sua necessidade:

  • Hospedagem: 100€
  • Alimentação:50€
  • Diesel/portagem: 30€
  • Passeios: 20€

O próximo passo e decidir as cidades destino principais, baseado nos destinos que você selecionou previamente.

Dicas para planejar uma roadtrip
Formulas (Menu), wraps, sandwiches e saladas para economiar nas refeições

3. Roteiro

Desde que comecei a planejar nossas Roadtrips o Google Maps é meu melhor amigo. Além dele, recentemente comecei a utilizar também o ViaMichelin.pt.

Ambos calculam distâncias e dão opção de roteiros com ou sem pedágio, mas o ViaMichelin ajuda também no cálculo das despesas com pedágios e combustíveis.

A questão que devemos considerar aqui é a equação custo x tempo. Muitas vezes estradas sem pedágio acabam sendo muito mais longas, tanto em distância quanto em tempo de viagem, pois passam por estradas menores, atravessam cidades, o que torna a velocidade média bem mais reduzida, aumentando o tempo do percurso.

Esse é um ponto bem crítico na minha opinião, especialmente quando planejamos viajar longas distâncias em um único dia. 

Imprevistos acontecem, estradas em obras, acidentes pelo caminho, barreiras policiais… coisas que você nem imagina.

Então, a menos que você viaje despreocupado(a) do tempo ou com vontade de conhecer mesmo os caminhos interiores (o que também pode ser ótimo), pense bem antes de optar por caminhos não pedagiados.

Não existe uma fórmula aqui. É preciso tomar decisões e lembre-se que você pode fazer um mix, baseado nas pesquisas sobre o roteiro.  Às vezes pode usar auto-estradas e às vezes, não. O bom de fazer uma roadtrip é isso, você tem muita flexibilidade.

Dicas para planejar uma roadtrip
ViaMichelin.pt para calcular distâncias, combustivel e pedágio

4. Hospedagem

Não sei vocês, mas muitas vezes eu acabei escolhendo um destino por conta da hospedagem. Isso pode acontecer por muita vontade de conhecer um lugar, tal como as nossas recentes experiências em Glampings.

Outras vezes acontece de precisar chegarmos a um destino que está longe de onde estamos, então é preciso “quebrar” o trecho em dois (ou mais), de forma que não seja preciso dirigir muitas e muitas horas.

Sendo assim, não faz muita diferença onde parar, muitas vezes, o que nos dá muita liberdade de escolha. Neste caso eu busco por alojamentos BBB mesmo, o que ajuda a baixar a média de custo com hospedage no final.

Ao mesmo tempo eu tento encontrar alguma atração na cidade ou arredores, para tornar a parada mais interessante. Esta estratégia tem sido bastante utilizada por nós.

Mas voltando às hospedagens, eu sempre procuro fazer nossas reservas com bastante antecedência e sempre com cancelamento grátis, no Booking.com. que é parceiro aqui do Blog e onde eu sempre encontro ótimas ofertas.

Para quem prefere o Airbnb (lembrando que no Booking também tem apartamentos e casas, não só hotéis), há também a possibilidade de cancelamento, só que (!) não é exatamente grátis. Você sempre terá que pagar pela taxa do Airbnb, no mínimo. Lembre disso!

Dicas para planejar uma roadtrip
Airbnb

Há algum tempo atrás eu escrevi um post aqui no blog ensinando como eu faço para procurar alojamento no Airbnb, mas que bem serve para o Booking ou outro site de alojamento, também.

Basicamente o cuidado a ter é utilizar os filtros, com suas necessidades claramente explícitas. Coisas como ar condicionado, aquecimento, máquina de lavar roupa, garagem ou estacionamento, café da manhã, quartos familiares, etc… 

Com o tempo a gente “pega a manha” de olhar os detalhes que no início passam desapercebidos. Mas hoje em dia é bem difícil eu errar um alojamento. Leio sempre TODAS as avaliações, não somente aquelas que eles mostram no início. Lembre-se que existe o botão de tradução, para quando as avaliações são feita em outras línguas e eu uso os meus próprios filtros pessoais para distinguir se uma reclamação ou elogio são aplicáveis à nossa família.

Por exemplo, já vi pessoas reclamando de coisas como “não tem banheira”. Ora, para mim, não ter banheira é uma vantagem. Eu não gosto de banheira no hotel, então essa reclamação não é válida no nosso caso. Coisas deste tipo.

Uma outra dica é a localização do alojamento. Muitas vezes você paga um pouco mais caro mas fica em uma distância curta das atrações que quer visitar, compensando assim o valor, já que não vai precisar usar transporte público ou pagar estacionamento. Eu gosto de ver a localização no mapa que o site disponibiliza e muitas vezes uso a localização mesmo como critério de escolha, depois de ter marcados os filtros.

Dicas para planejar uma roadtrip
Escolha por preço e localização, vendo o mapa no Booking

O mesmo vale para café da manhã. Muitas vezes o preço que o hotel cobra pelo café da manhã não vale a pena. Se atravessar a rua e andar um pouco encontra cafeterias charmosas onde pode tomar seu café gastando muito menos ou até mesmo comprar na padaria ou mercado.

Leve essas coisas em consideração quando for procurar alojamento e utilize os links aqui do blog para ajudar As Passeadeiras a continuar trazendo dicas bacanas para vocês.

Dicas para planejar uma roadtrip
Booking.com

5. O que visitar

Bom, agora você já sabe onde quer ir, como chegar lá e onde se hospedar, o próximo passo então é saber o que visitar no destino escolhido.

Muitas das dicas de o que visitar já estão guardadas nas pastas e coleções do Instagram e do Pinterest, certo? O próximo passo então é abrir o Google Maps e colocar lá, uma a uma, as atrações desejadas.

Eu normalmente coloco umas 10 atrações e vou mexendo na ordem delas, no trajeto do Google Maps para que fiquem ordenadas com um sentido válido (começando da mais próxima do hotel ou do ponto inicial do passeio).

Dicas para planejar uma roadtrip
Tour do dia no Google Maps

Isso ajuda muito a manter uma coerência no dia dos passeios, evitando cansaço desnecessário. Eu coloco os pontos no App Google Maps no celular e faço um print antes de iniciar o roteiro. Assim, caso perca a tela ou o celular desligue, é fácil lembrar dos pontos novamente. Só para lembrar que o Google Maps aceita, no máximo, 10 pontos de cada vez.

Dá trabalho? Dá sim, mas no dia do passeio eu tenho meu próprio guia, que uso como base. Pode mudar? Claro que sim! Esse “guia” é só uma base, para eu saber o que quero visitar na cidade, mas nada impede de eu mudar , acrescentar ou retirar algo conforme as situações se apresentam.

Planejamento é ouro, Flexibilidade é prata!

Mas e se eu não tenho idéia do que quero ver na cidade, como eu faço, Cláudia?

Calma, tudo tem jeito!

A maneira mais rápida e fácil de saber o básico a visitar em uma cidade é dar um Google: <Nome da Cidade> o que visitar.

O querido do Google vai trazer as principais atrações para você. É só escolher e colocar no Google Maps para montar a ordem das visitas. Barbada, né?

O que visitar em uma cidade

Agora, se tá sobrando tempo ou você não curtiu as sugestões, continua a olhar na mesma página de resultados do Google que vão aparecer posts de blogs, sugestões doTripAdvisor, entre outras dicas, sem esquecer de procurar aqui no nosso blog primeiro! 🙂

Finalmente, se você fala inglês ou não se importar de usar o tradutor, uma última dica. Eu amo visitar aquelas atrações que não constam nos guias, que são menos visitadas ou só conhecidas pelos iniciados ou moradores. O nome dessas pérolas é “off the beaten track (ou path)” em inglês, ou seja, fora do caminho já batido.

Então, no exemplo de Madri aí em cima, é só voltar no tio Google e digitar:

Madri Off the beaten Track (ou path)

Abra as sugestões e é só escolher o que mais lhe agradar. 😉

Não se intimide com o inglês e use o botão de traduzir a página como se não houvesse amanhã. Lembre que você quer o nome e endereço das atrações. Com isso você pode procurá-las em português mesmo, se precisar.

Procurando atrações menos conhecidas

6. Organização e itens de primeira necessidade

Eu sou mega organizada e isso me ajuda muito nas viagens, então vou deixar aqui algumas dicas porque podem te ajudar também.

Ao menos aqui em casa eu percebi muito cedo que a desorganização causa imenso stress. Não saber onde encontrar as informações, ou as coisas, normalmente na hora que mais precisamos, gera uma verdadeira agonia familiar.

Resolvi isso sendo organizada e deixando tudo bem fácil de encontrar. Como? Aqui vão algumas dicas:


6.1 – Santo email

Eu escrevo um email gigante, com todo o nosso roteiro. Neste email, eu coloco dia a dia nosso destino, a distância até lá, qual o valor dos pedágios, estimativa de gasto com o Diesel (pego isso no ViaMichelin), coloco também o nome, endereço e coordenadas GPS do nosso alojamento, junto com o número de telefone e email, além do link para a nossa reserva no booking. Coloco o pin (número de confirmação da reserva) também.

Depois, ainda coloco os principais pontos a serem visitados, com as informações que consegui pesquisar antes da viagem.

Vocês bem podem imaginar que esse email fica enorme e só fica pronto no final da fase de planejamento.

Pois bem, Uns 2 ou 3 dias antes da viagem eu reviso todo o email e mando para mim mesma, com cópia para o marido.


6.2 – Documentos

Outro item fundamental. Uns dias antes da viagem eu confiro todos os documentos e guardo em uma pastinha de viagem que temos. Passaportes, cartões de saúde, Seguro saúde, seguro viagem (se for o caso), carta de condução, carteira de vacinação, Autorização de Residência, Vouchers, qualquer documento que seja necessário. Eu reviso tudo e coloco na pastinha.

Além de revisar, eu fotografo e guardo as fotos em uma pasta no meu Google Drive, além de mandar as fotos também para o meu email. (sim, eu sei, sou obsessiva compulsiva).

6.3 – Equipamentos

Como sou a loka das fotos, limpo o cartão de memória do meu celular, além dos cartões de memória das câmeras fotográficas. Separo todos os carregadores, adaptadores, apetrechos, gadgets, enfim, separo e organizo tudo em uma bolsinha que temos só para isso.

dicas para planejar uma roadtrip
Equipamentos e gadgets de viagem

6.4 – Comidinhas

Roadtrip sem comidinhas não é roadtrip, não é mesmo? Aqui em casa nossa bolsa térmica é companheira fiel nas roadtrips e antes de iniciar a viagem eu já começo a enchê-la com guloseimas, biscoitos, frutos secos, castanhas, amendoins, chocolates, enfim, coisas que não estragam e que são nossa salvação quando o ranço ou a fome batem. 

Como durante as viagens, nos apartamentos, nós eventualmente cozinhamos, sempre tenho um zip lock com temperos, sal, açucar, café, chás, abridor de vinho (!) e de latas, além de tesoura, elásticos, prendedores para fechar os saquinhos abertos e 2 panos de louça. Na última viagem eu também levei um frasco de azeite em spray, que foi muito útil por sinal.

Finalmente, ainda dentro deste item, nossas garrafinhas de água devidamente abastecidadas, andam sempre com a gente. Procuramos não comprar garrafinhas descartáveis e assim colaboramos um pouquinho com o meio ambiente.

Bolsa para picnic vale ouro durante a roadtrip

6.5 – Farmacinha

De tanto viajar eu tenho uma necessaire só com medicamentos e itens de primeiros socorros que levamos sempre nas viagens. São coisas como anti-térmicos, paracetamol, pomada para luxações (gelol ou semelhante), repelentes, bandaids (pensos), remédio para dor de barriga ou indigestão, anti-alérgico, bucagel (as meninas usam aparelhos ortodônticos), remédio para labirintite (para mim), antisséptico, pastilhas para garganta, vicky emplastro, pomada anti-alérgica e protetor solar.

Vou contar que além da farmacinha, que fica em uma necessaire, eu levo comigo, na bolsa, uma outra mini necessaire com bandaids, paracetamol, pomada para bolhas, lip balm, alcool gel e creme de mãos. Além disso, tenho comigo sempre um pacotinho de lencinhos umedecidos e outro dentro da bolsa térmica de comidinhas.

Na última viagem eu levei um pacotinho de lenços umedecidos para limpar vidros, que foi muito útil para manter o para-brisa limpo e eu poder fotografar melhor! 🙂

Quer mais dicas de planejamento de viagens, viagens com crianças, malas, etc? clica aqui.

Clique aqui para ver outros posts sobre Planejamento de Viagens aqui no blog.

Veja abaixo os links para outros roteiros e viagens que fizemos por aí e não deixe de seguir o Instagram @as_passeadeiras. Nós mostramos nosso dia a dia em Portugal nos stories e mais outras tantas dicas de viagens por aí. Assine nossa Newsletter para receber as novidades e deixe a sua dica nos comentários!

____________________________________________

parceiros

Planeje sua viagem

Procurando hotéis ou apartamentos em Portugal? Faça suas reservas clicando no link abaixo, escolha opções com cancelamento grátis e leia os reviews e comentários sobre cada oferta. Assim você garante o melhor preço e a melhor opção de hospedagem para sua viagem através do nosso parceiro Booking. Se quiser procurar em outra cidade é só clicar e alterar o nome da cidade aqui:

Booking.com 

Ainda não é cadastrado no Booking? Clique aqui e receba R$50,00 (ou 12,5 euros) de crédito na primeira viagem.

Prefere aluguel de temporada? O Booking permite aluguel de apartamentos ou casas por até 30 dias. Mas se você precisa por mais tempo, veja aqui nossas dicas para alugar apartamento no Airbnb.

Se vai viajar não esqueça de fazer seu seguro viagem. Faça sua cotação aqui e escolha o tipo de cobertura que mais lhe convém na World Nomads, parceiro aqui do blog.

Aluguel de carro: Alugue um carro na RentCars, nosso parceiro. Compare os preços e tenha mais liberdade nos seus passeios

Ingressos: Compre seus ingressos clicando aqui e evite filas nas atrações mais bacanas da cidade.

Se você precisa transferir dinheiro do Brasil para Portugal ou qualquer outro país e não tem certeza de qual serviço utilizar, nós recomendamos o TransferWise. Isto não é uma propaganda ou um post patrocinado, é o serviço que usamos mensalmente para fazer transferências do Brasil para Portugal, já que nossos rendimentos vem do Brasil.

TransferWise cobra o IOF e uma taxa de serviço, que tem sido menor que qualquer outro banco que temos consultado. Também garante a taxa do câmbio por 72 horas. Para transferir, você precisa criar uma conta no TransferWise, confirmar seus dados (da primeira vez, não precisa, somente depois da segunda – eles podem pedir a cópia de um documento de identificação e comprovante de endereço).

Para quem quer transferir mais que um determinado montante por ano também  precisa confirmar comprovante de rendimentos (extratos bancários ou Declaração de IR). Até a data deste post era algo em torno de 25 mil reais/ano. Também vai precisar ter os dados de sua conta no exterior (IBAN e Bank Code). O processo é rápido e fácil. As primeiras remessas demoram até uma semana e as seguintes são mais rápidas.

 

Posts sobre a Bélgica

Um dia em Bruges

Roteiro 5 dias na Bélgica

Atomium – O prédio/escultura mais famoso da Bélgica

Comics Art Museum

Leia aqui nossos posts sobre a Espanha:

Roteiro de 2 dias em Salamanca

Aparthotel Zenit Hall 88 Salamanca

Roadtrip abril 2019 – Parte 1 (Espanha)

Roadtrip abril 2019 – Parte 2 (França)

Roteiro de carro pela Andaluzia

Três dias em Sevilha

Roteiro para visitar Ronda, o Pueblo Blanco imperdível da Andaluzia

Zahara de la Sierra – um dos pueblos blancos de Andaluzia

Setenil de las bodegas

Acinipo, a Ronda Romana

Grazalema, uma graça de Pueblo Blanco

Arriate, o menor Pueblo Blanco que visitamos

Roteiro de carro visitando Cáceres, Madrid, Segóvia, Ávila e Toledo

Hotel em Sevilha – Petit Palace Marques Santa Ana

Veja aqui posts sobre a França

Alemanha

 

Veja aqui outras sugestões de Roteiros em Portugal, testados e aprovados pelas Passeadeiras:

Natura Glamping  – Acampamento de luxo em Portugal

Roteiro visitando o Porto e o Vale do Douro

Aldeias históricas da Beira – 7 Aldeias para visitar em 2 ou 3 dias

Alentejo: Monsaraz e Herdade do Esporão, para vinhos e azeites

Roteiro Centro: Mosteiros de Alcobaça, Batalha, Nazaré e Fátima

Roteiro Vila Nova de Gaia, Amarante, Santa Maria da Feira, Bussaco, e Coimbra

Norte: Roteiro visitando Porto, Barcelos, Ponte de Lima, Braga, Guimaraes e Viana do Castelo

Roteiro de Évora ao Porto, visitando Arraiolos e Tomar

Roteiro do Algarve à Évora, visitando Silves e Beja

Roteiro Lisboa ao Algarve conhecendo Castelos

Clique aqui para ver os roteiros, restaurantes e passeios em Lisboa

Veja aqui sugestões de passeios bate-e-volta desde Lisboa

Portugal Experiences – Experiências inesquecíveis em Portugal

Portugal por estação:

Lugares para visitar no outono

Lugares para visitar na primavera

Lugares para visitar no verão

Clássicos de Portugal:

Óbidos em um dia

Mercado Medieval de Óbidos

Um dia em Cascais

Compartilhe este Post!

Sobre o Autor : Claudia Bins

1 Comentário

  1. Deize 27 de agosto de 2019, 10:17 comentar

    Adorei ! eu estava ansiosa por esse post 🙂 🙂 🙂

Deixe um comentário

Seu e-mail não será exibido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!