Diário de Portugal: Passeando em Óbidos

visitando Obidos

Desde que viemos morar em Portugal (há pouco mais de duas semanas) que eu queria ir a Óbidos, a pequena cidade ao norte de Lisboa, para mostrar à família. Óbidos é o típico passeio bate-volta que gostamos de fazer. Tem um castelo lindo, que virou Pousada de Portugal, é uma cidade murada no melhor estilo medieval, é cheia de cafés e livrarias gostosas para aquela pausa e é rica em histórias, todos os ingredientes que curtimos durante um passeio. Pois para completar, chegamos a tempo de pegar o último final de semana do XV Festival Internacional do Chocolate de Óbidos. Pronto, tínhamos a receita completa para uma sexta-feira deliciosa visitando Óbidos.

Visitando Obidos

XV Festival do Chocolate em Óbidos

Neste ano de 2017 o Festival aconteceu de 10 de março a 02 de abril, de sexta a domingo e tinha como tema, a Música. No prestigiado evento, o mais antigo festival de Chocolate realizado em Portugal, é possível degustar a iguaria que é apresentada nas mais diversas formas, mas não é só isso. São workshops, shows, exposições e performances que acontecem no pátio do evento, para alegria dos visitantes de todas as idades.

visitando obidos

Preços dos ingressos para o Festival do Chocolate 2017

Para entrar na Cidade de Óbidos, não se paga nada, mas para participar do Festival é preciso pagar ingressos de 6 euros (adultos) e 3 euros (crianças entre 6 e 11 anos). As bilheterias ficam ao lado da central de turismo, na entrada da cidade e ao ao lado da Livraria de Santiago

visitando Óbidos

Praia da Ericeira


Como ir até Óbidos

Para ir de Lisboa a Óbidos, de carro, a maneira mais rápida é  pela auto-estrada A8 no sentido Leiria. Percorra cerca de 100 km e pegue a saída 15. O pedágio custa € 4,60 (abril de 2017). Mas para quem quer passear e conhecer o litoral, sem pressa e sem pedágio, faça como nós e vá pelo litoral, passando por Ericeira. Já aviso que levará o dobro do tempo, mas terá a oportunidade de encher os olhos com essa lindeza do litoral português.

 

visitando obidos

Praia da Ericeira

 
Nós saímos tarde de Cascais, então pouco antes de chegarmos a Óbidos, a fome bateu. Resolvemos almoçar pelo caminho mesmo e evitar stress com as crianças. Deixamos a sobremesa e o café para a linda cidade medieval, que vimos já ao longe, sob o alto de uma colina.
 
visitando obidos

Centenas de lojinhas em Óbidos


Um pouco de história

 
Oppidum (nome romano de Óbidos) serviu de morada a vários povos como os romanos, mouros e visigodos. Durante a reconquista cristã, D. Afonso Henriques, o primeiro Rei de Portugal, invadiu a cidade em Janeiro de 1148, após 8 meses de cerco e a tomou dos mouros. Mais tarde, a região de Óbidos foi doada aos templários que montaram na região de Leiria um pentágono defensivo composto por 3 fortificações e 2 mosteiros: Óbidos, o Mosteiro da Batalha,  o Mosteiro de Alcobaça, o castelo de Almourol e a cidade de Tomar.  
 
visitando obidos

A cidadela de Óbidos

 
Em 1282 D. Dinís deu o castelo de Óbidos de presente de casamento à sua esposa, a Rainha Santa Isabel, iniciando então a tradição de Óbidos fazer parte do dote das rainhas, até o ano de 1834 e fazendo com que a cidade fosse conhecida como “A Cidade das Rainhas“. 
 
Visitando Óbidos

Detalhes da cidade de Óbidos

 
Como curiosidade, durante muito tempo Óbidos foi conhecida como a vila dos “toupeiros”, por conta da rede de túneis construídos sob as muralhas, que permitiam aos habitantes se movimentarem e transportarem mantimentos e armas durante os períodos de conflito.
 
visitando óbidos

Panorama de Óbidos

O que visitar em Óbidos

 
Antes mesmo de entrarmos na cidadela, podemos avistar o grande Aqueduto, que foi construído em 1570 sob as ordens da Rainha D. Catarina de Áustria (mulher de D. João III). Com 6 km de comprimento (3 dos quais são subterrâneos), o aqueduto ligava a nascente da Usseira aos chafarizes da cidade, garantindo assim o abastecimento de água potável à cidade.
 
visitando obidos

Aqueduto de Óbidos

 
Chegando a cidade, entramos pela Porta da Vila, após uma rápida parada no Posto de Turismo local. A Porta da Vila recebe os visitantes toda exibida, com um painel de azulejos azuis e brancos que tem como tema a paixão de Cristo. Havia ali, à direita do painel, um músico que tocava fado e à esquerda um marco com informações sobre a vila. Passando a porta chegamos em uma esquina de onde podemos ver duas ruas principais, uma à esquerda e outra à direita. Ali também fica uma das escadas que dá acesso às muralhas que abraçam a vila em toda sua extensão. Resista a tentação de subir, ao menos neste momento inicial. Você terá outras oportunidades mais a frente e a pequena cidade merece um passeio com calma, antes de ser explorada em toda sua beleza, a partir das muralhas.
visitando obidos

Entrando em Óbidos

visitando obidos

A Porta da Vila

 
Escolha uma das ruas e siga em frente. Você vai passar por uma infinidade de lojinhas, cafés e restaurantes. Repare nos detalhes das construções, nas cerâmicas e quadros, nas flores, enfeites e bancos grudados nas paredes.
 
visitando Óbidos

Encantos de Óbidos

A cidade se orgulha de sua Ginja, o famoso licor de Portugal, feito de uma fruta semelhante à cereja e servido em um copinho de chocolate… delicioso! E olhem, tem até para crianças. Não deixe de provar!

Ginja d'Óbidos

Ginja d’Óbidos

 

Lá no outro extremo da Vila ficam duas atrações imperdíveis: O Castelo de Óbidos, do século XIII, que é uma das Sete Maravilhas de Portugal. Hoje funciona como uma Pousada de Portugal, do grupo Pestana de Hotéis e, ao lado, a Livraria de Santiago. A livraria fica onde antes era a Igreja de São Tiago, construída em 1186 a mando de Sancho I e é linda por dentro, valendo a visita. O Castelo, infelizmente não é aberto à visitação. Mas você pode pernoitar lá, fazendo sua reserva aqui:
 
 
 
Pode também almoçar ou jantar no restaurante da Pousada, o que é, sem dúvida, uma experiência incrível!
 
Visitando Obidos

O Castelo de Óbidos

visitando obidos

Livraria de Santiago

 

Mais ou menos na metade do caminho, entre a Porta da Vila e o Castelo, chegaremos a Igreja Matriz de Óbidos, a Igreja de Santa Maria. Ali em 1444 casaram-se Afonso V e sua prima Isabel, ainda crianças, com 10 e 8 anos de idade! Ao lado da Igreja fica o Museu Municipal e, em frente, o Pelourinho e o Chafariz de D. Catarina. O Museu abriga obras da pintora, Josefa de Óbidos, que também tem uma obra no interior da Igreja.
 
visitando obidos

Igreja Matriz e o Pelourinho

 
A cidade ainda guarda como atração um Padrão Camoneano (um marco construído nas cidades citadas por Camões em sua obra Os Lusíadas). No caso, a cidade foi citada no Canto III (Estância 61/Estrofe 143):
 
Que cidade tão forte por ventura
Haverá que resista, se Lisboa
Não pôde resistir à força dura
Da gente, cuja fama tanto voa?
Já lhe obedece toda a Estremadura,
Óbidos, Alenquer, por onde soa
O tom das frescas águas, entre as pedras,
Que murmurando lava, e Torres Vedras.”
 
Fonte: www.oslusiadas.org
 
visitando Óbidos

Padrão Camoneano

 
À esquerda da Livraria de Santiago, um pequeno beco leva a Casa Mourisca, onde, em frente, havia uma enorme Wisteria, tão linda e tão perfumada que ficamos ali por um bom tempo, inebriados com sua beleza. Um pouco a frente um portão levava a um jardim, já fora das muralhas, com árvores floridas e uma vista incrível.
 
visitando obidos

Casa Mourisca e a Wisteria em flor – Primavera em Óbidos

visitando obidos

Jardim atrás das muralhas

 
Voltamos até a Livraria de Santiago, onde entramos para conhecer e, depois, seguimos até o portão que servia de entrada ao Festival do Chocolate, depois de comprarmos os ingressos.
 
 
visitando obidos

As meninas se divertiram com as perucas dos famosos

 
Percorremos todo o pátio do Festival, curtindo as amostras, os shows com artistas e apresentadores com pássaros, visitamos as esculturas de chocolate e um Cook Show ao vivo. Assistimos através de vitrines os artistas fazendo esculturas de chocolate e as meninas se divertiram muito com as atrações e brincadeiras, todas no tema do Festival: A Música.
 
visitando óbidos

Festival do Chocolate em Óbidos

 
A programação do Festival era bem variada, mas muitas das atrações eram pagas à parte. O ingresso cobre a entrada mas não atrações como os workshops, cooking classes e outras. No folder que ganhamos ao comprar as entradas tinha toda a programação, horários e valores.
 
Impossível nós, gaúchos, não compararmos com o antigo ChocoFest de Gramado, que era um evento enorme, com atrações super variadas, coloridas, desfiles e tudo o mais. Comparando assim, o Festival de Chocolate de Óbidos é bem mais modesto. Acontece que o ChocoFest tal como conhecemos não existe mais, desde 2015. Aos poucos as empresas de Gramado começam a se organizar para voltar a fazer um festival naquelas proporções, para a Páscoa. Este ano (2017) não estaremos lá para ver, mas quem quiser ver a programação de Páscoa na Serra Gaúcha, clique aqui e procure por Passeios na Serra.
 
 
 
visitando Óbidos

Festival do Chocolate em Óbidos

 
Depois de andarmos por tudo e de nos deliciarmos com chocolates das mais diversas formas saímos novamente pelo mesmo portão e seguimos para a esquerda, em direção à Pousada do Castelo. Ali em frente, um pequeno pátio levava a outra escadaria, por onde subimos para percorrer as famosas muralhas.
 
visitando obidos

Andando sobre as muralhas de Óbidos

 
Aqui há de se ter cuidado! Não há proteção e as pedras no chão são irregulares e muito lisas. É preciso calçados adequados e muita atenção para não cair. As muralhas são muito altas. Mas com cuidado e devagar você terá uma bela recompensa pelo esforço. A vista é de tirar o fôlego!
 
obidos (23)

Vista do entorno de Óbidos

 
A vista da cidade, assim do alto é indescritível. Você verá o Castelo, imponente, de vários ângulos diferentes, com os telhados das casinhas brancas com fachada azul ou amarela, sempre floridas. Uma visão encantadora! Verá também a paisagem ao redor da cidadela, com o horizonte ao fundo. 
 
obidos (24)
 
Nós percorremos metade do caminho, somente. Deixamos a outra metade para uma próxima ocasião. Já caía a tarde e estávamos cansados. Descemos as escadas perto da Porta da Vila e fomos em busca de um Café, ali pertinho, para repor as energias e descansar um pouco antes de seguirmos viagem.
 
óbidos (4)

Pausa para o Café

 

Passeamos um pouco mais, tirando fotografias e curtindo o emaranhado de lojinhas espalhadas pela cidade e suas ruas tortuosas. Naquela altura, uma verdadeira multidão de turistas começava a chegar, tornando até difícil caminhar pelas ruas. Aliás, foi a segunda vez que visitei a cidade e, nas duas, posso afirmar que até as 15:00 a cidade é razoavelmente tranquila. Depois disso fica bem complicado, e olha que era uma sexta-feira! Se for possível, evite o final de semana, pois fica muito lotada.
 
Se possível, evite também conjugar o passeio com outras visitas. Óbidos merece uma visita exclusiva e com tranquilidade, sem correrias.  
 
_____________________________________________
 
 
Procurando hotel para pernoitar em Óbidos? Veja todas as ofertas do Booking.com aqui. Fazendo sua reserva pelo nosso site você não paga nada a mais por isso e nós ganhamos uma pequena comissão, que ajuda o blog a continuar trazendo informações valiosas para sua viagem.
 

Booking.com

 
_____________________________________________ 
 
 
Óbidos investe em Festivais Culturais ao longo do ano. Veja aqui a programação para 2017, de acordo com o site www.obidos.pt:
 

Festival do Chocolate – 10 de março a 02 de abril

Semana Santa de Óbidos – 09 a 16 de abril

Mercado Medieval de Óbidos – 13 de Julho a 6 de Agosto, de quinta a domingo

FOLIO – Festival Literário Internacional de Óbidos – 19 a 29 de outubro

Vila Natal – Nov 2017 (Aguardando a data oficial ser divulgada)

 

_____________________________________ 

 

 Procurando hotéis ou apartamentos em Portugal? Faça suas reservas clicando no link abaixo, escolha opções com cancelamento grátis e leia os reviews e comentários sobre cada oferta. Assim você garante o melhor preço e a melhor opção de hospedagem para sua viagem através do nosso parceiro Booking.

Booking.com

 

 

Ainda não é cadastrado no Booking? Clique aqui e receba R$50,00 de crédito na primeira viagem.

 

_____________________________________ 

 

Procurando sugestões de passeios por Portugal?

 

Um dia em Cascais

Butchers – Carne de primeira em Lisboa

Estufa fria de Lisboa

L’Éclair Patisserie – Um pouco de Paris em Lisboa

Pastelaria Versailles, um dos cafés mais bonitos de Lisboa

Roteiros, hotéis e passeios no Algarve 

Roteiros, hotéis e passeios no Alentejo

Veja o relato completo do roteiro de Évora ao Porto aqui.

15 razões para visitar Aveiro, a Veneza de Portugal

Colhendo cerejas em Portugal

Procurando onde se hospedar com crianças em Lisboa? Veja aqui nossa dica!

Zoológico de Lisboa – Passeio imperdível com crianças!

Sesimbra – Um bate-volta de Lisboa no melhor estilo BBB – e lindo demais!

Museu do Oriente – Um dos melhores museus de Lisboa

Roteiro pelo Bairro Príncipe Real em Lisboa

Fábrica da Nata – Um dos Cafés mais lindos de Lisboa

Dica de passeio bate-volta desde Lisboa: Visitando Óbidos, a cidade das rainhas

Vá de Lisboa ao Algarve visitando castelos – Um roteiro inesquecível!

Hospede-se em um palácio no Algarve, sem ficar pobre!

Algarve com crianças: Passeando em Faro

Algarve com crianças: um dia em Tavira, a cidade das lendas e do rio de dois nomes

Hotel Vila Galé Évora – Simplesmente inesquecível

Férias em Portugal: 45 dias, 4 alegrias e 1 tristeza

Algarve com crianças: Júpiter Algarve Hotel, a pérola de Portimão

Viajando com crianças? Veja aqui nossas dicas para arrumar as malas

15 dicas para viajar de avião com crianças

 

Pensando em morar em Portugal? Veja aqui nossas dicas quentinhas

 

Checklist depois da mudança

4 Dicas práticas para quem pensa em vir morar em Portugal

Leia aqui o checklist que fizemos antes de nossa mudança

Checklist depois da mudança – o que você vai ter que fazer assim que chegar lá

Adaptação da família em Portugal

Dicas para alugar apartamento em Cascais

Como abrir conta bancária em Portugal – Nossa experiência com o Activo Bank

Como transferir dinheiro do Brasil para Portugal – Nossa experiência com o TransferWise

SEF – Autorização de Residência e a novela do visto

 Leia aqui como obtivemos o visto D7 para residir em Portugal

Como obter o visto de imigrante empreendedor

Vai dirigir em Portugal? Saiba como trocar sua CNH pela Carta de Condução Portuguesa

Dicas para mobiliar sua casa em Portugal

Supermercados em Portugal

PB4 – O que é e como pedir o seu

Como é o atendimento médico de urgência em Portugal (ou como foi nossa experiência)

Apartamento para alugar na ribeira do Douro no Porto

Como alugar um apartamento pelo Airbnb – Dicas testadas e aprovadas por nós

Como é o atendimento médico de urgência em Portugal (ou como foi nossa experiência)

10 coisas estranhas em Portugal!

Compartilhe este Post!

Sobre o Autor : Claudia Bins

18 comentários

  1. Talita Rodrigues Nunes 17 de abril de 2017, 19:10 comentar

    Achei tudo lindo! Mas fiquei especialmente encantada com o festival!

  2. Beatriz Borges 18 de abril de 2017, 02:13 comentar

    Guia completo para planejar as próximas férias. Que maravilha “viajar” pelo seu olhar deste lugar maravilhoso

  3. Tatiane Lopes 18 de abril de 2017, 11:44 comentar

    Quanta cultura e beleza juntas! Seus passeios estão maravilhosos! Que lugar lindo de se viver hein!

  4. Tatiana 18 de abril de 2017, 12:02 comentar

    Óbidos é a minha paixão. Eu fui 3 vezes para Portugal, com 4 anos,8 anos e voltei depois de 30 anos.
    Tudo que havia me marcado quando criança, era a cidade dentro do castelo, que era Óbidos.
    No meu retorno em 2015, foi a única cidade que fiz questão de revisitar, e foi impressionante.
    Assim que atravessei as muralhas, aquela menina de 8 anos surgiu, e me fez andar pelas ruelas, e revivendo momentos da minha infancia.
    Óbidos mora no meu coração.

    • Claudia Bins 19 de abril de 2017, 08:39 comentar

      TAti, é por essas e outras que eu amo viajar com as crianças. Pensar que todas essas memórias farão parte de suas vidas, para sempre! Adorei saber e eu também amo Óbidos!

      Beijo,

      Clau

  5. Josi 18 de abril de 2017, 14:40 comentar

    Tudo tão lindo! Sou apaixonada por Portugal. Quem sabe um dia vou conhecer esse país encantador.

    Beijos

  6. Ariane Baldassin 18 de abril de 2017, 18:09 comentar

    Que lugar maravilhoso. Terrinha do marido. Um dia ainda vou conhecer.

  7. Michele Gobbato 18 de abril de 2017, 19:00 comentar

    Clau que passeio maravilhoso, fiquei encantada e acompanhando vocês minha vontade de conhecer Portugal está ficando cada vez maior.

    Bjs Mi Gobbato

  8. […] Passeando em Óbidos durante o Festival do Chocolate […]

  9. Chris Ferreira 20 de abril de 2017, 02:33 comentar

    Óbidos é lindo. Eu amei quando eu fui e olha que não tinha festival de chocolate. Com festival de chocolate fica melhor ainda.
    Amei as fotos e as dicas.
    beijos
    Chris

  10. Claudia Leonardi 25 de abril de 2017, 11:32 comentar

    Ah, que coisa mais linda!
    A Tati ja tinha comentado comigo sobre esta maravilha!
    Menina, eu viajo com você. AMO estes posts. Parabéns.
    As fotos são lindas
    Sabe, acabei de ler um livro, ambientado em Portugal e o protagonista fala muito da Ginjinha. Eu fiquei com água na boca :)
    Bjks mil, querida

    • Claudia Bins 25 de abril de 2017, 17:42 comentar

      Que delícia Claudia, me fala qual é o livro que fiquei curiosa! Adoro ler!

      Clau

  11. […] Dica de passeio bate-volta desde Lisboa: Visitando Óbidos, a cidade das rainhas […]

  12. Helen Waldemarin 6 de maio de 2017, 16:49 comentar

    Amei o post com todos os detalhes! Certamente vou seguir todas as dicas! Foi fácil estacionar? Também estaremos de carro… Obrigada!

    • Claudia Bins 8 de maio de 2017, 09:09 comentar

      Foi bem fácil sim, Helen! Tem um enorme estacionamento bem na entrada da rua que dá acesso à cidade murada e um pouco mais adiante (na mesma rua) dá para estaciona de graça, quase em frente a um pequeno hotel que tem ali. 😉

      Clau

  13. […] Dica de passeio bate-volta desde Lisboa: Visitando Óbidos, a cidade das rainhas […]

  14. […] Dica de passeio bate-volta desde Lisboa: Visitando Óbidos, a cidade das rainhas […]

  15. […] Dica de passeio bate-volta desde Lisboa: Visitando Óbidos, a cidade das rainhas […]

Deixe um comentário

Seu e-mail não será exibido.

error: Content is protected !!