Roteiro de Férias de Páscoa na Espanha

Roteiro de Férias de Páscoa na Espanha

As férias de Páscoa de 2018, aqui em Portugal iniciaram em 26 de março. Nós aproveitamos o período de 2 semanas em que as meninas não teriam aulas para visitar algumas cidades de três regiões da Espanha: Estremadura, Castilla-La Mancha e Castilla y León.

No post de hoje eu conto qual foi nosso roteiro e dou dicas de como faço o planejamento de nossa roadtrip em família.

 

Roteiro de Férias de Páscoa na Espanha

Começamos nossa viagem saindo de Cascais em direção à Évora Monte, no Alentejo. O objetivo era conhecer o Castelo da pequena cidade branca que lembra muito os Pueblos Blancos espanhóis.

Sempre que saímos em uma roadtrip fazemos paradas estratégicas, para descansar e esticar as pernas, ao mesmo tempo em que aproveitamos para conhecer alguma cidade ou atração. Normalmente procuramos parar a cada duas horas e a escolha do local depende da pesquisa que fiz anteriormente.

 

roteiro de férias de páscoa na espanha

A paisagem do Alentejo, na primavera

 

Como planejamos a roadtrip de páscoa 2018

 

O que eu faço sempre é abrir o Google Maps. Coloco nosso ponto atual e o ponto final da viagem. No nosso caso, Madri era o nosso principal destino final.

 

roteiro ferias pascoa

Trajeto da nossa Roadtrip de Páscoa, 2018

 

A partir do trajeto sugerido pelo Google Maps, eu começo a dividi-lo, baseado em três critérios: 

– Locais de interesse ao longo do trajeto.

– Trajetos de não mais que 3:30 horas de distância (com uma flexibilidade de até 4:00).

– Preço e conveniência dos hotéis (critérios de busca: localização, café da manhã, estacionamento, ar condicionado, wifi gratuito e quartos familiares, além disso, notas acima de 8 na avaliação). Aqui na Europa a questão do estacionamento é relativa. Eles dizem que tem, mas pode ser público ou não, pode ser pago ou gratuito. Se você busca um estacionamento próprio do hotel, verifique bem todas as informações. Eu considero uma boa oferta, hotéis até 110 euros a diária para nós 4. Em épocas de altíssima temporada (como a páscoa, por exemplo), até 130 euros é o nosso limite. Quando acontece de só ter opções mais caras em algum destino, eu tento compensar em outro destino com hotéis mais em conta, para manter a média de 100 euros. Outa coisa que faço é, se ficamos em um hotel bem simplesinho, procuro que o próximo seja melhor, para compensar. Mas sempre dentro do orçamento.

Finalmente, bato o martelo depois de consultar no Instagram a Hashtag com o nome dos lugares que identifiquei acima: no caso #evoramonte #elvas #caceres #toledo,… e assim por diante. Isso me ajuda a confirmar que quero mesmo visitar a cidade e a identificar quais as atrações que quero ver. Todas as fotos que gosto, lá no Instagram, eu guardo em coleções com o nome da cidade. Depois é só visitar!

Pesquisei então no Booking, hotéis já na Espanha, nas cidades de Cáceres, Mérida e Badajoz, para a primeira fase da viagem.  Calhou de Cáceres ser a melhor alternativa, onde havia uma Pousada Rural em um castelo do séc. XVI com um preço muito bom e com o apelo de ficarmos hospedados em um castelo, uma novidade para todos nós.

Definido o primeiro pernoite, passei para a fase de decidir onde parar, ao longo do caminho.

O próprio Google Maps ajuda, mostrando no mapa as cidades-chave da região. No caso, Évora, Estremoz e Elvas, em Portugal, Badajoz e Mérida, na Espanha:

 

roteiro de férias de páscoa

Trajeto até Cáceres, na Espanha

 

Évora estava fora de cogitação por dois motivos: já visitamos e é uma cidade grande, que certamente merece mais do que uma ou duas horas de visita (com o propósito de um pit-stop para descanso). Abri então o Google e digitei “o que visitar em Estremoz”. Como resultado, vi que lá havia um castelo, vinícolas e apareceu também o castelo de Évora Monte. Dei um zoom no mapa e vi que Évora Monte ficava um pouco antes de Estremoz e que também tinha um castelo, muito bonito, por sinal. Decidi parar em Évora Monte, na ida e deixei Estremoz, para a volta. Decidi que a próxima parada, depois de Évora Monte seria Elvas, onde almoçaríamos. Então a primeira parte da nossa viagem foi:

 

Cascais – Évora Monte (171 km pela A2 e A6)

O que visitar: Castelo de Évora Monte, passeamos pela pequena Vila Histórica e caminhamos um pouco ao longo da muralha medieval. Foi uma visita de menos de uma hora. 

Onde se hospedar: Pousada Castelo de Estremoz

 

roteiro de férias de páscoa na espanha

Visitamos Évora Monte à caminho da Espanha

 

Évoramonte – Elvas (62 km pela A6)

Seguimos viagem em direção a Elvas, que acabou sendo uma grata surpresa. Mesmo tendo pesquisado sobre a cidade fronteiriça, que teve grande papel estratégico nas defesas de Portugal, visitá-la foi um grande prazer inesperado. Almoçamos logo que chegamos. Paramos em uma pequena tasca que avistamos do carro mesmo e por pura conveniência (havia estacionamento e estávamos com fome) decidimos ficar por ali. Foi ótimo! Tascas deveriam ser classificadas como patrimônio nacional (se é que já não são)!

O que visitar: Elvas foi só encantamento e é um lugar que gostamos tanto que vamos voltar, para ficar mais tempo e curtir a linda cidade. Ainda que por pouco tempo, passeamos pelo centro histórico, visitamos o castelo e o impressionante Aqueduto das Amoreiras. Ficamos com muita vontade de visitar seus fortes icônicos, mas ficou para uma próxima ocasião. Considerando o tempo de almoço, ficamos pouco menos de duas horas na cidade e seguimos em direção à Cáceres, já na região da Estremadura, na Espanha. Lá passaríamos uma noite e, bem descansados, seguiríamos viagem.

Onde se hospedar: Hotel São João de Deus

 

roteiro de férias de páscoa na espanha

Visitamos e almoçamos em Elvas

 

Elvas – Cáceres (106 km pela A6)

Nosso hotel em Cáceres (o Castillo de Cáceres) tinha o check in marcado para às 15:00 e chegamos lá por volta das 16:30. Qual não foi nossa surpresa quando a recepcionista do hotel nos informou que nossa reserva era para o dia seguinte!!!  

Inacreditavelmente nós saímos a viajar um dia antes do previsto! kkkk Confirmei tudo pelo aplicativo do Booking e ela estava certa. Também nos informou que lamentava mas não tinha acomodação livre para nós naquele dia, somente no dia seguinte, conforme nossa reserva. Na mesma hora consegui pesquisar no Booking um outro hotel na cidade de Cáceres (ufa!) e apesar do potencial perrengue, tudo se ajeitou de uma ótima maneira.

Com um dia a mais, pudemos passear muito em Cáceres, o que foi maravilhoso. Cáceres nos surpreendeu pela beleza e pela boa conservação de seu centro histórico, além da organização impecável da cidade nova. Estávamos em plena páscoa, a cidade estava cheia de visitantes, havia procissões e os hotéis estavam lotados. Tivemos muita sorte e Cáceres é um local que recomendamos vivamente. 

O que visitar: O Centro Histórico é nada menos que impressionante. A melhor dica e caminhar à vontade, se perder pelas ruelas medievais e buscar pérolas como a Porta Romana, que ainda permanece em pé desde a época dos Césares. Não entramos em nenhum museu, mas tem alguns que parecem bem interessantes na cidade. Com toda a confusão das procissões, conseguimos percorrer todo o circuito começando na Plaza Mayor (linda de doer).

Acabamos dormindo lá duas noites, uma em cada hotel e depois seguimos viagem. Como contei acima, Madri era nosso destino final mas eu já havia decidido (por ter visitado antes) que, de Madri, nós iríamos visitar El Escorial, Toledo, Ávila e Segóvia.

Voltando ao planejamento, o próximo passo foi, então, procurar hotéis nessas cidades para tentar acomodar custo x benefício com nossos passeios.

Os preços estavam muito altos por conta da Páscoa, mas ainda assim consegui encontrar ótimas ofertas em Toledo e Ávila. Em Madri, optamos por ficar em um Hostel (os preços estavam um horror) e depois de decidir as acomodações, ficou fácil montar o roteiro. Segóvia estava impossível (muito cara) e como é perto de Ávila, resolvemos fazer um bate-volta. Roteiro montado, agora era só curtir! Próxima parada: Toledo.

Onde se hospedar: Castillo de Cáceres  ou Palácio de Oquendo ou Hotel Alfonso IX

 

roteiro de férias de páscoa na espanha

Cáceres foi nossa primeira cidade na Estremadura, Espanha

 

Cáceres – Toledo (291 km pela E-90)

A melhor definição de Toledo que eu posso oferecer é: Vá. Não perca. Visite e passe o máximo de tempo que puder.  Toledo fica melhor a cada visita e eu digo isso porque já a havia visitado em duas ocasiões. Não sei se foram os anos ou a incrível conservação da cidade, que está vibrante e cheia de energia por todos os lados, ou se foi o fato de eu ter assistido toda a série Isabel, da HBO (a história dos Reis Católicos de Espanha), mas essa visita foi diferente. Saí de lá apaixonada por Toledo, simples assim.

O que visitar: Mais uma vez o centro histórico é o suficiente para encher seus olhos, e aqui eu recomendo vivamente alguns museus (especialmente se você gosta de arte e de história), a Catedral, o Mosteiro de los Reyes Católicos e a Sinagoga de Santa Maria la Blanca, no mínimo. Sei bem que Toledo é um destino popular como bate-volta de madri, mas eu consideero quase pecaminoso não dormir uma noite lá e poder curtir a cidade iluminada. Além disso, terá tempo para o crème de la crème, um passeio de carro até o Mirador del Vale. Sério, todas as fotos mais lindas da cidade de Toledo, aquelas em que a cidade aparece inteirinha em toda sua glória são tiradas do Mirador. É de tirar o fôlego.

Agora, se você tem euros a mais para gastar (lucky you), hospede-se no Parador de Toledo e você vai acordar com essa vista, todinha para você. Mas isso será assunto para um post muito especial, prometo. Por hora, fique no Parador, fique em um hotel BBB (como nós), fique em um albergue, alugue apartamento… mas fique. Ao menos uma noite. Nós ficamos três e eu queria ter ficado mais. :-)

 

roteiro de férias de páscoa na espanha

A linda cidade de Toledo

 

Saímos de Toledo e fomos à Madri, onde ficamos 3 dias. Se vocês perceberam no mapa, Toledo fica antes de Madri, vindo da direção de Cáceres (ou de Portugal mesmo), então fazia sentido parar lá primeiro (veja o primeiro mapa aí em cima, no post).

Onde se hospedar:  Hotel Real de Toledo ou Parador de Toledo

 

Toledo – Madri (98 km)

Madri é uma cidade enorme, linda e merece muitos dias. Como nosso tempo era curto e ainda por cima os preços estavam altos, resolvemos ficar só 3 dias e priorizar o centro histórico para a família conhecer o básico. Para isso, encontrar uma hospedagem que fosse BBB e ainda por cima perto de alguma estação de metrô foi a tarefa mais árdua de todo o planejamento.

A dica aqui é ter flexibilidade, mente aberta. Apartamento de temporada era uma alternativa, mas calhou de eu encontrar um Hostel bem simpático por um preço razoável (para a época) que ficava longe do centro mas muito próximo de uma estação de metrô. Nestes casos eu sempre pesquiso o que mais há na região e aqui parecia ótimo. Mercados, restaurantes, cafés… enfim, tudo o que precisávamos para passar confortavelmente.

Por incrível que pareça, a questão do estacionamento foi o mais difícil de equacionar. O hotel dispunha de estacionamento, mas era 20 euros a diária e eu achei super caro. Mas não havia muito o que fazer, era isso ou pagar ainda mais por um estacionamento em frente.

Aqui vale uma observação. Chegando lá vimos que a rua em frente ao hotel tinha estacionamento com parquímetro, com tempo máximo de 2 horas. Só que o parquímetro era livre depois das 20:00, aos sábados, depois das 14:00 e aos domingos era liberado. Bem o período que estaríamos lá. Então, acabou que pagamos o estacionamento do hotel somente na sexta-feira, quando chegamos. No sábado, retiramos às 14:00 do estacionamento e colocamos no parquímetro da rua. Fica a dica então para sempre pesquisar na máquina do parquímetro os horários livres, para não pagar estacionamento desnecessariamente! :-)

Aliás, a recepcionista do hotel que certamente sabia disso, não nos disse nada! :-( Descobrimos nós mesmos…

Madri também terá um post só para ela, mas aqui vai um resumo das nossas visitas:

O que visitar: Dia da chegada: visitamos o bairro para conhecer os arredores do hotel, saímos à tardinha e passeamos pelo centro. Parque El Retiro (estava fechado temporariamente), Estação Atocha, Museu Reina Sofia, Museu El Prado.  Caminhamos pelo Paseo del Prado. Segundo dia: Plaza Colón, Paseo Recoletos, Plaza Cibeles, Puerta de Alcalá, Gran Via, Puerta del Sol, Plaza Mayor, Mercado San Miguel, Plaza de la Villa, Catedral de la Almudena, Palacio Real, Plaza de Oriente. Terceiro dia: Plaza de Espana, Templo de Debod, Miradouro do Principe Pio, Jardines de Sabatini, Parque de Emir Mohamed I, Restaurante Botin (o mais antigo do mundo), Plaza Mayor, Puerta del Sol (assistimos uma procissão de Páscoa).

 

Onde se hospedar: Hotel Nuevo Boston ou Hostel Boutique Roisa

 

roteiro de férias de páscoa na espanha

Passeios em Madri

 

Saímos de Madrid depois do café da manhã, em direção à El Escorial. A pequena cidade no alto da serra é uma lindeza e o Palácio é, no mínimo, majestoso. Mais uma vez a Páscoa não nos ajudou e havia tanta gente na cidade, além de ruas interditadas para as procissões e nenhum lugar para estacionar, que foi impossível visitar o complexo.  Rodamos um pouco atrás de alguma alternativa para estacionar, mas foi tarefa impossível. Aliado à uma chuva fininha, fizemos algumas fotos e deixamos para outra oportunidade. Ficamos cerca de 30 minutos na cidade e seguimos em direção a Ávila.

 

roteiro de férias de páscoa na espanha

El Escorial todo bonitão e nós não conseguimos entrar…

 

Madri – Ávila (113 km)

Ávila é outra cidade onde a grande maioria faz bate-volta desde Madri. Aqui, mais uma vez, optamos por pernoitar e não nos arrependemos. Consegui uma oferta ótima no Booking e nos hospedamos em um palacete ao lado da Catedral, no coração da cidade amuralhada. Foi uma experiência fantástica dormir por lá e ter a oportunidade de passear pela cidade à noite. A muralha quilométrica e super bem conservada da cidade fica ainda mais linda quando iluminada. Ávila em si é pequena e eu posso afirmar que um dia de passeio por lá é suficiente. 

O que visitar: Caminhar por todo o centro histórico, conhecer a Plaza Mayor e os inúmeros palacetes. Alguns viraram museus, outros restaurantes e outros tantos, hotéis. Visitar a Catedral e andar sobre as muralhas. Sair da cidade amuralhada e conhecer a Plaza Santa Tereza, o miradouro e dar a volta na cidade pelo lado de fora para ver os vestígios da antiga fortificação moura (anterior à atual) e até mesmo vestígios romanos.

Onde se hospedar: Palácio Valderrabanos

 

Bate-volta a Segóvia (64 km de distância de Ávila)

Eu adoraria ter pernoitado em Segóvia. A cidade é lindíssima! Mas como disse antes, os preços estavam abusivos. Mas saímos cedinho de Ávila e ficamos o dia inteiro passeando por Segóvia, então deu para ter uma bela ideia do que a cidade tem a oferecer. Mas recomendo fortemente dormir uma noite lá, se puder.

O que visitar: Alcázar de Segóvia, centro histórico, Plaza Mayor, Catedral,  Plaza de Azoguejoaqueduto,  Iglesia de San Martín, Monastério San Antonio El Real, Mosteiro de Santa Maria del Parral.

Onde se hospedar: Hotel Real Segóvia

 

roteiro de férias de páscoa na espanha

Ávila parece saída de um conto de fadas

 

Ávila – Mérida (309 km)

Começamos nosso retorno, previsto para dois dias, com uma primeira parada em Mérida, para conhecermos a capital da Estremadura.  Foi uma parada rápida e digo que foi suficiente.

O que visitar: Ponte Romana, Aqueduto de los milagros, Teatro Romano, Templo de Diana, Puerta da Villa, Arco de Trajano, Alcazaba, Plaza Mayor.

A ideia era dormir em Mérida, mas como os preços lá estavam muito altos, encontri uma alternativa em Badajoz, bem na fronteira com Portugal e pertinho de Mérida.

Onde se hospedar: Hotel Ilunion Merida Palace

 

roteiro de férias de páscoa na espanha

Centro histórico de Mérida

 

Mérida – Badajoz (63,5 km)

Chegamos cansados em Badajoz, sem energia para passear. Mas vou deixar as dicas aqui, do que visitar por lá, pois pesquisei antes de irmos. 

O que visitar: Antiga fortaleza, a Alcazaba, um castelo mouro (construído no século 9), Centro Histórico, Plaza de San José, Plaza de España e a La Plaza Alta. Puerta de Palmas, Catedral de San Juan e  Puente de Palmas.

Onde se hospedar: Gran Hotel Zurbarán

 

Badajoz  –  Estremoz (62,7 km)

Logo após cruzar a fronteira de Portugal, paramos para conhecer Estremoz , para ver  a Pousada da Rainha Santa Isabel e o Castelo de Estremoz. A “cidade Branca”, como é conhecida, é bastante peculiar e digna de visitação.

O que visitar: Super vale a pena ao menos um pit-stop para caminhar na cidade medieval e visitar a Torre de Menagem feita em mármore da região, tirar uma foto ao lado da estátua da Rainha Santa Isabel e conhecer as muralhas.

Onde se hospedar: Pousada Castelo de Estremoz

Depois de visitar Estremoz, seguimos viagem, com destino a nossa casa em Cascais. Paramos uma vez mais, no caminho, para aquele xixi e café, básicos. Coisa de quem viaja com crianças. Ao todo foram cerca de 2:30 de viagem, contando as paradas, muito tranquilo.

Assim foi nosso roteiro de férias de páscoa na Espanha, com algumas visitas rápidas no Alentejo. Posso afirmar que foi uma viagem super tranquila de ser feita de carro. As estradas são excelentes, tanto em Portugal quanto na Espanha. Em Portugal, optamos pelas autoestradas, portanto pagamos pedágio. Na Espanha, percorremos todos os trajetos e não pagamos pedágio nenhuma vez (que maravilha!). 

É bom ressaltar que na Espanha a gasolina é mais barata também, cerca de 0,25 centavos por litro. A Polícia rodoviária espanhola nos parou uma vez, na saída de Badajoz, mas foi tudo tranquilo. Mostramos os documentos, eles perguntaram se estávamos de “vacaciones” e foi só. 

Um último comentário é que nas estradas espanholas não encontramos “paradouros” ao estilo que temos em Portugal. Somente postos de gasolina, simples, com lojinha de conveniência.

Em Portugal os paradouros são excelentes. Além dos postos de gasolina e lojinha de conveniência, quase sempre há um restaurante com várias opções de lanches e refeições, além de banheiros limpos, estacionamento coberto e até áreas de piquenique. Adoro!

 

roteiro de férias de páscoa na espanha

Estremoz, a cidade branca do Alentejo

 

Então, gostaram das dicas de planejamento e do roteiro de férias de Páscoa? Certamente você pode adaptá-lo para sua necessidade, alterando o número de dias, colocando outras cidades ou até tirando algumas. Se tiver alguma sugestão ou perguntas, é só deixar nos comentários.

Se quiser o roteiro, para imprimir, diga aí nos comentários que envio por email. 😉

 

Para o Pinterest:

Roadtrip pela Espanha

 

__________________________________________________

 

Gostou do post? Compartilhe e siga nossas redes sociais, onde contamos mais sobre nosso dia a dia morando em Portugal e damos dicas de passeios em família por todos os lugares. Passa lá no IG @as_passeadeiras e segue a hashtag #portugalnareal para ler alguns depoimentos de outras pessoas que moram aqui e dão a real!

_______________________________________________

 

Quer receber as dicas por email?

Assine nossa Newsletter

Uma vez por semana, você recebe os artigos mais lidos aqui do blog, onde sempre tem dicas para quem quer viajar em família ou morar em Portugal.

Assine nossa Newsletter aqui:

* Campos obrigatórios
 
Escolha qual o formato do email:

 

Veja um exemplo aqui

 

_______________________________________________

 

Se você precisa transferir dinheiro para Portugal e não tem certeza de qual serviço utilizar, nós recomendamos o TransferWise. Isto não é uma propaganda ou um post patrocinado, é o serviço que usamos mensalmente para fazer transferências do Brasil para Portugal, já que nossos rendimentos vem do Brasil. O TransferWise cobra o IOF e uma taxa de serviço, que tem sido menor que qualquer outro banco que temos consultado. Também garante a taxa do câmbio por 72 horas. Para transferir, você precisa criar uma conta no TransferWise, confirmar seus dados (da primeira vez, não precisa, somente depois da segunda – eles podem pedir a cópia de um documento de identificação e comprovante de endereço). Para quem quer transferir mais que um determinado montante por ano também  precisa confirmar comprovante de rendimentos (extratos bancários ou Declaração de IR). Até a data deste post era algo em torno de 25 mil reais/ano. Também vai precisar ter os dados de sua conta no exterior (IBAN e Bank Code). O processo é rápido e fácil. As primeiras remessas demoram até uma semana e as seguintes são mais rápidas.

_____________________________________ 

 

Procurando hotéis ou apartamentos em Portugal? Faça suas reservas clicando no link abaixo, escolha opções com cancelamento grátis e leia os reviews e comentários sobre cada oferta. Assim você garante o melhor preço e a melhor opção de hospedagem para sua viagem através do nosso parceiro Booking.

Booking.com

 

Ainda não é cadastrado no Booking? Clique aqui e receba R$50,00 de crédito na primeira viagem.

Se vai viajar não esqueça de fazer seu seguro viagem. Faça sua cotação aqui e escolha o tipo de cobertura que mais lhe convém na World Nomads, parceiro aqui do blog.

_____________________________________ 

 

 

Pensando em morar em Portugal? Veja aqui nossas dicas quentinhas

 

Leia toda a nossa série sobre Morar em Portugal, com depoimentos de gente que mora em várias cidades do país

Checklist depois da mudança

4 Dicas práticas para quem pensa em vir morar em Portugal

Leia aqui o checklist que fizemos antes de nossa mudança

Checklist depois da mudança – o que você vai ter que fazer assim que chegar lá

Adaptação da família em Portugal

Dicas para alugar apartamento em Cascais

Como abrir conta bancária em Portugal – Nossa experiência com o Activo Bank

Como transferir dinheiro do Brasil para Portugal – Nossa experiência com o TransferWise

SEF – Autorização de Residência e a novela do visto

 Leia aqui como obtivemos o visto D7 para residir em Portugal

Como obter o visto de imigrante empreendedor

Vai dirigir em Portugal? Saiba como trocar sua CNH pela Carta de Condução Portuguesa

Dicas para mobiliar sua casa em Portugal

Supermercados em Portugal

PB4 – O que é e como pedir o seu

Como é o atendimento médico de urgência em Portugal (ou como foi nossa experiência)

Apartamento para alugar na ribeira do Douro no Porto

Como alugar um apartamento pelo Airbnb – Dicas testadas e aprovadas por nós

Como é o atendimento médico de urgência em Portugal (ou como foi nossa experiência)

10 coisas estranhas em Portugal!

 

Procurando sugestões de passeios por Portugal?

 

Roteiro de passeio pelo bairro de Saldanha, em Lisboa

Albergue em Portugal, com família

Tease Cais do Sodré

Degustação de Vinho do Porto – Portugal Experiences 

Voo TAP com crianças

Um dia em Cascais visitando o centro histórico

Butchers – Carne de primeira em Lisboa

Estufa fria de Lisboa

L’Éclair Patisserie – Um pouco de Paris em Lisboa

Pastelaria Versailles, um dos cafés mais bonitos de Lisboa

Roteiros, hotéis e passeios no Algarve 

Roteiros, hotéis e passeios no Alentejo

Veja o relato completo do roteiro de Évora ao Porto aqui.

15 razões para visitar Aveiro, a Veneza de Portugal

Colhendo cerejas em Portugal

Procurando onde se hospedar com crianças em Lisboa? Veja aqui nossa dica!

Zoológico de Lisboa – Passeio imperdível com crianças!

Sesimbra – Um bate-volta de Lisboa no melhor estilo BBB – e lindo demais!

Museu do Oriente – Um dos melhores museus de Lisboa

Roteiro pelo Bairro Príncipe Real em Lisboa

Fábrica da Nata – Um dos Cafés mais lindos de Lisboa

Dica de passeio bate-volta desde Lisboa: Visitando Óbidos, a cidade das rainhas

Vá de Lisboa ao Algarve visitando castelos – Um roteiro inesquecível!

Hospede-se em um palácio no Algarve, sem ficar pobre!

Algarve com crianças: Passeando em Faro

Algarve com crianças: um dia em Tavira, a cidade das lendas e do rio de dois nomes

Hotel Vila Galé Évora – Simplesmente inesquecível

Férias em Portugal: 45 dias, 4 alegrias e 1 tristeza

Algarve com crianças: Júpiter Algarve Hotel, a pérola de Portimão

Viajando com crianças? Veja aqui nossas dicas para arrumar as malas

15 dicas para viajar de avião com crianças

 

 

Compartilhe este Post!

Sobre o Autor : Claudia Bins

0 Comentário

Deixe um comentário

Seu e-mail não será exibido.

error: Content is protected !!