Nossa experiência na escola particular em Portugal

escola particular

Desde que chegamos a Portugal nossa principal preocupação foi a educação e o bem estar das meninas. Mudar de país e ficar longe da família querida e das amigas, sair de uma situação confortável para um turbilhão de novidades, longe da única casa que conheciam. O cenário é bastante intimidador, para adultos, agora imaginem para duas meninas, de seis e 10 anos?

Como mãe, eu sempre fui muito presente na vida e criação das meninas. Sei seus receios, o padrão de seus comportamentos, as suas reações perante o novo. Desde muito pequenas, viajamos com elas e sempre acreditamos que as viagens são maneiras incríveis de treinar as crianças para o novo, o desconhecido. Mas não é só isso. É sobre ganhar confiança em si mesmas. Cada vez que enfrentam algo novo e se saem bem, um pontinho aumenta no seu grau de auto-confiança. 

Um ano antes de mudarmos para Portugal nós levamos as meninas para um intercâmbio familiar, nos Estados Unidos. No primeiro dia de aula Manoela e Juliana choraram em casa, antes de ir para a escola. Elas iriam com o pai, que também fez aulas na mesma escola. Não estariam sozinhas. Ainda assim tiveram medo. O pai junto fez muita diferença. Ainda assim, Juliana se agarrou na mão dele até entrar na sala de aula. Ela tinha 5 anos. Dois anos antes Manoela fez o mesmo no primeiro dia de natação. Em todas as situações eu sou firme com elas, mas carinhosa. Eu conto uma estorinha e digo a elas que a vida é repleta de situações novas, de primeiras vezes. Em todas as primeiras vezes que tiveram, elas foram bem sucedidas. Deu certo. A primeira respiração, o primeiro coco, a primeira mamada, a primeira vez que comeram, andaram. Conto que o sucesso não está em fazer perfeitamente o que quer que seja. O sucesso está em ter coragem de enfrentar o próprio medo do fracasso e, tentar.

 

As meninas na escola

As meninas na escola em Portugal

 

Nossa experiência na escola particular em Portugal

Mas voltando a escola em Portugal, eu contei neste post aqui como foi que fizemos nossa escolha, baseados no ranking, na localização, na adequação financeira, nas várias recomendações que tivemos, vindas de pessoas diferentes, Portugueses e Brasileiros que moram aqui a mais tempo mas, muito, muito importante, no respeito e acolhimento que tivemos, por parte da escola, desde o primeiro contato, via email.

Nós enviamos, durante os meses de setembro e outubro, antes da mudança, uns 10 emails para escolas diferentes. Destas, somente 3 responderam.  Das 3 que responderam, somente 1 delas foi extremamente preocupada em passar as informações que precisávamos. Em um email resposta compreensivo, com informações detalhadas e, mais que qualquer outra coisa, disponibilidade e boa vontade em responder as perguntas que fizemos depois. Isso fez toda a diferença.

Em janeiro, visitamos a escola junto com as meninas. Fomos muito bem recebidos pelo Coordenador Pedagógico da escola, que fez um tour conosco, apresentou as professoras, alguns funcionários, conversou muito com as meninas, foi atencioso e muito querido. Depois nos apresentou a coordenadora do segundo ciclo que fez novo tour no prédio ao lado. Sempre atenciosos conosco e com as meninas. Saímos de lá encantados. Mostramos o histórico escolar da Manoela e aguardamos a confirmação das vagas, que se deu pouco tempo depois.

 

Matrícula

A matrícula foi muito tranquila. Bastou fazer o pagamento da taxa, apresentar o NIF e os passaportes. Não foi preciso qualquer comprovante de morada nem Autorização de Residência.

 

Adaptação

Também já contei aqui no blog que na ocasião da visita negociamos um período de adaptação para as meninas, já que chegamos em Março e o período escolar aqui começa em setembro. A adaptação foi feita então 2x por semana, quando as meninas iam para o almoço (adaptação à comida também e uma chance delas ficarem mais tempo com os colegas), faziam atividades extra classe (patinação, natação e equitação) e assistiam as aulas do período da tarde naqueles dias.

As meninas repetiram as séries que haviam concluído no Brasil, durante este período de 2 meses. Sei de casos em que os pais optaram por adiantar a série dos filhos. Os dois casos são viáveis, é uma questão de escolha de cada família. Nós optamos por fazer a transição de maneira mais tranquila possível, sem pressão para as meninas. Assim, elas “perderam” seis meses de aula, em termos de cronograma. Mas na nossa avaliação, ganharam em termos psicológicos, tendo tempo e tranquilidade para se adaptarem à língua, à nova escola e aos novos colegas. Quando as aulas iniciaram em setembro, foi aquela tranquilidade. As meninas estavam com saudades até! Manoela iniciou o 5º ano e Juliana, o 1º ano.

Em termos práticos, nós pagamos os 2 dias de almoço, mais um seguro obrigatório proporcional aos dias em que elas frequentaram a escola, além das aulas extras. Ou seja, não pagamos a mensalidade da escola e nem foi necessário comprar uniformes ou livros escolares durante este período.

 

escola particular em portugal

Material escolar


O ano letivo

O início ano letivo, em setembro, foi um pouco diferente do que estávamos acostumados. Vou dizer que, no geral, as coisas não são muito explicadas aqui em Portugal. Ao menos não no nível de explicação que temos no Brasil, onde tudo é super detalhado e explicadinho nos detalhes. Aqui eu tenho a sensação que “todo mundo sabe”, então não é “preciso” explicar muito. Só que não, né? Sempre que foi preciso, enviei email à escola e eles nos ajudaram com as dúvidas.

Sim, a escola envia emails e mantém o básico da informação corrente, mas nós nos sentimos meio “perdidos” nos primeiros dias. Mas deu tudo certo. Compramos os uniformes, que são itens obrigatórios, vendidos na própria escola. Aqui as meninas usam saias e camisas ou polo. No frio, podem usar meias-calça ou legging. Para a educação física há um agasalho completo ou shorts para o verão. Compramos os livros didáticos também na própria escola (havia a opção de comprar nas livrarias,mas optamos pela facilidade. Os preços são equivalentes) e a lista de material foi comprada no supermercado mesmo. Aliás, listas bem enxutas se comparadas com as listas do Brasil.

Juliana está no primeiro ano e foi alfabetizada aqui em Portugal. As aulas iniciaram no meio de setembro e em final de outubro ela já lia e fazia cálculos. No final do ano fez sua primeira bateria de testes, lendo, interpretando as questões e escrevendo as respostas. Foi uma alegria e um imenso orgulho ver que ela foi muito bem! Tirou Muito Bom em todas as matérias que fez testes, que é a nota máxima. Durante o primeiro semestre participei de uma atividade em que os pais vão à escola e leem um livro para a turma. Foi uma alegria! Juju participou junto e ficou toda orgulhosa. As crianças foram respeitosas e interessadas, fizeram perguntas no final e deram seu parecer da apresentação. Adorei a dinâmica e a disponibilidade. Percebi que ao longo do tempo foram várias atividades em que a escola convida os pais. Essa interação família-escola sempre foi muito importante para nós.

 

escola particular em portugal

Festinha de Halloween e de Carnaval na escola

 

Em dezembro houve o recesso de inverno e, durante duas semanas, não houve aula. Quando retornamos em janeiro, pedimos uma reunião com a professora da Juliana pois queríamos ajuda em uma questão. Ela nos recebeu muito bem, foi super solícita e endereçou a questão de maneira que nos ajudou muito. Fiquei feliz com o resultado e aliviada em saber que há abertura, boa vontade e disponibilidade em trabalharmos juntos. Como uma boa escola deve ser! Tínhamos isso no Brasil também, onde gostávamos muito da escola e era uma preocupação grande em saber se aqui seria igual.

 

Algumas diferenças 

Em termos de curriculum há sim algumas diferenças. Aqui percebo que há uma integração entre as matérias.Por exemplo, Juliana começou a ter noções de geometria nas aulas de matemática. Na aula de português ela aprende as palavras que descrevem as formas geométricas. Na de artes, ela aprende a desenhá-las. Na de educação física eles fazem movimentos que fazem referência às formas e assim por diante. Existe um trabalho coordenado entre os diversos professores para que o aprendizado seja compreensivo de vários ângulos diferentes. Há uma lógica construída para o raciocínio e o aprendizado.

Falando em lógica, eu gosto do jeito com que o raciocínio lógico é abordado aqui. Percebo que não somente em matemática, mas nas outras matérias também há uma valorização do raciocínio, do entendimento. As crianças são incentivadas a fazerem perguntas e quando são questionadas, não basta somente um sim ou não. É preciso detalhar as respostas, explicar como chegaram aquela conclusão.

Manoela estranhou bastante a matemática, assim que chegou. Ela sempre foi ótima aluna e matemática é uma de suas matérias favoritas, então ela ficou bastante impactada com as aulas aqui. Pediu para que eu comprasse um livro de estudos no ano anterior, para ela revisar a matéria e foi o que fizemos. Além disso, ela descobriu uns vídeos no youtube com explicações. Foi o que bastou. Ela tem tido ótimos resultados e já acompanha as aulas normalmente. Há diferenças importantes no português, o que faz com que seja a matéria mais difícil para ambas. Mas é questão de tempo.

Manoela gosta que tem música na hora do recreio e aprecia o intervalo estendido quando aproveita para fazer a lição e estudar com as amigas. Quase sempre ela chega em casa com as tarefas já feitas e depois de descasar ela estuda um pouco.

 

A comida

Em relação à comida na escola, elas já estão bem acostumadas. Aqui há menos tempero, menos sal e elas estranharam muito, no início.  Aqui também tem sopa, mas as minhas já estavam acostumadas, pois lá no sul nós tínhamos o hábito de tomar sopa. O que mudou para elas foi a quantidade de peixe, no mínimo 2 vezes por semana e ao fato de aqui eles “forçarem” para comer tudo. Tipo, não pode “não comer”, tem que comer tudo. As minhas estranharam muito isso. Nós somos bem frugais em casa, elas não estão acostumadas a comer muito. Pouco tempo depois de iniciarem as aulas elas pediram que eu conversasse com as professoras para mudar as quantidades servidas. Foi bem tranquilo. Enviei um email e expliquei a situação e a partir de então diminuíram as quantidades servidas as meninas. Tem dias que elas adoram a comida, tem dias que não… eu acho que elas se alimentam bem na escola. A sopa é rica em nutrientes, comem carne, salada e carboidratos. O lanche levam de casa, elas que optaram assim. Eu mando uma fruta, um sanduíche, bolo ou biscoitos junto com um suco. 

 

Horários

As aulas iniciam as 8:30 e, no caso da Juju, terminam às 16:30. No caso da Manoela, terminam às 15:30. Ambas fazem atividades extra-classe no intervalo do meio-dia, dentro da oferta da escola e Manoela faz inglês complementar 2 vezes por semana, depois das aulas, à tarde.

 

escola particular em portugal

Patinação (aqui é Patinagem) e natação são opções de extra-classe

escola particular em portugal

Equitação também é uma opção.


Atividades extra-classe

As atividades extra-classe oferecidas pela escola variam em termos de preços e ofertas. Tem atividades culturais e esportivas, algumas são gratuitas, mas a maioria são pagas à parte e o preço varia entre 25€  e 45€. Juliana faz equitação uma vez por semana e Manoela faz patinação, também uma vez por semana. Além do inglês que mencionei. A mensalidade inclui o transporte de van, quando é o caso de a escola ter convênio com alguma instituição (natação e equitação,por exemplo).

 

escola particular em portugal

Valores da escola


Mensalidade

Atualmente pagamos cerca de 650€ para ambas, de mensalidade e seguro. Além disso, pagamos o almoço (126€ para a Manoela e 120€ para a Juliana). Interessante que não recebemos qualquer boleto para pagamento. Nós fazemos a transferência bancária para a conta da escola todos os meses. No início foi engraçado pois ficamos esperando receber alguma notificação ou o boleto via email ou correio mesmo, mas não é assim. É nossa responsabilidade fazer a transferência ou pagar na secretaria da escola, todos os meses.

 

Disciplina

Em termos de adaptação e comportamento, notamos que aqui as crianças são mais calmas, menos agitadas e barulhentas que no Brasil. Também há mais rigidez quanto à disciplina, há muito mais respeito. Os professores não admitem serem chamados de Tu ou Você. São rígidos em relação à boa educação dos alunos (bom, dia, boa tarde,por favor, obrigada…). Um fala de cada vez, levantam-se e cumprimentam quando alguém entra na sala, … este tipo de coisa.

No primeiro dia de aula da Juliana, ocorreu um fato que me chamou a atenção. Deixei Juju na portaria da escola, pois aqui os pais não entram (pode entrar somente até o Jardim de Infância). A auxiliar, muito simpática, me desejou bom dia e disse à Juju: “diga adeus à mamã!”. Juju, tímida, baixou os olhos e não disse nada. Virou-se para entrar na escola. A auxiliar tocou seu ombro e disse novamente: “Juliana, diga adeus à mamã”. Juju me olhou e disse “adeus mamãe”.

Pode parecer bobo, mas esse episódio me mostrou algo importante. Mostrou que aqui todos ajudam na educação da criança. A auxiliar da escola está ciente que é responsável também por orientar na boa educação das crianças de lá e eu achei isso o máximo. Quando todos são educados e “lembram” quem não é, o meio influencia e muito o comportamento de todos. Você fica constrangido se esquece de dar bom dia, porque a pessoa na sua frente, vai lembrá-lo disso. 

Aqui também tem gente mal-educada e grosseira, mas são exceção. Se você encontrar um pela frente, seja bem educado e diga, “bom dia, como está?” Normalmente é o que basta para que as pessoas parem e comecem a agir de maneira diferente, mais tranquila.

Na escola, Manoela conta que basta a professora levantar a voz para que todos fiquem quietos. Não há confronto quase nunca. Não há bagunça, quase nunca. Quando há, rapidamente volta tudo ao normal, basta a professora mandar. Respeito.

Fora isso, as maiores diferenças que encontrei são que aqui, muitas crianças vão sozinhas para a escola. Caminhando ou de trem, elas vão sem problema algum. As crianças aqui parecem mais independentes também. Mais calmas. Raríssimas vezes vi alguma cena com crianças fazendo malcriação ou bagunça em restaurantes ou shopping centers. Pedem desculpas, agradecem, vem conversar conosco. Muito educadas.

Convidei algumas mães brasileiras que moram aqui para contar sobre a experiência delas em relação às escolas, públicas e privadas, aqui em Portugal. Fiquem ligados(as) então que vem coisa muito boa por aí!

Por enquanto, se tiverem perguntas, é só deixar aí nos comentários. Aproveitem para ler os outros artigos sobre Morar em Portugal aqui:

 

Mudamos para Portugal. E como ficou minha vida, como mãe?

Checklist depois da mudança

4 Dicas práticas para quem pensa em vir morar em Portugal

Leia aqui o checklist que fizemos antes de nossa mudança

Checklist depois da mudança – o que você vai ter que fazer assim que chegar lá

Adaptação da família em Portugal

Dicas para alugar apartamento em Cascais

Como abrir conta bancária em Portugal – Nossa experiência com o Activo Bank

Como transferir dinheiro do Brasil para Portugal – Nossa experiência com o TransferWise

SEF – Autorização de Residência e a novela do visto

 Leia aqui como obtivemos o visto D7 para residir em Portugal

Como obter o visto de imigrante empreendedor

Vai dirigir em Portugal? Saiba como trocar sua CNH pela Carta de Condução Portuguesa

Dicas para mobiliar sua casa em Portugal

Supermercados em Portugal

PB4 – O que é e como pedir o seu

Como é o atendimento médico de urgência em Portugal (ou como foi nossa experiência)

Apartamento para alugar na ribeira do Douro no Porto

Como alugar um apartamento pelo Airbnb – Dicas testadas e aprovadas por nós

Como é o atendimento médico de urgência em Portugal (ou como foi nossa experiência)

10 coisas estranhas em Portugal!

 

Já segue nossas redes sociais, onde contamos mais sobre nosso dia a dia morando em Portugal e damos dicas de passeios em família por todos os lugares. Passa lá no IG @as_passeadeiras

_______________________________________________

 

Quer receber as dicas por email?

Assine nossa Newsletter

Uma vez por semana, você recebe os artigos mais lidos aqui do blog, onde sempre tem dicas para quem quer viajar em família ou morar em Portugal.

Assine nossa Newsletter aqui:

* Campos obrigatórios
 
Escolha qual o formato do email:

 

Veja um exemplo aqui

 

_______________________________________________

 

Se você precisa transferir dinheiro para Portugal e não tem certeza de qual serviço utilizar, nós recomendamos o TransferWise. Isto não é uma propaganda ou um post patrocinado, é o serviço que usamos mensalmente para fazer transferências do Brasil para Portugal, já que nossos rendimentos vem do Brasil. O TransferWise cobra o IOF e uma taxa de serviço, que tem sido menor que qualquer outro banco que temos consultado. Também garante a taxa do câmbio por 72 horas. Para transferir, você precisa criar uma conta no TransferWise, confirmar seus dados (da primeira vez, não precisa, somente depois da segunda – eles podem pedir a cópia de um documento de identificação e comprovante de endereço). Para quem quer transferir mais que um determinado montante por ano também  precisa confirmar comprovante de rendimentos (extratos bancários ou Declaração de IR). Até a data deste post era algo em torno de 25 mil reais/ano. Também vai precisar ter os dados de sua conta no exterior (IBAN e Bank Code). O processo é rápido e fácil. As primeiras remessas demoram até uma semana e as seguintes são mais rápidas.

_____________________________________ 

 

Procurando hotéis ou apartamentos em Portugal? Faça suas reservas clicando no link abaixo, escolha opções com cancelamento grátis e leia os reviews e comentários sobre cada oferta. Assim você garante o melhor preço e a melhor opção de hospedagem para sua viagem através do nosso parceiro Booking.

Booking.com

 

Ainda não é cadastrado no Booking? Clique aqui e receba R$50,00 de crédito na primeira viagem.

Se vai viajar não esqueça de fazer seu seguro viagem. Faça sua cotação aqui e escolha o tipo de cobertura que mais lhe convém na World Nomads, parceiro aqui do blog.

_____________________________________ 

 

Procurando sugestões de passeios por Portugal?

 

Degustação de Vinho do Porto – Portugal Experiences 

Conheça o Tease Cais do Sodré

15 cafés que amamos em Lisboa

Voo TAP com crianças

Um dia em Cascais visitando o centro histórico

Butchers – Carne de primeira em Lisboa

Estufa fria de Lisboa

L’Éclair Patisserie – Um pouco de Paris em Lisboa

Pastelaria Versailles, um dos cafés mais bonitos de Lisboa

Roteiros, hotéis e passeios no Algarve 

Roteiros, hotéis e passeios no Alentejo

Veja o relato completo do roteiro de Évora ao Porto aqui.

15 razões para visitar Aveiro, a Veneza de Portugal

Colhendo cerejas em Portugal

Procurando onde se hospedar com crianças em Lisboa? Veja aqui nossa dica!

Zoológico de Lisboa – Passeio imperdível com crianças!

Sesimbra – Um bate-volta de Lisboa no melhor estilo BBB – e lindo demais!

Museu do Oriente – Um dos melhores museus de Lisboa

Roteiro pelo Bairro Príncipe Real em Lisboa

Fábrica da Nata – Um dos Cafés mais lindos de Lisboa

Dica de passeio bate-volta desde Lisboa: Visitando Óbidos, a cidade das rainhas

Vá de Lisboa ao Algarve visitando castelos – Um roteiro inesquecível!

Hospede-se em um palácio no Algarve, sem ficar pobre!

Algarve com crianças: Passeando em Faro

Algarve com crianças: um dia em Tavira, a cidade das lendas e do rio de dois nomes

Hotel Vila Galé Évora – Simplesmente inesquecível

Férias em Portugal: 45 dias, 4 alegrias e 1 tristeza

Algarve com crianças: Júpiter Algarve Hotel, a pérola de Portimão

Viajando com crianças? Veja aqui nossas dicas para arrumar as malas

15 dicas para viajar de avião com crianças

Compartilhe este Post!

Sobre o Autor : Claudia Bins

47 comentários

  1. Cybele Aguiar 19 de março de 2018, 18:18 comentar

    Estou aprendendo muito e já agradeço. Me preparando para irmos em março de 2019.
    Alguém recomenda uma boa escola pública em Braga ou particular mais barata, para meu menino que irá cursar o 9 ano? Muito obrigada!!!!

    • Claudia Bins 19 de março de 2018, 20:46 comentar

      Olá Cybele,

      Veja que as escolas públicas são vinculadas a região onde você mora. Fique atenta aqui no blog que teremos 2 depoimentos de mães que moram em Braga e que podem te ajudar. Além disso, pode ler este post aqui, onde na parte das escolas tem o ranking das escolas públicas e privadas de todo o país. Selecione a cidade e aplique os filtros de público/privado e ciclos para ver. É sempre um bom começo.

      Obrigada,

      Claudia

  2. Jacqueline C Santos 4 de abril de 2018, 16:19 comentar

    Oi! Adorei as dicas! Estamos pesquisando escolas, mas as secundárias em Lisboa. Tenho lido muito sobre o ensino público e o privado. As escolas privadas são melhores classificadas no ranking dos exames nacionais. Mas falam muito bem também do endino público. Qual a tua opinião? O que tens percebido aí? Tens sugestão de escola secundárias em Lisboa? É tranquilo conseguir vaga para o primeiro ano do ensino médio nas escolas privadas? Obrigada.

    • Claudia Bins 4 de abril de 2018, 17:05 comentar

      OI Jacqueline,

      Por aqui dizem que se puder, coloque as crianças na particular no primário e no secundário, na pública. Quanto às escolas em Lisboa, não sei dizer, já que moro em Cascais. Se for pública, tem que ver onde vai morar, pois é por região de residência. Minha sugestão é procurar os grupos de mães em Lisboa e perguntar lá. No Facebook tem vários.

      abraço,

      Clau

  3. Stephane Maia 19 de abril de 2018, 22:35 comentar

    Olá! Me chamo Stephane, estamos indo de mudança pra Cascais agora provavelmente no 1o semestre de 2018. Tenho uma filha de 2 anos e um de 6, americanos. Estou pesquisando boas escolas bilíngues pois não quero que eles percam o inglês, porém precisam do português também, logicamente. Ambos já falam português, porque eu sou brasileira, mas o mais velho fala meio ruim e só é alfabetizado (nível iniciante) em inglês.
    Estou meio nervosa com essa mudança, especialmente pelo meu filho de 6 anos.
    Você teria alguma recomendação de escola bilíngue em Cascais, por favor?
    Muito obrigada desde já.

    • Claudia Bins 20 de abril de 2018, 17:41 comentar

      Olá, tudo bem?

      Para essa idade eu não sei se tem, mas existem várias escolas internacionais aqui em Cascais. O Saint Julien, o Saint Dominique, a Escola Americana da Beloura… são os que me ocorrem no momento. Veja na Internet quais as séries que elas atendem.

      Abraço,

      Clau

  4. Christiane 17 de maio de 2018, 12:09 comentar

    Oi Cláudia, adorei seu blog! Parabéns e obrigada pelas preciosas dicas! Tem uma questão que me gera dúvida e gostaria de saber o que você acha: o conteúdo das matérias são parecidos com o que são ministrados aqui no Brasil? Pergunto isso, pois acho que aqui no Brasil as crianças estão sobrecarregadas pela pressão do vestibular desde cedo. Minha filha está no 8o ano e desde o 6o ano tem provas com questões de vestibular! Noto que as matérias estão muito mais complexas do que no meu tempo e as crianças muito estressadas desde de cedo. Fico pensando se em Portugal ocorre o mesmo… Desde já te agradeço!

    • Claudia Bins 17 de maio de 2018, 14:28 comentar

      Olá Christiane,

      Tudo bem?
      Olha, eu acho o ensino em Portugal mais puxado que no Brasil. Mais conteúdo e, principalmente, mais raciocínio. As provas são descritivas e muitas vezes é preciso explicar o porquê da resposta. Aqui não há vestibular mas há uma avaliação em relação as notas do secundário, o que então faz com que os alunos tenham que ir muito bem durante todo o secundário se quiserem entrar em universidades boas.

      Abraço,

      Clau

  5. Roberta Vianada Veiga 25 de maio de 2018, 12:36 comentar

    Olá!
    Adorei seu blog! Super ajuda pra quem como eu esta de mudança ora Portugal. Irei em 2019 e tenho uma filha de 6 anos que estará com 7 no ano que vem. Este assunto de escola me preocupa muito e gostei bastante da escola das suas filhas. Gostaria de saber qual é pra conhecer, ja que irei morar em Cascais tbm. Te agradeço muito!! Um forte abraço

    • Claudia Bins 25 de maio de 2018, 12:55 comentar

      Olá Roberta, tudo bem?
      Respondo por email!

      Claudia

  6. Luciana Paula Santos 27 de maio de 2018, 14:31 comentar

    Cláudia, fiquei encantada com essa escola. Vou morar em Portugal para cursar mestrado e pretendo morar próximo a cascais , por causa do clima mais ameno, eu tenho uma filha de 8 anos que cursa 3 ano básico , apos muitas pesquisas penso que dificilmente conseguirei um escola pública de boa qualidade chegando no final de agosto, então já começo a pesquisar as particulares .
    Você poderia por favor, me enviar o nome da escola é de outras que também gostou e recomende para que eu possa fazer pesquisas dos valores das mensalidades.

  7. Mirella 30 de maio de 2018, 14:03 comentar

    Primeiramente muito obrigada pelas informações. Está de parabéns. Me mudo daqui 3 meses. Gostaria de saber o nome da escola em que suas filhas estudam. Obrigada.

    • Claudia Bins 31 de maio de 2018, 13:29 comentar

      Envio por email, Mirella.

      Claudia

  8. Patricia Portugal 13 de junho de 2018, 17:35 comentar

    Otimas dicas Claudia, parabens. Tenhos tambem dois filhos e gostaria de saber o nome da escola.
    Obrigada por ajudar as mamaes brasileiras.

  9. Melissa Guerra 14 de junho de 2018, 14:46 comentar

    Oi. Claudia estou adorando o Blog. Estamos inclinado o movimento de ida para Lisboa e esperamas que em 2019 estejamos aí. Seria possível me enviar por email o nome da escola? Cada vez que pesquiso nos sites e leio em blogs fico mais confusa e esse teu relato me inspirou. Obrigada.

  10. Maria Frerichs 22 de junho de 2018, 20:26 comentar

    Boa noite Claudia
    Estou indo em março 2019 para Cascais e gostaria de saber o nome da escola das suas filhas, pois tenho trigêmeos no 7 ano e estou perdida em relação a escola. Não posso pagar mais de 400 Euros para cada um, e também tenho medo das escolas públicas.
    Obrigada

    • Claudia Bins 24 de junho de 2018, 09:24 comentar

      Oi Maria, tudo bem? Mando para você por email ok?

      Abraço,

      Claudia

  11. Lilian 25 de junho de 2018, 19:53 comentar

    Claudia, eu simplesmente achei incríveis seus relatos, ja me perdi em vários pelo site.
    Eu e meu marido pensamos em mudar com nossos filhos de 2 e 4 anos e estou em busca de escola. A principio buscávamos pública mas li em um deles que o que se escuta por ai é que seria melhor privada para esta idade. Você diria que dizem isso por que?
    Estamos na fase de escolher escola para depois buscar moradia. Apesar de que me interessa uma cidade mais tranquila, onde pudesse levar os filhos na escola a pé… Uma vida mais descomplicada. Alguma dica? Obrigada demais! Ah, também, qual a escola das suas meninas?

    • Claudia Bins 28 de junho de 2018, 13:03 comentar

      Oi Lilian,

      Então, eu tenho amigas com filhos em escolas co-participadas, que são particulares mas com apoio público, onde as pessoas pagam uma taxa que é bem menor que as mensalidades. Veja n blog, tem vários relatos, não só em Cascais como também no Porto e em Braga. As meninas estudam no Colégio da Bafureira em Cascais. Veja o post 4 dicas para morar em Portugal, onde eu mostro como escolhemos a escola das meninas. Pode de ajudar. 😉

      CLaudia

  12. Daniela Braga 26 de junho de 2018, 23:31 comentar

    Oi Claudia,
    Adorei o seu site! Moramos no Rio de Janeiro e estamos planejando mudar para Portugal no fim do ano, a idéia inicial é ir para Cascais. Temos um filho que faz 5 anos agora em julho e uma das minhas preocupações é exatamente a escola. Vi uma que gostei, pois o metodo (Construtivista) é próximo da que ele estuda aqui.
    Você teria alguma dica ou indicação, achei a da suas filhas muito interessante.
    Se tiver maiores indicações, de tudo ;), também serão muito bem vindas.
    Obrigada.
    Abraço,
    Daniela

  13. Daniela Braga 27 de junho de 2018, 17:14 comentar

    Oi Claudia,
    Escrevi um comentário ontem, mas acho que não foi…
    Pretendemos ir morar em Portugal a partir-se fim do ano, ainda estamos em processo decisão Ema organização, mas uma das coisas que mais tenho pesquisado é sobre escolas.
    Temos um filho de 5 anos que aqui no Rio de Janeiro estuda em uma escola construtivista e gostaria de continuar em uma linha parecida.
    Nossa ideia é ir morar em Cascais ou perto.
    Achei a escola das suas filhas muito interessante, você poderia me indicar ela, passar o nome, ou se tiver outras parecidas…
    aceito também todo tipo de informação que possa ajudar.
    Muito obrigada. Seu site é ótimo!
    Abraços,
    Daniela

    • Claudia Bins 28 de junho de 2018, 12:58 comentar

      OI Daniela,

      Elas estudam no Colégio da Bafureira, em Cascais. Você chegou a ver os outros posts sobre Morar em Portugal aqui no blog? Leia e veja se pode te ajudar. O que não encontrar neles, pode perguntar aqui u no Instagram @as_passeadeiras que eu tento ajudar.

      Abraço,

      CLaudia

  14. Daniela Braga 28 de junho de 2018, 20:42 comentar

    Obrigada! Já li quase todos os seus posts e estão me ajudando bastante.
    Abraço,
    Daniela

  15. Elizângela Domingues 29 de junho de 2018, 18:09 comentar

    Boa tarde Cláudia! São ótimas dicas…gostaria de saber se eu consigo matricular minha filha que está no 7° ano aqui no Brasil, em uma escola particular chegando em Portugal em setembro no início do ano letivo?

    • Claudia Bins 29 de junho de 2018, 18:36 comentar

      Olá Elizângela, isso você tem que ver com a escola, creio que cada uma tem suas próprias regras e deve depender se há ou não vagas, no caso das particulares.

      Abraço,

      Claudia

  16. Deize 13 de julho de 2018, 01:42 comentar

    Olá
    adorei o relato, estou indo mês que vem pra Portugal cheia de duvidas sobre onde matricular minha filha. Poderia me mandar por email o nome da escola ?

    • Claudia Bins 13 de julho de 2018, 19:27 comentar

      Tô correndo em viagem, mando por aqui, ok? É Colégio da Bafureira.

      Clau

  17. rachel andrade silva 25 de julho de 2018, 12:50 comentar

    ola tudo bem? estamos mudando ate o inicio do próximo ano letivo Set/19 tenho filhos menores um de 5 e um de 2 existem escolas em cascais para este perfil? me manda por email? agradeço muito!

    • Claudia Bins 25 de julho de 2018, 12:56 comentar

      Oi Rachel, tudo bem?

      Existem muitas escolas em Cascais… não tenho a relação das escolas da cidade, sinto muito.

      Claudia

  18. Catia 7 de agosto de 2018, 18:10 comentar

    Oi Claudia, adorei o post e a escola das suas filhas, você pode me passar por e-mail o nome, por favor? Se puder me passe também as outras que vc recebeu recomendação é pesquisou.
    Muito obrigada!

  19. Paula 7 de agosto de 2018, 23:30 comentar

    Oi Cláudia, amei seu post e o sitre também. Pode me passar por email o nome da escola das meninas? Beijos e tudo de bom!

    • Claudia Bins 8 de agosto de 2018, 17:09 comentar

      Passo sim, Paula.

      Obrigada :-)

      Clau

  20. KARLA EVELYN 14 de agosto de 2018, 03:03 comentar

    Olá descobri seu blog por acaso pois estava vendo somente informações de escolas públicas e nada das privadas também me interessei em saber o nome da escola das meninas. Obrigada desde se já.

    • Claudia Bins 19 de agosto de 2018, 15:08 comentar

      É o Colégio da Bafureira, em Cascais.

      Clau

  21. Flávia Romano 21 de agosto de 2018, 11:53 comentar

    Bom dia Claudia! Não consigo localizar escolas secundárias particulares em Cascais. Tem secundárias particulares ou apenas publicas? Nas particulares a matrícula é feita por bairros também ou poderia escolher? Me indicaria alguma secundária particular? Muito obrigada e parabéns pelo excelente blog.

    • Claudia Bins 21 de agosto de 2018, 13:26 comentar

      OI Flávia, as secundárias não são vinculadas ao bairro. Tem Os Maristas, Ps Salesianos, O sanit Julien’s , o Saint Dominic, A escola americana da Beloura, a Escola Alemã, a Fundação O século… são as que eu lembro agora.

      Beijo

  22. Thais Araujo Rodrigues 27 de agosto de 2018, 00:37 comentar

    Excelente matéria ! Uma das melhores que li até agora.
    Temos 3 filhos ( 14, 11 e 11 anos). Mudaremos em 2018 e a escola sem duvida é uma das nossas maiores dúvidas.
    Minha filha mais velha que estará no 1 ano do médio, prática equitação há anos e não vive sem o esporte. Amei saber que há em Cascais nas escolas como curso extra.
    Se puder me informar por e-mail as escolas em Cascais que oferecem este serviço agradeço .
    Para os meninos que são gêmeos , estarão no 7 ano e precisarão desta atenção diferencial que você encontrou . Espero ter a mesma sorte! Obrigada!

    • Claudia Bins 27 de agosto de 2018, 09:27 comentar

      Oi Thais,

      Que bom que gostou! Olha, até onde sei todas as escolas oferecem. Aqui é prática comum, mesmo, a equitação. Mesmo que a escola que você escolha não tenha (p que é bem difícil) você pode optar em fazer diretamente com as escolas de equitação perto de sua casa (sempre tem uma).

      Abraço,

      Claudia

  23. Giordana 19 de setembro de 2018, 00:37 comentar

    Olá, vou em outubro a Braga escolher as escolas para os meus filhos, que estarão fazendo 6 e 2 anos, em 2019. Então, procuro uma escola particular que tenha creche e ensino básico, mas não estou encontrando. Saberia me dizer se há escolas que atendem creche e ensino basico?

    • Claudia Bins 19 de setembro de 2018, 13:21 comentar

      Não acredito que exista. Normalmente são separadas mesmo…

      Clau

  24. Renata 23 de setembro de 2018, 17:48 comentar

    Oi, Cláudia,
    Acompanho desde que vc disse que ia mudar no grupo “viagem em família” penso em mudar para Lisboa, é um plano antigo, mas acho que mais na aposentadoria, temos filhos de 9 e 7. Não precisaríamos de visto, temos as cidadanias, mas temos medo de ir, pois meus filhos teriam que fazer faculdade aí, e enfrentar as dificuldades do mercado de trabalho (o menor, pelo menos, ainda estaria na faculdade)… optar por Portugal ao invés de outro país europeu foi uma decisão tranquila? Consideraram outros países?

    Quanto à escola, vi que vcs complementam o inglês por fora… é tipo o curso de inglês? Por que optaram pela particiculares? O preço é 325 euros por criança?

    • Claudia Bins 24 de setembro de 2018, 17:44 comentar

      OI Renata,

      Não pensamos em outro pa+is porque não temos cidadania, só temos o visto para Portugal mesmo. Foi muito tranquila a decisão e estamos gostando muito. Complementamos, sim, o curso de inglês mais como reforço mesmo. o preço do inglês é 55€ por mês.

      Abraço,

      Claudia

  25. Ana Silva 4 de novembro de 2018, 23:48 comentar

    Olá Cláudia. Muito bom seu blog. Comecei agora a pensar em Portugal por conta da situação politica do nosso país. Minha filha fará o 2o ano secundário. Como escolho escola que não seja muito “puxado” o nível de ensino e também o valor? A média de notas dela costuma ser 65, 70. Pensei na cidade de Coimbra. O que vc acha? Se puder, me responda por email. Grata.

  26. Patricia Costa Silva Alchieri 9 de novembro de 2018, 12:58 comentar

    Olá. Irei me mudar para Lisboa em Julho de 2019 e gostaria de saber se você poderia me ajudar com algumas informações.
    Estamos indo por conta do pós doutorado do meu marido e ficaremos 1 ano. Aqui em Brasília, minha filha estuda em uma escola internacional e a língua falada em sala de aula é o inglês. Gostaria de saber se você tem alguma indicação de escola internacional ou com currículo em inglês aí em Lisboa.
    Adorei descobrir esse blog. Posso entrar em contato quando estiver aí? rs.. Vou precisar de amigas.
    Abraço
    Patricia

    • Claudia Bins 11 de novembro de 2018, 19:18 comentar

      OI Patrícia, existem várias. Entre elas a Saint Julien’s em Carcavelos, a Prime School Escola Internacional de trilingue Sintra, Lycée Francais em Lisboa, Escola Alemã de Lisboa, Carlucci American International School de Lisboa, Escola Internacional de Cascais, St. Dominic’s International School, para citar algumas.

      Abraço,

      Clau

  27. Bruno 14 de novembro de 2018, 17:52 comentar

    Oi Claudia,
    Estamos pensando em colocar nossas filhas (7 e 10 anos) no Colegio da Bafureira. Vocês gostam de lá? As crianças se adaptaram bem? Como é o estudo lá?

    • Claudia Bins 14 de novembro de 2018, 18:20 comentar

      OI Bruno,

      Tudo bem? Gostamos muito! Conto todas as nossas impressões no post, você chegou a ler? O estudo é bem forte e o colégio prima pela qualidade e disciplina.

      Clau

Deixe um comentário

Seu e-mail não será exibido.

error: Content is protected !!