Lagar Oliveira da Serra

lagar Oliveira da serra

Desde que visitamos Portugal em Dezembro de 2016 eu tinha imenso desejo em visitar o Lagar Oliveira da Serra, em Ferreira do Alentejo. Por motivos diversos, minha vontade foi adiada até outubro passado (2018), quando visitamos em companhia dos avós que haviam chegado há poucos dias e amaram a idéia de nos acompanhar.

Considerado o maior olival de Portugal e pertencente ao grupo Sovena, empresa familiar 100% portuguesa, o Lagar Oliveira da Serra é parte de 57 propriedades em 4 regiões de Portugal, que juntas somam mais de 10.000 ha cultivados.

 

Oliveira da Serra

A sede da Herdade do Marmelo

 

O prédio imponente da sede da Herdade do Marmelo, onde se localiza o Lagar, se faz notar já da estrada IP8, que corta a paisagem do Baixo Alentejo e que leva à Beja, lugar que visitamos algumas vezes no primeiro ano que chegamos para morar em Portugal, por conta das entravistas no SEF de lá.

 

Leia aqui como foi a Novela do SEF para nós.

 

Além da sede em Ferreira do Alentejo, a empresa conta com outras propriedades em Campo Maior, Elvas e Aviz. A sede de Ferreira do Alentejo tem cerca de 3.400 ha, na Herdade do Marmelo, onde visitamos o Lagar Oliveira da Serra.

 

Oliveira da Serra

Lagar Oliveira da Serra e sua sede na Herdade do Marmelo

 

A Herdade do Marmelo

O impressionante prédio que abriga a sede do Lagar Oliveira da Serra foi desenhado pelo arquiteto português Ricardo Bak Gordon, homenageia o Olival português e representa o expoente máximo da tecnologia ao serviço da qualidade do azeite e da sustentabilidade ambiental. 

É impossível não notar o imenso prédio que sobressai em meio ao olival gigante que se espalha por toda a volta, em ambos os lados da estrada, que funciona como um pólo cultural, com um espaço multiusos onde se realizam exposições, workshops e degustações de alguns dos azeites mais premiados do mundo. O prédio parece flutuar sobre o olival, como uma grande nave.

Ao longo da visita aprendemos sobre todo o processo que envolve a produção do azeite, desde o cuidado com o olival, o respeito pela natureza e a preocupação constante com o controle de qualidade. Tem uma capacidade de transformar 40 toneladas de azeitonas por hora, podendo a produção diária chegar a 200.000 litros de azeite.

 

Oliveira da Serra

A produção do azeite

 

Só do Lagar da Herdade do Marmelo saem anualmente oito milhões de litros, uma gota nas 200 mil toneladas produzidas todos os anos pela Sovena, um dos maiores operadores de azeite do mundo, dono das marcas Oliveira da Serra e Andorinha, presente em sete países e exportando para 70, inclusive o Brasil.

A Herdade conta com um sistema de tratamento da própria água e todo o resíduo da produção, seja ele sólido ou líquido é reaproveitado ali  mesmo ou vendido. Não há desperdício de forma alguma, seja energético ou material.

 

Oliveira da Serra

Tecnologia na análise e no armazenamento do azeite

 

A produção do azeite

Aprendemos durante a visita que no olival é utilizado um sistema de rega gota a gota, onde sondas próximas das raízes das oliveiras fornecem apenas a água necessária para o bom desenvolvimento da planta, sem qualquer desperdício.

A colheita é feita de forma manual e mecanizada, durante os meses do outono e são cerca de 200 trabalhadores envolvidos. A produção funciona 24×7, para que não haja qualquer resíduo no maquinário utilizado durante o processo.

Após a colheita as azeitonas são colocadas em uma primeira máquina que “limpa” os galhos e folhas. A seguir as azeitonas são “amassadas” e o caroço é separado da massa. Os caroços são então transformados em combustível para as caldeiras do Lagar.

Todo o azeite produzido pelo Lagar Oliveira da Serra é fruto da primeira prensagem, ou seja, é fruto do processo que resulta no azeite de maior qualidade.

A seguir, visitamos o laboratório de análises químicas, onde os técnicos e técnicas do lagar fazem a mensuração da acidez, fator muito importante na determinação da qualidade do azeite. 

 

Oliveira da Serra

O olival da Herdade do Marmelo

 

O que saber sobre o Azeite de Oliva

Lá aprendemos que o azeite de maior qualidade tem acidez até o grau 0,8%. Também aprendemos que são muitos os fatores que influenciam a acidez em um azeite, tais como o material do armazenamento (frasco de vidro ou plástico, por exemplo), a estabilidade do azeite (muita movimentação) e o tempo (azeites recentes x azeites mais antigos). Aprendemos que o tempo não deteriora o azeite em si, mas influencia em sua acidez, portanto perde em qualidade.

 

Resumindo, de acordo com o site www.casadoazeite.pt:

 

“Azeite Extra Virgem: Azeite de qualidade superior, com sabor e cheiro intensos, com acidez inferior ou igual a 0,8%. bom para temperar a cru (saladas, regas em geral e doces). O sabor pode variar de mais suave ao mais intenso, sendo que os intensos são adequados aos molhos.

Azeite Virgem: Azeite de boa qualidade, com sabor e cheiro característicos de azeitonas, com acidez inferior ou igual a 2%. Apto para consumo direto e apropriado para cozimentos, assados, sopas, refogados ou marinadas.

Azeite – contém azeite refinado e azeite virgem: Trata-se de azeite refinado, enriquecido com azeite virgem, aromático e frutado, com grau de acidez igual ou inferior a 1,0%. É ideal para frituras dada a sua elevada resistência às altas temperaturas. É mais barato, mantém o valor nutritivo do azeite e tem um ponto de fumo bastante elevado o que permite aumentar o seu número de utilizações. Além disso, forma uma crosta na superfície dos alimentos, que impede a penetração do Azeite no interior dos mesmos. Com a utilização do Azeite para a fritura obtêm-se fritos mais secos e apetecíveis.

Dentro dos Azeites que se encontram no mercado encontram-se os ”Azeites com Denominação de Origem Protegida” (DOP), os “Azeites da Agricultura Biológica” e os “Azeites Elementares ou Monovarietais”.

Portugal possui, atualmente, seis denominações de origem protegida para Azeites: 

“Azeites de Moura”,
“Azeites de Trás-os-Montes”,
“Azeites da Beira Interior (Azeites da Beira Baixa e da Beira Alta)”,
“Azeites do Norte Alentejano”,
“Azeites do Ribatejo” e
“Azeites do Alentejo Interior”.

Os “Azeites da Agricultura Biológica” são provenientes de olivais conduzidos de acordo com o modo de produção biológico, tal como previsto pela Regulamentação Europeia. Este modo de produção obriga a diversos condicionalismos importantes, designadamente à manutenção do fundo de fertilização dos solos, à utilização de rotações adequadas e ao respeito por normas fitossanitárias e de fertilização muito estreitas, sendo praticamente interdita a utilização de produtos químicos de síntese.

Os “Azeites Elementares ou Monovarietais” são obtidos de uma só variedade de azeitona.”

 

Oliveira da Serra

Nossa anfitriã e os azeites da prova

 

A degustação

Ao final da visita, fazemos uma degustação de 7 dos azeites produzidos ali no Lagar Oliveira da Serra. Nossa guia explica então a ordem correta da degustação, que é feita com pedaços de pão mergulhados no azeite. Um de cada vez.

A degustação é feita em ordem de suavidade, sendo que o primeiro a experimentarmos foi um azeite voltado a bebês, durante a fase de introdução alimentar. Confesso que não conhecia esse azeite e achei muito interessante o conceito.

Tivemos ainda a oportunidade de experimentar 2 dos azeites premiados em concursos internacionais, produzindos ali no lagar. Uma experiência incrível!

 

Oliveira da Serra

A prova de azeites

 

Oliveira da Serra ganhou a Medalha de Ouro na categoria Frutado Verde Ligeiro, pelo terceiro ano consecutivo, da competição Mario Solinas Quality Award.

O concurso é organizado pelo Conselho Oleícola Internacional, que reúne os melhores produtores de azeite do mundo. A avaliação é feita por um painel de júris internacionais que atribui uma pontuação que aprecia a harmonia, complexidade e persistência dos azeites no concurso.

Além da Medalha de Ouro, Oliveira da Serra arrecadou no último concurso mais dois prêmios: uma Medalha de Prata e uma Menção Honrosa – somando agora 200 distinções asseguradas desde 2007. Um feito que posiciona Oliveira da Serra como a marca portuguesa de azeite mais premiada do mundo e que contribui para o reconhecimento de qualidade dos produtos portugueses. 

 

Outras provas de Azeite

Nós visitamos a Herdade do Esporão, em Agosto de 2018, quando fizemos visita guiada ao Lagar de Azeites e também prova de Azeites da Herdade. Foi um passeio lindíssimo, que recomendamos muito. Leia mais sobre ele aqui:

 

Monsaraz e Herdade do Esporão, no Alentejo

 

A Visita ao Lagar Oliveira da Serra

 

As visitas ao Lagar Oliveira da Serra em Ferreira do Alentejo são gratuitas, mas, no entanto, é necessário agendar através do email ou telefone: 21 412 93 34 ou oliveiradaserra.lagar@sovena.pt 

Horários:

De segunda a sexta-feira, das 11h às 13h e das 14h às 17h

Endereço:

Lagar Oliveira da Serra
Apartado 43, Ferreira do Alentejo, Portugal

 

Como chegar:

Nós fomos de carro, saindo de Cascais. Atravessamos a ponte 25 de Abril e seguimos em direção à Ferreira do Alentejo, pela A2 (com pedágio) e depois a IP8. Aproximadamente 170 km. Como é uma propriedade rural, na estrada, acredito que o carro é mesmo a melhor opção para visitar.

 

Curiosidades:

Em Portugal, a cultura da Oliveira perde-se nos mais remotos tempos. Segundo rezam as crônicas, os Visigodos já a deviam ter herdado dos Romanos e estes, possivelmente, tinham-na encontrado na Península Ibérica. Por sua vez, os Árabes mantiveram a cultura e fizeram-na prosperar, sendo que a palavra Azeite tem origem no vocábulo árabe az-zait, que significa “sumo de azeitona”.

Em quase todas as religiões se fala da oliveira, árvore de civilizações longínquas, que tem lugar nos textos mais antigos:

– no “Génesis” a pomba de Noé traz no bico um ramo de oliveira para lhe mostrar que o mundo revive.
– No “Êxodo”, Yaveh prescreve a Moisés a “Santa Unção” na qual o Azeite se mistura com perfumes raros.
– No horto de Getsemani vivem ainda oito grandes oliveiras que viram rezar, chorar e morrer Cristo.
– Também o Corão canta a árvore que nasce no monte Sinai e refere-se ao óleo que dela se extrai para ser transformado em luz de candeia “que parece um astro rutilante”. (Fonte: Casa do Azeite)

 

Gostou da visita? Descubra outras sugestões de passeios e experiências incríveis aqui no blog e se quiser um roteiro personalizado, entre em contato, através do email: aspasseadeiras@aspasseadeiras.com.br ou aspasseadeiras@gmail.com.

 

 

Oliveira da Serra

 

AsPasseadeiras-div1

 

Planeje sua viagem 

 

Procurando hotéis ou apartamentos em Portugal? Faça suas reservas clicando no link abaixo, escolha opções com cancelamento grátis e leia os reviews e comentários sobre cada oferta. Assim você garante o melhor preço e a melhor opção de hospedagem para sua viagem através do nosso parceiro Booking. Se quiser procurar em outra cidade é só clicar e alterar o nome da cidade aqui:

 

Booking.com 

 

parceiros

 

– Ainda não é cadastrado no Booking? Clique aqui e receba R$50,00 (ou 12,5 euros) de crédito na primeira viagem.

– Se vai viajar não esqueça de fazer seu seguro viagem. Faça sua cotação aqui e escolha o tipo de cobertura que mais lhe convém na World Nomads, parceiro aqui do blog.

– Alugue um carro na RentCars, nosso parceiro. Compare os preços e tenha mais liberdade nos seus passeios

– Compre seus ingressos clicando aqui e evite filas nas atrações mais bacanas da cidade.

 

 

AsPasseadeiras-div1

 

Vai viajar para a Espanha?

 

Clique aqui para ver nossos roteiros e dicas.

 

Pensando em visitar Paris e a Disneyland?

 

Leia todos os posts sobre nossa viagem à França, aqui.

 

Procurando sugestões de passeios por Portugal?

10 coisas para fazer no verão em Portugal

 

10 lugares para visitar na primavera em Portugal

 

Roteiro Vila Nova de Gaia e Coimbra, com paradas estratégicas (e lindas)

Roteiro em Sintra, pelo centro histórico

Roteiro de um dia em Cascais pelo centro histórico

Lisboa com crianças – 10 passeios imperdíveis com os miúdos

10 lugares para visitar no verão em Portugal

Como é o voo TAP para o Brasil, com crianças

Mercado Medieval de Óbidos

Butchers – Carne de primeira em Lisboa

Estufa fria de Lisboa

L’Éclair Patisserie – Um pouco de Paris em Lisboa

Pastelaria Versailles, um dos cafés mais bonitos de Lisboa

Roteiros, hotéis e passeios no Algarve 

Roteiros, hotéis e passeios no Alentejo

Veja o relato completo do roteiro de Évora ao Porto aqui.

15 razões para visitar Aveiro, a Veneza de Portugal

Colhendo cerejas em Portugal

Procurando onde se hospedar com crianças em Lisboa? Veja aqui nossa dica!

Zoológico de Lisboa – Passeio imperdível com crianças!

Sesimbra – Um bate-volta de Lisboa no melhor estilo BBB – e lindo demais!

Museu do Oriente – Um dos melhores museus de Lisboa

Roteiro pelo Bairro Príncipe Real em Lisboa

Fábrica da Nata – Um dos Cafés mais lindos de Lisboa

Dica de passeio bate-volta desde Lisboa: Visitando Óbidos, a cidade das rainhas

Vá de Lisboa ao Algarve visitando castelos – Um roteiro inesquecível!

Hospede-se em um palácio no Algarve, sem ficar pobre!

Algarve com crianças: Passeando em Faro

Algarve com crianças: um dia em Tavira, a cidade das lendas e do rio de dois nomes

Hotel Vila Galé Évora – Simplesmente inesquecível

Férias em Portugal: 45 dias, 4 alegrias e 1 tristeza

Algarve com crianças: Júpiter Algarve Hotel, a pérola de Portimão

Viajando com crianças? Veja aqui nossas dicas para arrumar as malas

15 dicas para viajar de avião com crianças

 

Pensando em morar em Portugal? Veja aqui nossas dicas quentinhas

 

Comprar carro em Portugal

4 Dicas práticas para quem pensa em vir morar em Portugal

Leia aqui o checklist que fizemos antes de nossa mudança

Checklist depois da mudança – o que você vai ter que fazer assim que chegar lá

Adaptação da família em Portugal

Dicas para alugar apartamento em Cascais

Como abrir conta bancária em Portugal – Nossa experiência com o Activo Bank

Como transferir dinheiro do Brasil para Portugal – Nossa experiência com o TransferWise

SEF – Autorização de Residência e a novela do visto

 Leia aqui como obtivemos o visto D7 para residir em Portugal

Como obter o visto de imigrante empreendedor

Vai dirigir em Portugal? Saiba como trocar sua CNH pela Carta de Condução Portuguesa

Dicas para mobiliar sua casa em Portugal

Supermercados em Portugal

PB4 – O que é e como pedir o seu

Como é o atendimento médico de urgência em Portugal (ou como foi nossa experiência)

Apartamento para alugar na ribeira do Douro no Porto

Como alugar um apartamento pelo Airbnb – Dicas testadas e aprovadas por nós

Como é o atendimento médico de urgência em Portugal (ou como foi nossa experiência)

10 coisas estranhas em Portugal!

Já pensou em alugar apartamento e passar as férias como um local? Aqui ensinamos como nós fazemos!

 

Compartilhe este Post!

Sobre o Autor : Claudia Bins

0 Comentário

Deixe um comentário

Seu e-mail não será exibido.

error: Content is protected !!