Adaptação na escola pública da Alemanha e de Portugal

Hoje temos um post muito especial! A Cintia @familianamala é nossa convidada para contar sua experiência. Cintia é brasileira e morou com sua família na Alemanha, antes de vir para Portugal. 

 

Com essa rica vivência, Cintia pode contar para nós como foi a adaptação de seu filho nos dois países, coisa que eu tenho muita curiosidade em saber e pode ser útil para quem quer conhecer as duas realidades.

 

Obrigada, Cintia, por aceitar nosso convite e quem quiser saber mais, é só seguir a Cintia no Instagram @familianamala ou no blog www.familianamala.com.

 

Para ler outros posts aqui no blog sobre morar em Portugal, clique aqui.

 

Adaptação na escola pública da Alemanha e de Portugal

 

Meu nome é Cintia Romano, sou mãe do Eduardo de 6 anos e, junto com a família, passamos por duas adaptações em países diferentes em apenas dois anos.

 

Por motivo de trabalho, mudamos de São Paulo para Berlim e meu filho, na época, tinha 4 anos de idade.

 

Chegamos na Alemanha no final de agosto e o ano letivo já havia começado no início do mês. Mas só conseguimos uma residência definitiva em outubro, então não pudemos matriculá-lo na escola, pois a regra é matricular a criança em alguma escola do bairro em que ela mora.

 

Clique aqui para ver hotéis deslumbrantes em Cascais.

 

Após conseguirmos a residência, a matrícula foi super rápida. Ele iniciou no jardim de infância alemão em novembro.

 

Adaptação na escola pública da Alemanha e de Portugal
Edu indo para a escola na Alemanha. Foto: @familianamala

 

Apesar da barreira do idioma (não sabíamos falar alemão quando chegamos), a adaptação foi bem tranquila. Na Alemanha, é costume a mãe ficar na adaptação junto com a criança por bastante tempo. Porém como Eduardo se adaptou rápido, no terceiro dia eu já pude ir para casa e a professora (que falava inglês), me tranquilizou e informou que, em caso de necessidade, me ligaria.

 

O jardim de infância alemão é público e integral e ele tinha o direito de ficar na escola de 7 a 9 horas por dia. Então, em 6 meses ele já falava alemão fluentemente, me ensinava e me corrigia!

 

Em fevereiro de 2019, após 1 ano e meio em Berlim, meu marido foi transferido para trabalhar no escritório de Lisboa e, novamente, passamos por uma adaptação escolar.

 

Porém, aqui em Portugal foi tudo mais fácil, obviamente pelo idioma, mas
principalmente por já termos tido uma experiência em um outro país.

 

Adaptação na escola pública da Alemanha e de Portugal
Edu indo para a escola em Portugal – Foto: @familianamala

 

Mudamos para a cidade de Oeiras (que fica entre Lisboa e Cascais) em março. O ano escolar em Portugal começa em setembro, ou seja, já estávamos na metade do ano e havia uma grande possibilidade de não conseguirmos vaga na escola pública.

 

Assim que mudamos, fui imediatamente ao Agrupamento de Escolas da Junta de Freguesia de onde moro, isto é, uma espécie de secretaria escolar compartilhada por todas as escolas do meu bairro. 

 

Como Eduardo já fez 6 anos e vai iniciar a primeira série em setembro próximo, ele teve prioridade no atendimento da vaga do jardim de infância e, em apenas 4 dias, a secretária do agrupamento me ligou para fazermos a matrícula.

 

Clique aqui para roteiro de um dia em Cascais

 

A adaptação transcorreu novamente da forma mais tranquila possível, desde o primeiro dia ele ficou sem mim. O jardim de infância que ele estuda é perto de casa (a criança é sempre direcionada para a escola mais próxima que tiver vagas).

 

Ainda, a escola que ele estuda integra o Programa de Escolas Bilingues/Bilingual Schools Programme, promovido pelo Ministério da Educação de Portugal e British Council. Eduardo teve sorte, porque não são todas as escolas públicas do país que estão inseridas neste programa, é algo que estão implementando aos poucos. Para consultar as
escolas que fazem parte, acesse: 

 

http://www.dge.mec.pt/programa-escolas-bilinguesbilingual-schools-programme

 

Assim, a escola conta com uma “Assistente de Língua e Cultura” oriunda dos Estados Unidos, sendo sua contribuição muito valiosa  para o desenvolvimento da proeficiência oral das crianças.

 

Adaptação na escola pública da Alemanha e de Portugal
Cintia e família, em Fátima, Portugal – Foto: @familianamala

 

Atualmente, ele frequenta a escola das 8h30 às 15h e, a partir da primeira série, frequentará das 8h30 às 16h30. Já fiz a matrícula para o próximo ano letivo e também não pude escolher a escola. Informei o nome de 3 e, em julho, saberei o resultado. Uma das opções é a mesma escola que ele estuda hoje.

 

Além das matérias obrigatórias da 1ª série, também pude indicar, no ato da matrícula, 3 matérias optativas. Escolhi inglês, esporte (além da educação física que ele terá) e teatro. Há também educação religiosa, mas é opcional.

 

A única despesa que temos é o almoço. O valor depende do escalão da família e varia de isento até €​1,46 por dia. E podemos consultar a ementa (cardápio) no Portal da Educação da nossa cidade :

 

http://www.educacao.cm-oeiras.pt/refeitorios/Paginas/ementas.aspx.

 

Estou bastante satisfeita com a educação pública na minha região (Paço de
Arcos/Oeiras), mas sei que nem todas as escolas possuem essa estrutura. Tivemos sorte.

 

E é bom ver que aqui, o dinheiro dos nossos impostos é direcionado para algo que podemos usufruir.

 

Cintia Romano
Instagram: @familianamala
www.familianamala.com

 

Obrigada Cintia, querida, adoramos o relato! Seja sempre bem-vinda quando quiser compartilhar algo mais, a gente ama!

 

Gostou? Deixe seu comentário!

Aproveite para ler os outros posts sobre Morar em Portugal, viagens, passeios, restaurantes e muito mais aí embaixo. Aproveite para seguir nossas redes sociais e assinar nossa Newsletter para receber as novidades por email (1 x por semana).

Beijo,

As Passeadeiras

 

AsPasseadeiras-div1

Planeje sua viagem

 

Procurando hotéis ou apartamentos em Portugal? Faça suas reservas clicando no link abaixo, escolha opções com cancelamento grátis e leia os reviews e comentários sobre cada oferta. Assim você garante o melhor preço e a melhor opção de hospedagem para sua viagem através do nosso parceiro Booking. Você não paga nada a mais por isso e nós ganhamos, do Booking, uma pequena comissão. Se quiser procurar em outra cidade é só clicar e alterar o nome da cidade abaixo.

– Ainda não é cadastrado no Booking? Clique aqui e receba R$50,00 (ou 12,5 euros) de crédito na primeira viagem.

 

Booking.com

 

Prefere aluguel de temporada? O Booking permite aluguel de apartamentos ou casas por até 30 dias. Mas se você precisa por mais tempo, veja aqui nossas dicas para alugar apartamento no Airbnb.

 

parceiros
AsPasseadeiras-div1

Leia aqui todos os posts sobre morar em Portugal

 
 

Colégios em Cascais:

Colégio Europa

Escola básica e secundária de Carcavelos

Creches e infantários em Cascais

Colégio da Bafureira

Morar em Portugal

Como trazer seu pet para Portugal

Comprar carro em Portugal

Mestrado em Direito na Universidade Nova de Lisboa

Visto de estudante em Portugal

Como se candidatar ao Mestrado em Portugal

Comprar apartamento em Braga

Como é morar em Braga – Mara Azevedo

Morar em Braga com bebê

Morar em Vila Nova de Gaia

Como é morar em Aveiro

Como é morar em Sintra

Como é morar e estudar no Porto

Morar no Porto com crianças

Como é morar em Arruda dos Vinhos

Como é morar em Odivelas

Como é morar em Monte Estoril

Equivalência do diploma médico e mestrado integrado

Como é morar em Estoril

Morar no Algarve e empreender em Portugal

Mestrado em Marketing na Universidade Europeia

Como é morar em Caldas da Rainha

Equivalência em medicina antes do tratado de Bologna

Como é morar em Parede

Como obter a nacionalidade portuguesa

Passear em Portugal

Clique aqui para ver todos os nossos posts com dicas de lugares, restaurantes e passeios por Portugal

Compartilhe este Post!

Sobre o Autor : Claudia Bins

1 Comentário

  1. Natália 28 de junho de 2019, 10:53 comentar

    Nossa! Muito bom ler relatos como esse. Quanta mudança em pouco tempo! Ainda bem que o menino é pequeno ainda… acredito que com filhos adolescentes as mudanças sejam mais difíceis … gostaria de ler relatos sobre mudanças com filhos adolescentes.
    Parabéns à Cintia pela coragem!

Deixe um comentário

Seu e-mail não será exibido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!