Como é morar em Póvoa de Varzim

Povoa de Varzim

Nossa série Como é Morar em Portugal traz hoje para vocês a experiência da Sherlen, que conta como é morar em Póvoa de Varzim, no norte de Portugal.

Obrigada Sherlen, por compartilhar aqui sua experiência e enriquecer de informações nossos leitores, que sempre buscam novidades. Todas as fotos são de autoria de Sherlen Minas, enviadas por ela ou através do seu Instagram @escrevendo_me.

Povoa de Varzim

Sherlen Minas – Foto: @escrevendo_me

Como é morar em Póvoa de Varzim

Por Sherlen Minas

Olá, me chamo Sherlen, tenho 33 anos recém cumpridos, e, como dizem que trinta e três – a idade de Cristo – é a idade dos grandes acontecimentos, estou ansiosa por este ciclo que começou! 

Tenho três filhos: Mateus, de 12 anos, que vive no Brasil, Helena, minha menina (super ultra mega plus furacão) de 2 anos e meio e Rafael, o caçulinha – e último, por favor! – de 6 meses. Sou administradora por formação e, recentemente, fotógrafa e, pasmem, escritora! Meu perfil pessoal no instagram (onde escrevo grande parte dos meus textos, dentre crônicas, poesias e prosas, chama-se @escrevendo_me. Mas, vamos ao que interessa. 

Povoa de Varzim

Sherlen e família – Foto: @escrevendo_me

Como é morar na Póvoa de Varzim, para quem ainda não conhece, pertencente ao Distrito (Estado) do Porto. 

 Mas antes, farei um breve resumo de como viemos parar aqui. 

Chegamos na Europa, há quase quatro anos. Fomos morar na Espanha. Foi a primeira vez que eu visitava este continente, era primavera e eu estava ex-tre-ma-men-te empolgada! Viemos eu, meu marido e a nossa ‘espanholita’, no forninho. De lá pra cá muita coisa aconteceu e meu marido mudou de emprego, que é onde trabalhamos (nós dois) atualmente. A sede empresa se localiza em Valência e em junho deste ano eles nos transferiram para Portugal. 

 

Inicialmente pensávamos em morar em Lisboa ou arredores. Mas, o custo de vida ali está muito, muito alto, principalmente tratando-se dos aluguéis que é onde vai grande parte da renda de uma família. Além dos altos preços a demanda está maior que a oferta então está bem difícil encontrar imóvel por ali, quando encontra-se fazem mil exigências (já nos aconteceu de pedirem – pasmem – 12 meses de aluguel adiantado) e muitas das vezes os anunciantes sequer atendem o telefone ou respondem aos e-mails. Vale por isso, prevenir-se, independente da cidade que pretendem viver e, se possível, vir a Portugal antes e tentar reservar um apartamento, para depois vir com a família. 

Logo após desistirmos de Lisboa, encontramos um apartamento na cidade de Setúbal. A cidade é bonita, tem as praias mais lindas que eu conheci na Europa até então e até tem uma boa estrutura. Mas, eu não me adaptei. Não sei dizer bem o porquê. Achei o Centro de Saúde público com um atendimento “ruim” e criei um pouco de birra, creio eu. E então estávamos afim de mudar. Conhecer outras cidades e eliminar a primeira impressão ruim que tivemos, comparada ao que vivemos anteriormente na Espanha. Como grande parte do nosso trabalho é remoto, ou seja, não precisamos estar num escritório o dia inteiro, não importava muito a cidade que iríamos. E isso já é um fator a menos a se analisar ao procurar uma cidade para viver. 

 

Após muita busca, em sites de imobiliárias, sites de aluguéis em geral (olx, idealista, casa sapo…) com conhecidos, em grupos de facebook, encontramos um apartamento (que nos permitia alugar por curta temporada, já que não conhecíamos a cidade) em Póvoa de Varzim, uma cidade costeira, que fica há 34km da cidade do Porto. Pensamos que assim, alugando algo por temporada (somente dois meses) teríamos tempo e condições melhores de conhecer o Norte de Portugal para buscar algo definitivo. 

 

Povoa de Varzim

Theatro e Estátua de Eça de Queiroz em Póvoa de Varzim

Chegamos na cidade e foi paixão à primeira vista. A arquitetura nos pareceu um encanto e o nosso apartamento ficava há uma quadra da praia. Já dizia Jorge Amado: “É doce morrer no mar…” e eu, capixaba de sangue e coração, acrescentaria: é doce VIVER no mar. 

Os dias foram passando e fomos nos encantando cada vez mais com a cidade. 

Cautiva das letras que sou, na principal praça da cidade há uma estátua em homenagem à Eça de Queiroz, grande romancista português. 

As igrejas são todas lindas e o mar… ah, o mar. Nem preciso dizer. 

 

Povoa de Varzim

Póvoa de Varzim

Atualmente vivo na Avenida Mouzinho de Albuquerque, que dizem ser uma das principais ruas da cidade. Perto de casa há vários supermercados (grandes marcas como Pingo Doce, Continente e Mini Preço), farmácias, lojas de maneira geral, escolas e creches (públicas e privadas – onde foi extremamente mais fácil e barato matricular a minha bebê, comparado a Setúbal), diversas praças e parquinhos (para quem tem crianças isso é fundamental, não?), o Cine-Teatro Garret de extrema importância sócio-cultural para a cidade, museus, Centro de Saúde e o Hospital (Santa Casa). Há ainda a famosa Rua da Junqueira, uma rua de comércio tradicional aqui no Centro da Póvoa, onde há lojas centenárias. 

 

Há 800m de casa está a parada de metrô de Póvoa, que é a última da linha vermelha e tem conexão direta com diversas paradas no Centro do Porto, além do aeroporto e o famoso Outlet de Vila do Conde. 

 

Não sei dizer com precisão se é boa a oferta de empregos. Entretanto, na minha rua mesmo vi recentemente placas de ofertas em Imobiliárias, confeitaria e loja de roupa. Acredito que, por ser uma cidade costeira, tenha bastante oferta de empregos temporários no verão. 

 

Povoa de Varzim

Povoa de Varzim

Algumas curiosidades interessantes sobre a cidade é que atualmente é considerada a praia Balnear mais popular do Norte de Portugal e uma das poucas zonas de jogo legal no país– o Casino é imenso! Além disso, para os amantes de vinhos, em Póvoa existe o cultivo através do sistema de masseira. Uma forma de agricultura secular, que consiste em fazer covas grandes, retangulares nas dunas. Impressionante, não?! 

 

Eu sou suspeita pois em menos de quinze dias já estava apaixonada. E outro aspecto que, para mim, foi fundamental é: praticamente NÃO existem ladeiras. Se comparado à outras cidades de Portugal como Lisboa e Porto – e até Setúbal onde morei – isso é raro! E como eu gosto de andar muito a pé e tenho um carrinho de bebês duplo, as ladeiras são sempre um empecilho. Além do fato das ruas serem cidadãs ou acessíveis. 

E, bemmm importante também, aqui já fiz até amizades! As pessoas são muito mais educadas e amáveis. Estilo cidadezinha do interior mesmo. 

Bom, espero que tenha ajudado e que sintam vontade de conhecer a Póvoa e, talvez, se apaixonem por ela tanto quanto eu. No meu perfil do instagram, citado acima, há mais informações e curiosidades sobre a Póvoa, pelos meus olhos. 

 

 

AsPasseadeiras-div1

Planeje sua viagem

Procurando hotéis ou apartamentos em Portugal? Faça suas reservas clicando no link abaixo, escolha opções com cancelamento grátis e leia os reviews e comentários sobre cada oferta. Assim você garante o melhor preço e a melhor opção de hospedagem para sua viagem através do nosso parceiro Booking. Você não paga nada a mais por isso e nós ganhamos, do Booking, uma pequena comissão. Se quiser procurar em outra cidade é só clicar e alterar o nome da cidade abaixo.

– Ainda não é cadastrado no Booking? Clique aqui e receba R$50,00 (ou 12,5 euros) de crédito na primeira viagem.

Booking.com 

 

parceiros

Leia aqui todos os posts sobre morar em Portugal

 
 

Colégios em Cascais:

Colégio Europa

Escola básica e secundária de Carcavelos

Creches e infantários em Cascais

Colégio da Bafureira

 

Morar em Portugal

Como trazer seu pet para Portugal

Comprar carro em Portugal

Mestrado em Direito na Universidade Nova de Lisboa

Visto de estudante em Portugal

Como se candidatar ao Mestrado em Portugal

Comprar apartamento em Braga

Como é morar em Braga – Mara Azevedo

Morar em Braga com bebê

Morar em Vila Nova de Gaia

Como é morar em Aveiro

Como é morar em Sintra

Como é morar e estudar no Porto

Morar no Porto com crianças

Como é morar em Arruda dos Vinhos

Como é morar em Odivelas

Como é morar em Monte Estoril

Equivalência do diploma médico e mestrado integrado

Como é morar em Estoril

Morar no Algarve e empreender em Portugal

Mestrado em Marketing na Universidade Europeia

Como é morar em Caldas da Rainha

Equivalência em medicina antes do tratado de Bologna

Como é morar em Parede

Como obter a nacionalidade portuguesa

 

Passear em Portugal

Clique aqui para ver todos os nossos posts com dicas de lugares, restaurantes e passeios por Portugal

Compartilhe este Post!

Sobre o Autor : Claudia Bins

0 Comentário

Deixe um comentário

Seu e-mail não será exibido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!